Como Ganhar na Loteria sem Perder a Esportiva

Como Ganhar na Loteria sem Perder a Esportiva é um filme brasileiro dirigido por J. B. Tanko em 1971 e estrelado pelo humorista Costinha e grande elenco.

Como Ganhar na Loteria sem Perder a Esportiva
 Brasil
1971 •  cor •  95 min 
Direção J.B. Tanko
Roteiro J. B. Tanko, Flávio Migliaccio, Gilvan Pereira
Elenco Costinha, Fregolente, Agildo Ribeiro, Renata Fronzi, Paulo Porto e grande elenco.
Género comédia
Idioma português

O filme retrata com muito bom humor uma Rio de Janeiro otimista com o lançamento da Loteria Esportiva, na qual vários personagens fazem suas apostas em meio a onda consumista do Milagre econômico brasileiro e sem se darem conta das futuras confusões que isso trará.

SinopseEditar

O teste 12 da Loteria Esportiva é vencido por milhares de pessoas, mas até que o resultado seja divulgado pela imprensa, todas elas pensam ser as únicas ganhadoras. Entre os felizardos, um padre, que se deixa seduzir pelo Diabo fantasiado de sacristão e abençoa o jogo com a promessa de que sua igreja ficaria com metade do prêmio; um motorista de táxi, que pretende comprar uma super-frota de carros e conquistar sua namorada interesseira; dois mendigos, presos por vadiagem e que se contentam em sair da cadeia; as prostitutas Neuza, Suely, Zefa e Noêmia, que se demitem do bordel e para lá terão que voltar cabisbaixas; um velho que morre ao saber que só ganhou mil cruzeiros, com o qual não poderá pagar nem o seu enterro e, finalmente, Marta, mulher infiel, que resolve ser honesta com o marido e distribuir tudo o que tem aos empregados e comprar roupas e mobílias novas.[1]
Sinopse do filme

ElencoEditar

Ator Personagem
Costinha Jasmim
Fregolente Jorge
Lígia Diniz Marilu
Procópio Ferreira Coronel Felício
Otelo Zeloni Felisberto
Labanca Padre
Agildo Ribeiro Sacristão
Renata Fronzi Guiomar
Carvalhinho Manolo, dono do bar
Flávio Migliaccio mendigo Anadi
Paulo Porto Afrânio
Ilva Niño prostituta Zefa
Wilson Grey bicheiro
Maria Della Costa Amália
Jorge Cherques Delegado
Mário Benvenutti Vendedor
Afonso Stuart Ananias
Marta Anderson Marta

MúsicaEditar

A música do filme ficou a cargo de Edino Krieger.[1] Entre as canções que tocam, estão Cidade maravilhosa, de André Filho; "Mocotó", de Jorge Ben, e "Pra frente Brasil, de Miguel Gustavo.[1]

Referências

Ligações externasEditar