Abrir menu principal

Copa Europeia/Sul-Americana de 2003

A Copa Europeia/Sul-Americana de 2003, também conhecida como Copa Toyota e Copa Intercontinental, foi disputada em jogo único na cidade de Yokohama, no Japão, em 14 de dezembro de 2003, entre o Milan, campeão da Liga dos Campeões da UEFA, e o Boca Juniors, campeão da Libertadores da América.[1]

Copa Européia/Sul-Americana de 2003
Evento
empate de 1 a 1 no tempo normal e 0 a 0 na prorrogação, o Boca Juniors venceu nos pênaltis por 3 a 1
Data 14 de dezembro de 2003
Local Estádio Internacional, Yokohama
Melhor em campo Donnet (Boca Juniors)
Árbitro RússiaRUS Valentin Ivanov
Público 66 757

Em 27 de outubro de 2017, após uma reunião realizada na Índia, o Conselho da FIFA reconheceu os vencedores da Copa Intercontinental como campeões mundiais.[2][3]

Índice

HistóriaEditar

Depois da derrota amarga para o Bayern Munique em 2001 na final da Copa Intercontinental, o Boca Juniors tinha a chance de se redimir em 2003, mas o adversário seria ainda mais complicado: o Milan de Dida, Maldini, Costacurta, Cafu, Pirlo, Gattuso, Seedorf, Kaká e Shevchenko. Uma seleção. Mas o Boca era aguerrido, “chato”, e contava com um plantel que também daria trabalho com Abbondanzieri, Schiavi, Burdisso, Cagna, Battaglia, Schelotto e Donnet. O jogo, claro, foi pegado e muito disputado, com o Milan abrindo o placar aos 23´com o dinamarquês Tomasson.[4] O Boca não se abateu e seis minutos depois empatou com o meia Donnet: 1 a 1. O resultado persistiu e a decisão seria nos pênaltis. Novamente com estrela, o Boca contou com a frieza do goleiro Abbondanzieri, que pegou dois pênaltis, e venceu os italianos por 3 a 1. Enfim, o Boca se tornava o primeiro clube argentino tricampeão intercontinental, deixando para trás o Independiente e a anos luz o River Plate.

Clubes ParticipantesEditar

Localidade das equipes que disputaram a Copa Toyota 2003.
Confederação Equipe Classificação Participação
CONMEBOL   Boca Juniors Campeão da Copa Libertadores da América de 2003
UEFA   Milan Campeão da Liga dos Campeões da UEFA de 2002–03

ChaveamentoEditar

  A Classificação[NOTA] Copa Intercontinental
                     
   Milan (pen) 0 (3)  
   Juventus 0 (2)  
     Milan 1 (1)
     Boca Juniors (pen) 1 (3)
   Boca Juniors 2 3
   Santos 0 1
Notas

PartidaEditar

14 de dezembro de 2003 Milan   1 – 1 (pro)   Boca Juniors Estádio Internacional, Yokohama
19:20
Tomasson   23' Donnet   29' Público: 66 757
Árbitro:  RUS Valentin Ivanov
    Penalidades  
Pirlo  
Rui Costa  
Seedorf  
Costacurta  
1 – 3   Schiavi
  Battaglia
  Donnet
  Cascini
 
     
 
 
Milan
     
 
 
Boca Juniors

MILAN:
G 12   Dida
LD 2   Cafu   61'
Z 19   Costacurta
Z 26   Pancaro
LE 3   Maldini  
M 20   Seedorf
M 21   Pirlo
M 8   Gattuso   102'
M 22   Kaká   19'   77'
A 7   Shevchenko
A 15   Tomasson   69'
Reservas:
G 77   Abbiati
Z 24   Laursen
Z 4   Kaladze
LE 27   Serginho
M 23   Ambrosini   102'
M 10   Rui Costa   77'
A 9   Inzaghi   69'
Treinador:
  Carlo Ancelotti
 

BOOCA JUNIORS:
G 1   Abbondanzieri
LD 14   Perea   6'
Z 2   Shiavi
Z 6   Burdisso
LE 3   Rodríguez
A 5   Battaglia
M 22   Cascini
M 18   Donnet
A 8   Cagna  
A 10   Iarley
A 7   Schelotto   73'
Reservas:
G 12   Caballero
Z 4   Jérez
Z 13   Crosa
M 16   Vargas
M 20   Villarreal
M 11   Colautti
A 9   Tévez   73'
Treinador:
  Carlos Bianchi

Homem do jogo:
  Matías Donnet (Boca Juniors)

Bandeirinhas:
 RUS Genaddy Krasyuk
 BLR Yury Dupanau
Quarto árbitro:
 JPN Masayoshi Okada

CampeãoEditar

Copa Europeia/Sul-Americana de 2003
 
BOCA JUNIORS
3º Título

Ver tambémEditar

Referências