Copa Paulista de Futebol de 2020

A Copa Paulista de Futebol de 2020 foi a 21ª edição desta competição organizada pela Federação Paulista de Futebol (FPF).

Copa Paulista de Futebol
XV Copa Paulista de Futebol
Copa Paulista 2019.png
Dados
Participantes 20
Organização Federação Paulista de Futebol
Período 4 de novembro23 de dezembro
Gol(o)s 220
Partidas 90
Média 2,44 gol(o)s por partida
Campeão Portuguesa (1º título)
Vice-campeão Marília
Melhor marcador Adilson Bahia (Portuguesa) e Gustavo (Marília), 8 gols[1]
◄◄ 2019 Soccerball.svg 2021 ►►

Disputada por vinte agremiações, a competição começou no dia 4 de novembro e foi finalizada em 23 de dezembro. A decisão, por sua vez, foi protagonizada por Marília e Portuguesa, com a equipe paulistana saindo vitoriosa e, consequentemente, optou pela vaga na quarta divisão nacional de 2021.[2][3]

Participantes e regulamentoEditar

Esta edição foi disputada por vinte equipes, planejada com uma quantidade menor de participantes e jogos por causa da pandemia de COVID-19.[4]

O regulamento, por sua vez, dividiu as agremiações em cinco grupos regionalizados, enfrentando os adversários da própria chave em turno e returno. No término da fase inicial, os três classificados de cada grupo se classificam juntamente com o melhor quarto colocado.[5] Mais tarde, o sistema mudou para jogos eliminatórios de ida e volta. Os detentores das melhores campanhas gerais adquiriam a vantagem do mando de campo.[4] A competição oferece uma vaga para a Copa do Brasil e uma para a quarta divisão do Campeonato Brasileiro. A agremiação campeã decide, enquanto o vice fica com a opção rejeitada pelo vencedor.[4]

ResumoEditar

Primeira faseEditar

O campeonato iniciou em 4 de novembro. Na ocasião, nove partidas foram disputadas, com destaque para a expressiva vitória da Portuguesa sobre o Guarani pelo placar de 5–0.[6] Esta, inclusive, obteve a melhor campanha na primeira fase com cinco vitórias e um empate.[7] Guarani, Inter de Limeira, Juventus e Rio Preto foram os quatro clubes eliminados nesta fase.[7]

Oitavas de finalEditar

O campeonato passou a ser composto por jogos eliminatórios. Seis jogos válidos pelas oitavas de final foram realizados em 28 de novembro, sendo que quatro terminaram empatados; somente Audax e Portuguesa saíram vitoriosos.[8] No dia seguinte, a Ferroviária derrotou o Botafogo enquanto Atibaia e XV de Piracicaba empataram.[9][10] Na partida de volta, Água Santa, Comercial, Marília, São Bernardo e XV de Piracicaba venceram seus jogos e garantiram a classificação.[11] Já Ferroviária e Portuguesa voltaram a vencer seus adversários.[12][13] Em contrapartida, a Portuguesa Santista conseguiu reverter a desvantagem e eliminou o Audax.[14]

Quartas de finalEditar

No dia 5 de dezembro, Comercial e XV de Piracicaba abriram as quartas de final. Na ocasião, a primeira partida foi realizada no estádio Palma Travassos e terminou sem gols.[15][16] A equipe de Piracicaba triunfou pelo placar mínimo no segundo embate e eliminou o adversário.[17] Por outro lado, Marília e São Bernardo se classificaram sem dificuldades; os dois clubes não concederam gols aos adversários e venceram as duas partidas que disputaram nesta fase.[18][19] Por fim, a Portuguesa, detentora da melhor campanha da competição, conseguiu triunfar sobre o Água Santa nas penalidades. A equipe da capital venceu a primeira partida em Diadema, mas não conseguiu sustentar a vantagem no segundo jogo e acabou sendo derrotada.[20][21]

SemifinaisEditar

Em 12 de dezembro, Portuguesa e São Bernardo protagonizaram a primeira semifinal do torneio. Apesar de começar o jogo um pouco superior do que o oponente, a equipe paulistana cometeu um pênalti e este foi convertido por Johnny. O empate se concretizou ainda nos 45 minutos iniciais, em uma cobrança de falta de Geovani. O jogo realizado em São Bernardo do Campo foi de baixo rendimento.[22][23] No jogo de volta, a Portuguesa venceu com facilidade (3–0) e se classificou.[24] No outro confronto, o Marília e XV de Piracicaba fizeram um embate equilibrado; contudo, o mandante foi mais efetivo no segundo tempo e conseguiu a vitória por 3–1.[25][26] A vitória pelo placar mínimo em Piracicaba não foi suficiente para reverter a vantagem do adversário.[27]

FinalEditar

A primeira partida da decisão foi realizada em um domingo, no dia 20 de dezembro, no Bento de Abreu em Marília.[28] Em um primeiro tempo marcado por erros de passes e poucas oportunidades, coube a Geninho, zagueiro do Marília, marcar pela primeira vez após um escanteio. Logo depois do tento, a equipe mandante recuou e deixou a posse de bola com o adversário. O empate da Portuguesa não tardou; Caíque, aos 27 minutos, driblou o marcador, invadiu a área e finalizou. A trajetória da bola ainda desviou no adversário, enganando o goleiro.[29][30] Na volta do intervalo, o comportamento do visitante não se alterou e a equipe criou duas oportunidades. Na primeira, inclusive, o gol foi anulado por impedimento. Com o decorrer do jogo, o Marília conseguiu equilibrar porém sofreu a virada no momento que era superior; aos 35 minutos, Adilson cabeceou sem marcação. A Portuguesa desperdiçou o terceiro gol, mas conseguiu anular qualquer tentativa de ataque do Marília.[29][30]

Três dias depois, a partida finalíssima foi disputada no estádio do Canindé, na capital paulistana. Logo no início os mandantes criaram três oportunidades de gols, sendo que duas foram interferidas pelo goleiro e uma pelo defensor. O ímpeto ofensivo trouxe resultado e a Portuguesa marcou aos 37 minutos, com Adilson convertendo uma penalidade. O segundo tempo também começou favorável para a Portuguesa, que finalizou duas vezes na trave adversária. Aos treze minutos, Geovani ampliou num remate de longa distância. Porém, no minuto seguinte, o Marília diminuiu num remate de longa distância de Léo Couto. Apesar de alcançar o gol, a equipe visitante vacilou na defesa e Raphael Luz aumentou a vantagem. Diogo Calixto ainda diminuiu o placar; contudo, não foi suficiente para interferir na conquista da Portuguesa.[31]

ResultadosEditar

Primeira faseEditar

Equipes classificadas à segunda fase
Equipes eliminadas

Grupo 1Editar

Grupo 2Editar

Grupo 3Editar

Grupo 4Editar

Grupo 5Editar

Fase finalEditar

Oitavas de final Quartas de final Semifinais Final
 28 de novembro a 3 de dezembro  5 a 9 de dezembro  12 a 16 de dezembro  20 e 23 de dezembro
                                                 
   Nacional-SP 0 0 0  
   Portuguesa 1 1 2  
     Portuguesa (pen) 1 1 2 (3)  
     Água Santa 0 2 2 (2)  
   Água Santa 1 3 4
   Novorizontino 1 0 1  
     Portuguesa 1 3 4  
     São Bernardo 1 0 1  
   Ponte Preta 1 0 1  
   São Bernardo 1 1 2  
     São Bernardo 2 2 4
     Portuguesa Santista 0 0 0  
   Audax 2 0 2
   Portuguesa Santista 1 2 3  
     Portuguesa 2 3 5
     Marília 1 2 3
   Atibaia 1 1 2  
   XV de Piracicaba 1 2 3  
     XV de Piracicaba 0 1 1
     Comercial 0 0 0  
   Primavera 0 1 1
   Comercial 0 3 3  
     XV de Piracicaba 1 1 2
     Marília 3 0 3  
   Velo Clube 0 2 2  
   Marília 0 3 3  
     Marília 1 2 3
     Ferroviária 0 0 0  
   Ferroviária 1 1 2
   Botafogo-SP 0 0 0  
  • Em itálico, os clubes que possuem o mando de jogo na partida de ida. Em negrito, os vencedores do confronto.
  • Este chaveamento é meramente ilustrativo. Segundo o regulamento da competição, os confrontos foram definidos mediante a colocação geral dos participantes.

FinalEditar

20 de dezembro Marília   1 – 2   Portuguesa Estádio Bento de Abreu, Marília
15:00
Geninho   10' Súmula Caíque   28'
Adilson   80'
Árbitro: Thiago Duarte Peixoto
     
 
 
Marília
     
 
 
Portuguesa
G 1 Igor
LD 2 Dênis
Z 3 Geninho
Z 4 Arthur
LE 6 Diogo Calixto
M 5 Felipe Cordeiro   81'
M 7 José Luiz
M 8 Léo Couto
A 9 Gustavo
A 10 Luan Gama   69'
A 11 Orlando   90+2'
Suplentes:
G 12 Alyson
LD 14 Bruno Oliveira
LD 18 Danilo Melega
Z 13 Marcos Vinícius
M 15 Dionathan
A 16 Lucas   69'
A 17 Eric   81'
Treinador:
Guilherme Alves
G 1 Dheimison
LD 2 Danilo   90'
Z 3 Diego Jussani
Z 4 Diego Sacoman
LE 6 Vinícius   39'   INT'
M 5 Caíque   40'
M 8 Walfrido   75'
M 10 Raphael Luz   75'
A 7 Maicon   61'
A 9 Adilson
A 11 Geovani
Suplentes:
G 12 Thomazella
Z 13 Patrick   INT'
M 14 Fabrício   75'
M 15 Raphael Toledo   40'
M 16 Roger
A 17 Lucas   61'
A 18 João   75'
Treinador:
Genilson

Árbitros assistentes
Herman Brumel Vani
Vladimir Nunes da Silva

Quarto Árbitro
Paulo César Francisco

Regras da partida


23 de dezembro Portuguesa   3 – 2   Marília Estádio do Canindé, São Paulo
19:00
Adilson   37' (pen)
Geovani   58'
Raphael Luz   65'
Súmula Léo Couto   59'
Diogo Calixto   83'
Árbitro: José Cláudio Rocha Filho
     
 
 
Portuguesa
     
 
 
Marília
G 1 Dheimison
LD 2 Jefferson
Z 3 Diego Jussani
Z 4 Diego Sacoman
LE 6 Vinícius
M 5 Caíque
M 8 Walfrido   63'
M 10 Raphael Luz   72'
A 7 Maicon   43'   72'
A 9 Adilson
A 11 Geovani   40'   72'
Suplentes:
G 12 Thomazella
LD 14 Danilo
Z 13 Patrick
M 15 Raphael Toledo   72'
M 16 Fabrício   63'
A 17 Lucas   72'
A 18 João   90'   72'
Treinador:
Genilson
G 1 Igor
LD 2 Dênis   74'
Z 3 Geninho
Z 4 Arthur   45+2'   INT'
LE 6 Diogo Calixto   85'
M 5 Felipe Cordeiro   55'
M 7 José Luiz   13'
M 8 Léo Couto   40'   74'
A 9 Gustavo
A 10 Luan Gama
A 11 Orlando
Suplentes:
G 12 Alyson
LD 14 Bruno Oliveira   74'
Z 13 Marcos Vinícius
M 15 Dionathan   55'
M 18 Guilherme
A 16 Lucas   INT'
A 17 Eric   74'
Treinador:
Guilherme Alves

Árbitros assistentes
Anderson José de Moraes Coelho
Amanda Pinto Matias

Quarto Árbitro
José de Araújo Ribeiro Junior

Regras da partida

Referências

  1. «Artilharia - Copa Paulista 2020». Website oficial da Federação Paulista de Futebol. 24 de dezembro de 2020. Consultado em 27 de dezembro de 2020 
  2. «Portuguesa vence Marília, fatura Copa Paulista e disputará Série D do Brasileiro». Terra.com.br. 23 de dezembro de 2020. Consultado em 8 de fevereiro de 2021. Cópia arquivada em 24 de dezembro de 2020 
  3. «Portuguesa é campeã da Copa Paulista e deve disputar a Série D». Lance.com.br. 23 de dezembro de 2020. Consultado em 8 de fevereiro de 2021. Cópia arquivada em 24 de dezembro de 2020 
  4. a b c «Copa Paulista terá 20 times e começa no dia 4 de novembro». Jornaldepiracicaba.com.br. 13 de outubro de 2020. Consultado em 12 de dezembro de 2020. Cópia arquivada em 27 de outubro de 2020 
  5. «Tabela da primeira fase é definida; confira os jogos». Website oficial da Federação Paulista de Futebol. 19 de outubro de 2020. Consultado em 12 de dezembro de 2020. Cópia arquivada em 12 de dezembro de 2020 
  6. «Portuguesa goleia e mais cinco times estream com vitórias». Website oficial da Federação Paulista de Futebol. 4 de novembro de 2020. Consultado em 12 de dezembro de 2020. Cópia arquivada em 7 de dezembro de 2020 
  7. a b «Definidos os classificados para as oitavas de final da Copa Paulista». Website oficial da Federação Paulista de Futebol. 25 de novembro de 2020. Consultado em 12 de dezembro de 2020. Cópia arquivada em 25 de novembro de 2020 
  8. «Equilibrada, oitavas de final começa com quatro empates». Website oficial da Federação Paulista de Futebol. 28 de novembro de 2020. Consultado em 12 de dezembro de 2020. Cópia arquivada em 7 de dezembro de 2020 
  9. «Em clássico tenso, Ferroviária vence Botafogo-SP pelas oitavas de final da Copa Paulista». GloboEsporte.com. 29 de novembro de 2020. Consultado em 12 de dezembro de 2020. Cópia arquivada em 12 de dezembro de 2020 
  10. «XV empata com o Atibaia e decide a vaga para as quartas de final em Piracicaba». Jornaldepiracicaba.com.br. 29 de novembro de 2020. Consultado em 12 de dezembro de 2020. Cópia arquivada em 12 de dezembro de 2020 
  11. «Sete equipes garantem a classificação para as quartas de final». Website oficial da Federação Paulista de Futebol. 2 de dezembro de 2020. Consultado em 12 de dezembro de 2020. Cópia arquivada em 7 de dezembro de 2020 
  12. «Portuguesa 1 x 0 Nacional - Lusa vence e avança às quartas com melhor campanha». Futebolinterior.com.br. 2 de dezembro de 2020. Consultado em 12 de dezembro de 2020. Cópia arquivada em 12 de dezembro de 2020 
  13. Bruno Bellomi (3 de dezembro de 2020). «Ferroviária vence Botafogo-SP novamente e se classifica na Copa Paulista». GloboEsporte.com. Consultado em 12 de dezembro de 2020. Cópia arquivada em 12 de dezembro de 2020 
  14. «Portuguesa Santista vence Audax e se classifica para as quartas de final da Copa Paulista». A Tribuna. 2 de dezembro de 2020. Consultado em 12 de dezembro de 2020. Cópia arquivada em 2 de dezembro de 2020 
  15. «XV e Comercial empatam e definição fica para o jogo no Barão». Jornaldepiracicaba.com.br. 5 de dezembro de 2020. Consultado em 12 de dezembro de 2020. Cópia arquivada em 12 de dezembro de 2020 
  16. «Em jogo equilibrado, Comercial e XV de Piracicaba empatam pelas quartas da Copa Paulista». GloboEsporte.com. 5 de dezembro de 2020. Consultado em 12 de dezembro de 2020. Cópia arquivada em 12 de dezembro de 2020 
  17. «Substituto de artilheiro decide, XV elimina o Comercial e avança às semis da Copa Paulista; veja o gol». GloboEsporte.com. 9 de dezembro de 2020. Consultado em 12 de dezembro de 2020. Cópia arquivada em 12 de dezembro de 2020 
  18. «Marília volta a vencer a Ferroviária e avança à semifinal da Copa Paulista». GloboEsporte.com. 9 de dezembro de 2020. Consultado em 12 de dezembro de 2020. Cópia arquivada em 12 de dezembro de 2020 
  19. «Portuguesa Santista perde do São Bernardo e está eliminada na Copa Paulista». A Tribuna. 9 de dezembro de 2020. Consultado em 12 de dezembro de 2020. Cópia arquivada em 12 de dezembro de 2020 
  20. «Água Santa vence a Portuguesa, mas é eliminado da Copa Paulista nas penalidades». Diarioregional.com.br. 9 de dezembro de 2020. Consultado em 12 de dezembro de 2020. Cópia arquivada em 12 de dezembro de 2020 
  21. «Portuguesa 1 (3) x (2) 2 Água Santa - Lusa passa sufoco, mas está na semifinal!». Futebolinterior.com.br. 9 de dezembro de 2020. Consultado em 12 de dezembro de 2020. Cópia arquivada em 12 de dezembro de 2020 
  22. «São Bernardo 1 x 1 Portuguesa - Gols de bola parada e vaga aberta para a final!». Futebolinterior.com.br. 12 de dezembro de 2020. Consultado em 8 de fevereiro de 2021. Cópia arquivada em 12 de dezembro de 2020 
  23. «São Bernardo e Portuguesa empatam jogo de ida da semifinal». Diarioregional.com.br. 13 de dezembro de 2020. Consultado em 8 de fevereiro de 2021. Cópia arquivada em 8 de fevereiro de 2021 
  24. «Portuguesa vence o abalado São Bernardo, vai à final e jogará torneio nacional em 2021». Esportes.estadao.com.br. 16 de dezembro de 2020. Consultado em 8 de fevereiro de 2021. Cópia arquivada em 17 de dezembro de 2020 
  25. «XV é derrotado pelo Marília pelo primeiro jogo da semifinal da Copa Paulista». Jornaldepiracicaba.com.br. 13 de dezembro de 2020. Consultado em 8 de fevereiro de 2021. Cópia arquivada em 8 de fevereiro de 2021 
  26. «Marília 3 x 1 XV de Piracicaba - MAC coloca um pé na final da Copa Paulista». Futebolinterior.com.br. 13 de dezembro de 2020. Consultado em 8 de fevereiro de 2021. Cópia arquivada em 8 de fevereiro de 2021 
  27. «XV vence o jogo, mas está eliminado da Copa Paulista». Jornaldepiracicaba.com.br. 16 de dezembro de 2020. Consultado em 8 de fevereiro de 2021. Cópia arquivada em 8 de janeiro de 2021 
  28. «Portuguesa vence Marília de virada na primeira final da Copa Paulista». Esportes.r7.com. 20 de dezembro de 2020. Consultado em 24 de dezembro de 2020. Cópia arquivada em 24 de dezembro de 2020 
  29. a b «Marília 1 x 2 Portuguesa - Lusa vira para cima do MAC e abre vantagem rumo ao título». Futebolinterior.com.br. 20 de dezembro de 2020. Consultado em 24 de dezembro de 2020. Cópia arquivada em 24 de dezembro de 2020 
  30. a b «Lusa vira sobre o Marília e abre vantagem na decisão da Copa Paulista». GloboEsporte.com. Consultado em 24 de dezembro de 2020. Cópia arquivada em 24 de dezembro de 2020 
  31. «É campeã! No ano do centenário, Portuguesa vence o Marília e conquista a Copa Paulista». GloboEsporte.com. Consultado em 24 de dezembro de 2020. Cópia arquivada em 24 de dezembro de 2020