Esporte Clube Primavera (São Paulo)

(Redirecionado de Esporte Clube Primavera)
Disambig grey.svg Nota: Não confundir com Esporte Clube Primavera (Mato Grosso).

O Esporte Clube Primavera é um clube brasileiro de futebol da cidade de Indaiatuba, interior do estado de São Paulo. Foi fundado em 27 de janeiro de 1927 e suas cores são vermelho, preto e branco.

Primavera
Esporte Clube Primavera.png
Nome Esporte Clube Primavera (São Paulo)
Alcunhas Fantasma da Ituana
Tricolor Indaiatubano
Fantasma Tricolor
Mascote Fantasma
Fundação 27 de janeiro de 1927 (94 anos)
Estádio Ítalo Mário Limongi
Capacidade 7.020
Presidente Eliseu Aparecido
Treinador Ademir Ferreira
Patrocinador Miranda Supermercados
Material (d)esportivo D10
Competição Paulista - Série A3
Website Site oficial
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
Temporada atual
editar

HistóriaEditar

A cidade de Indaiatuba teve como seu primeiro representante o Sport Club Primavera, fundado em 1908, mas extinto no ano seguinte. O tempo foi passando e, na década de 1920, dois outros times começaram a se destacar: o Indaiatubano Futebol Clube, fundado em 1916, e o Corinthians Futebol Clube, fundado em 1918. Decidiu-se então, em 27 de janeiro de 1927, pela união das duas equipes, o surgimento do Esporte Clube Primavera, cujo nome homenageava o time que iniciou o futebol no município. Já as cores que ostenta – vermelho, preto e branco – são herança de seus antecessores.

O Esporte Clube Primavera, na sua jornada, conquistou, em 1944, o título de campeão amador da 15ª região; classificando-se, nesse mesmo ano, em quarto lugar na classificação pelo Campeonato Amador do Interior; foi campeão da 4ª Região. Em 1949, conquistou o título de campeão da série “Carlos Rolim”, sangrando-se também campeão da 4ª Região. Conquistou 193 troféus em sua trajetória esportiva.

 
Antigo escudo

A primeira participação do Fantasma da Ituana (como é conhecido o clube) em competições profissionais organizadas pela Federação Paulista de Futebol (FPF) foi em 1952, no Campeonato Paulista da Segunda Divisão. Entretanto, sem conseguir manter uma sequência, o clube disputou apenas outras duas vezes a Terceira Divisão, em 1954 e 1958, passando por um período de pouco menos de duas décadas sem competir profissionalmente, até 1975.

Em 29 de junho de 1961, o Primavera inaugurou o seu estádio.[1]

A retomada deu-se em 1976, no Campeonato Paulista da Segunda Divisão. No ano seguinte, a equipe chegou ao seu primeiro título e, consequentemente, conseguiu o acesso à Primeira Divisão, atual Série A3. Em 1982, o Primavera ficou muito próximo do acesso a Primeira Divisão do Campeonato Paulista, quando empatou os três jogos contra o Mogi Mirim na final do Grupo Branco, quando precisava apenas de uma vitória para poder avançar a fase final do certame. O Fantasma disputou a atual Série A2 até 1987, quando após uma nova reformulação nas divisões acabou voltando para a Terceira Divisão, em 1988.

Em 1989 e 1990, o clube teve mais uma pausa em seu futebol profissional, retornando em 1991, na Segunda Divisão. O Primavera permaneceu no torneio até 1993, quando o campeonato trocou de nome mais uma vez e o time passou a disputar a Série B1. Em 1995, em meio a uma das maiores crises financeiras de sua história, o Fantasma não abaixou a cabeça e se tornou campeão da Série Bl-B. Porém, em 1996, a equipe se afastou mais uma vez das competições oficiais e no ano seguinte disputou a Série B1-B. Em 1998 voltou a se afastar do profissional pela última vez, quando retornou em 1999 para ficar ativo de vez até os dias de hoje.

No ano de 2001, o clube alcançou o título da Série B-2, conquistando o direito de participar do Campeonato Paulista da Série B-1 no ano seguinte. Dois anos mais tarde, o Primavera sagrou-se vice-campeão, alcançando o acesso à Série A3, competição que disputou nos três anos seguintes. Em 2004, o Fantasma ficou perto de voltar para a Série A2, se classificando para a fase final do campeonato, mas não conseguindo sucesso.

Após isso, o Tricolor Indaiatubano enfrentaria anos sofríveis pela frente: Em 2005 e 2006 escapou do rebaixamento no sufoco, mas em 2007 não escapou e acabou sendo rebaixado para a Segunda Divisão. Os dois anos seguintes foram considerados os piores da história, isso porque houve uma parceria com a Racing Santander, onde além de modificarem o escudo e cores do clube, resultaram em derrotas e goleadas sofridas no campeonato. Em 2010, após fim da parceria, o Primavera passou a caminhar com suas próprias pernas, e teve uma boa ressalva: A excelente campanha na Segunda Divisão quase rendeu o acesso de volta para a Série A3, impedido por crises interna.

Em 2013, novamente o Fantasma passou perto de voltar para a Série A3, sucubiu ao Tupã dentro de casa com um empate em 1 a 1. Mas em 2014, foi o ano da redenção Tricolor: Com uma campanha quase impecável o campeonato todo, o acesso foi conquistado apenas aos 50 minutos do 2° tempo contra o Grêmio Prudente. Em 2015, o Primavera fez uma boa campanha em sua volta a Série A3, o que quase lhe rendeu o acesso para a Série A2, e na sua primeira participação da Copa Paulista, o clube quase passou de fase, sendo eliminado pelo São Bento.

Em 2021, o Esporte Clube Primavera está de volta à disputa do Campeonato Paulista da Série A2 após 34 anos distante. A última vez que o time de Indaiatuba esteve na divisão de acesso à elite estadual foi em 1987. Na sua melhor campanha da história do torneio, o time superou o Votuporanguense na semifinal do Paulistão A3, por 1 a 0, em Votuporanga e chegou à final. Agora a disputa é pelo título inédito da divisão para a equipe que já venceu o equivalente à quarta e ao quinto escalão estadual.

Fundado em 1927, mas em disputas de competições oficiais da FPF desde 1952, o Primavera é o maior vencedor do que atualmente é a Segunda Divisão do futebol de São Paulo, equivalente ao quarto escalão. Venceu as edições de 1977, 1995 e recentemente, em 2018, quando retornou à Série A3. Ainda foi campeão da B2, equivalente à quinta divisão, em 2001.

Com pelo menos o vice-campeonato garantido, essa já é a melhor campanha da história do clube na Série A3. Antes disso, o melhor desempenho havia sido em 1981, quando ficou na quinta posição, conseguiu o acesso à Série A2 da época, onde ficou até 1987. Nestes mais de 30 anos distantes da Série A2, o melhor rendimento dos indaiatubanos foi em 2015, quando chegou até o quadrangular semifinal e ficou em sétimo na classificação geral.

TítulosEditar

ESTADUAIS
Competição Títulos Temporadas
  Campeonato Paulista – Segunda Divisão 3 1977, 1995 e 2018
  Campeonato Paulista – Série B2 1 2001
TOTAL
Competição Títulos Temporadas
  Títulos oficiais 4 4 Estaduais

Campanhas de destaqueEditar

DESTAQUES
Competição Resultados
  Campeonato Paulista – Segunda Divisão Vice-campeão (2003  )
  Promovido

EstatísticasEditar

ParticipaçõesEditar

  Promovido à divisão superior
  Rebaixado à divisão inferior
  Licenciamento no ano seguinte
Participações em 2021
Competição Temporadas Melhor campanha Anos A   R  
  Campeonato Paulista - Série A2 7 Sem dados 1952   e 1982-1987
Campeonato Paulista - Série A3 20 Vice-Campeão (2021) 1954, 1958, 1976, 1978-1981, 1988, 1991-1993, 2004-2007  , 2015-2016   e 2019-2021   ? 2
Campeonato Paulista - Segunda Divisão 14 Campeão (1977, 1995 e 2018) 1977  , 1994-1995  , 2002-2003  , 2008-2014   e 2017-2018   4
Campeonato Paulista - Série B2 (extinto) 4 Campeão (2001) 1997   e 1999-2001   1
Copa Paulista 2 Oitavas de final (2020) 2015 e 2020-2021

Últimas dez temporadasEditar

Últimas dez temporadas do Esporte Clube Primavera
  Nacionais   Internacionais   Estaduais
Campeonato Brasileiro Copa do Brasil Continentais / Mundial Campeonato Paulista Copa Paulista
Ano Div. Pos. Pts J V E D GP GC Fase Máxima Competição Fase Máxima Div. Pos. Fase Máxima
2012 D Não classificado SD 17º
2013 D Não classificado SD 11º
2014 D Não classificado SD
2015 D Não classificado A3 1F
2016 D Não classificado A3 18º
2017 D Não classificado SD
2018 D Não classificado SD
2019 D Não classificado A3
2020 D Não classificado A3 13º R16
2021 D Não classificado A3 Ad. Ad.
Legenda:
     Campeão
     Vice-campeão
     Eliminado nas semifinais
     Campeão e promovido à divisão superior
     Vice-campeão e/ou promovido à divisão superior
     Rebaixado à divisão inferior
     Classificado à fase de grupos da Copa Libertadores
     Classificado à fase preliminar da Copa Libertadores
     Classificado à Copa Sul-Americana
     Campeão do Campeonato do Interior

Categorias de baseEditar

Títulos da baseEditar

Referências

Ligações externasEditar