Critério do Dauphiné de 2014

2013 << Critérium de Dauphiné de 2014 >> 2015
Classificações 8 etapas, 1.176 km
Geral Estados Unidos Andrew Talansky
Pontos Reino Unido Chris Froome
Montanha Itália Alessandro De Marchi
Jovens Países Baixos Wilco Kelderman
Equipas Cazaquistão Astana

A 66.ª edição do Critérium de Dauphiné foi uma competição de ciclismo em estrada que se disputou entre 8 e 15 de junho de 2014, com um percurso de 1176 km distribuídos em 8 etapas, com início em Lyon e final em Courchevel.[1]

A corrida fez parte do UCI World Tour de 2014, sendo a décima-sexta competição de dito calendário.

O vencedor foi o estadounidense Andrew Talansky, sendo acompanhado no pódio por Alberto Contador e Jurgen Van Den Broeck.[2]

Nas classificações secundárias impuseram-se Chris Froome (pontos), Alessandro De Marchi (montanha), Wilco Kelderman (jovens) e Astana (equipas).[2]

Equipas participantesEditar

Tomaram parte na corrida 21 equipas. Os 18 de categoria UCI ProTeam (ao ser obrigatória sua participação) e 3 de categoria Profissional Continental que o fazem mediante convite da organização. Eles foram a Cofidis, Solutions Crédits, a NetApp-Endura e a IAM Cycling. A cada equipa esteve integrada por 8 ciclistas, formando assim um pelotão de 168 competidores, dos que finalizaram 128.[3]

Equipa Cód.

UCI

Categoria Chefe de filas
  Team Sky SKY UCI ProTeam   Chris Froome
  Astana Pro Team AST UCI ProTeam   Vincenzo Nibali
  Tinkoff-Saxo TCS UCI ProTeam   Alberto Contador
  Cofidis, Solutions Crédits COF Profissional Continental   Rein Taaramäe
  Orica GreenEDGE OGE UCI ProTeam   Simon Gerrans
  Movistar Team MOV UCI ProTeam   Igor Antón
  Beñat Intxausti
  Ag2r La Mondiale ALM UCI ProTeam   Jean-Christophe Péraud
  Team Europcar EUC UCI ProTeam   Thomas Voeckler
  Lotto Belisol LTB UCI ProTeam   Jurgen Van Den Broeck
  IAM Cycling IAM Profissional Continental   Sylvain Chavanel
  Cannondale CAN UCI ProTeam   Maciej Bodnar
  Trek Factory Racing TFR UCI ProTeam   Giacomo Nizzolo
  BMC Racing Team BMC UCI ProTeam   Tejay Van Garderen
  Team Katusha KAT UCI ProTeam   Daniel Moreno
  Omega Pharma-Quick Step OPQ UCI ProTeam   Michał Kwiatkowski
  Fdj.fr FDJ UCI ProTeam   Kenny Elissonde
  Garmin Sharp GRS UCI ProTeam   Ryder Hesjedal
  Giant-Shimano GIA UCI ProTeam   Thierry Hupond
  Lampre-Merida LAM UCI ProTeam   Damiano Cunego
  Belkin-Pro Cycling Team BEL UCI ProTeam   Wilco Kelderman
  NetApp-Endura TNE Profissional Continental   Leopold König

PercursoEditar

A corrida começou com uma contrarrelógio indivivual de 10,4 quilómetros em Lyon. A 2.ª etapa teve seis portos de montanha, onde se destacou o final na cume do Col du Béal de categoria especial. A terceira etapa foi plana, favorável para os velocistas, e ao dia seguinte esteve marcado pelo Col de Manse (2.ª) e a sua descida a Gap. A 5.ª etapa teve um típico percurso rompe pernas, com seis portos, 3 de 3.ª e 3 de 2.ª e a sexta será novamente favorável a velocistas, ainda que teve um porto de 4.ª categoria a 5 km do final.

Nas últimas duas etapas chegou a alta montanha. A 7.ª foi a jornada rainha e finalizou na Suíça depois de passar pelo Col du Corbier (1.ª), o Col da Forclaz (HC) e a ascensão final a Finhaut-Emosson (HC). A última etapa depois de ascender o Col de Saisies (1.ª) e a Côte de Montagny (1.ª), finalizou na estação de esqui de Courchevel (1.ª).[4]

Desenvolvimento geralEditar

As primeiras duas etapas estiveram marcadas pelo duelo Froome-Contador, onde o britânico se mostrou como o mais forte ganhando a contrarrelógiop e a chegada no Col de Béal. Na crono impôs-se por 8 segundos tomando a liderança da corrida. Ao dia seguinte, na última ascensão Froome lançou vários ataques faltando 5 km, mas sem poder sacar da roda ao espanhol. Só 4 corredores conseguiram se manter junto ao britânico; Contador, Van Den Broeck, Kelderman e Nibali, aos que depois se somou Talansky. No último meio quilómetro um novo ataque de Froome descolou os seus rivais, menos a Contador. Na linha de meta impôs-se o britânico e com as bonificações ampliou em 4 segundos as diferenças na geral, ficando o espanhol a 12 s.

Nas seguintes etapas, o Sky de Froome controlou a corrida. Nikias Arndt venceu em sprint em massa a terceira etapa e na quarta, quinta e sexta, permitiram-se fugas de ciclistas que não complicavam na classificação geral. Assim, a Katusha ficou com a 4.ª e a 5.ª por intermediário de Yury Trofimov e Simon Špilak, ambos triunfos em forma solitária e o Omega com a 6.ª que conseguiu Jan Bakelants. A sexta etapa esteve marcada por uma queda do líder Froome, quem se foi ao solo faltando 8 quilómetros para o final, ainda que o pelotão decidiu enlentecer a marcha e lhe permitir recuperar a posição.[5]

A corrida ficou para definir-se nas 2 etapas finais. Na última subida da 7.ª jornada, Froome contava com 4 colegas que marcavam o ritmo, enquanto nenhum colega de Contador ia no pelotão. O grupo ia-se reduzindo enquanto os corredores da Sky apartavam-se uma vez realizado o seu trabalho. A falta de 2 quilómetros e quando só Richie Porte lhe ficava como companhia a Froome, Contador lançou um ataque que ninguém seguiu. O britânico manteve-se a roda de Porte, enquanto o australiano tentava que o espanhol não se afastasse. Faltando um quilómetro Porte afastou-se e Froome continuou com a tentativa de descontar mas não foi possível. A etapa ganhou-a Lieuwe Westra, quem ia por adiante do grupo de favoritos, enquanto Contador entrava 4º em meta e lhe sacava 20 segundos a Froome, erigindo-se como novo camisa amarelo por 8 segundos.[6]

A surpresa chegou na última etapa quando no primeiro porto do dia (Côte de Domancy de 2.ª categoria) formou-se uma fuga de 23 corredores. O Sky tinha a três homens diante, Porte, Nieve e López, mas também estavam o 3º da geral (Talansky) e o 5º (Van Den Broeck). No Col des Saisies, Froome e o resto do Sky, romperam ao pelotão deixando a Contador sem companhia e a vantagem da fuga rondava os 3 minutos o qual convertia a Talansky em vencedor virtual já que se encontrava a 39 s na geral. A escapada não lhe servia ao Sky pelo qual Porte e López se atrasaram até a posição de Froome. Faltando menos de 30 km, o grupo de Talansky e Van Den Broeck, levavam pouco mais de 1 minuto, enquanto desde atrás saíram Nibali e Kelderman. Ao iniciar a ascensão à Côte de Montagny, as diferenças eram de 1 min 10 s a Nibali-Kelderman e 2 min 30 s a Contador-Froome. Em plena ascensão e a falta de 22 km, Contador saiu a procurar a corrida deixando atrás a Chris Froome. Na cume Talansky coroou com 1 min 15 s de vantagem sobre Contador enquanto Froome já perdia mais de 2 e meio. As diferenças mantiveram-se na descida seguinte e a ascensão a Courchevel. Em posições intermediárias, Kelderman deixou atrás a Nibali, enquanto Contador posteriormente atingia e ultrapassava ao italiano e Froome ficava fora de toda a chance.

A etapa foi para Mikel Nieve e Andrew Talansky entrou em 4.ª posição, sacando-lhe a Contador pouco mais de um minuto o qual lhe atingiu para se coroar ganhador da corrida.[7]

EtapasEditar

Etapa 1. 8 de junho Lyon-Lyon, 10,4 kmEditar

Resultados da 1ª etapa
Ciclista Equipa Tempo
  Chris Froome Sky 13 min 13 s
  Alberto Contador Tinkoff-Saxo a 8 s
  Bob Jungels Trek a 9 s
  Andrew Talansky Garmin Sharp a 11 s
  Wilco Kelderman Belkin m.t.
Classificação geral após a etapa
Ciclista Equipa Tempo
  Chris Froome Sky 13 min 13 s
  Alberto Contador Tinkoff-Saxo a 8 s
  Bob Jungels Trek a 9 s
  Andrew Talansky Garmin Sharp a 11 s
  Wilco Kelderman Belkin m.t.

Etapa 2. 9 de junho. Tarare-Col du Béal (Pays d'Olliergues), 156 kmEditar

Resultados da 1ª etapa
Ciclista Equipa Tempo
  Chris Froome Sky 4 h 24 min 41 s
  Alberto Contador Tinkoff-Saxo m.t.
  Wilco Kelderman Belkin a 4 s
  Jurgen Van Den Broeck Lotto Belisol a 10 s
  Andrew Talansky Garmin Sharp a 12 s
Classificação geral após a etapa
Ciclista Equipa Tempo
  Chris Froome Sky 4 h 37 min 44 s
  Alberto Contador Tinkoff-Saxo a 12 s
  Wilco Kelderman Belkin a 21 s
  Andrew Talansky Garmin Sharp a 33 s
  Jurgen Van Den Broeck Lotto Belisol a 35 s

Etapa 3. 10 de junho. Ambert-Le Teil, 194 kmEditar

Resultados da 1ª etapa
Ciclista Equipa Tempo
  Nikias Arndt Giant-Shimano 5 h 30 min 03 s
  Kris Boeckmans Lotto-Belisol m.t.
  Reinardt Janse Van Rensburg Giant-Shimano m.t.
  Yannick Martinez Europcar m.t.
  Davide Cimolai Lampre-Merida m.t.
Classificação geral após a etapa
Ciclista Equipa Tempo
  Chris Froome Sky 10 h 07 min 47 s
  Alberto Contador Tinkoff-Saxo a 12 s
  Wilco Kelderman Belkin a 21 s
  Andrew Talansky Garmin-Sharp a 33 s
  Jurgen Van Den Broeck Lotto-Belisol a 35 s

Etapa 4. 11 de junho. Montélimar-Gap, 167,5 kmEditar

Resultados da 1ª etapa
Ciclista Equipa Tempo
  Yury Trofimov Katusha 3 h 59 min 22s
  Gustav Larsson IAM a 23 s
  Pim Ligthart Lotto Belisol a 25 s
  Lars-Petter Nordhaug Belkin a 28 s
  Peter Velits BMC a 28 s
Classificação geral após a etapa
Ciclista Equipa Tempo
  Chris Froome Sky 14 h 9 min 19 s
  Alberto Contador Tinkoff-Saxo a 12 s
  Wilco Kelderman Belkin a 21 s
  Andrew Talansky Garmin Sharp a 33 s
  Jurgen Van Den Broeck Lotto Belisol a 35 s

Etapa 5. 12 de junho. Sisteron-La Mure, 189,5 kmEditar

Resultados da 1ª etapa
Ciclista Equipa Tempo
  Simon Špilak Katusha 4 h 51 min 24 s
  Wilco Kelderman Belkin a 14 s
  Adam Yates Orica GreenEDGE m.t.
  Daryl Impey Orica GreenEDGE a 17 s
  Romain Bardet Ag2r La Mondiale m.t.
Classificação geral após a etapa
Ciclista Equipa Tempo
  Chris Froome Sky 19 h 01 min 00 s
  Alberto Contador Tinkoff-Saxo a 12 s
  Wilco Kelderman Belkin-Pro Cycling Team m.t.
  Andrew Talansky Garmin-Sharp a 33 s
  Jurgen Van Den Broeck Lotto-Belisol a 35 s

Etapa 6. 13 de junho. Grenoble-Poisy, 178,5 kmEditar

Resultados da 1ª etapa
Ciclista Equipa Tempo
  Jan Bakelants Omega Pharma-Quick Step 4 h 07 min 20 s
  Lieuwe Westra Astana Pro Team m.t.
  Zdeněk Štybar Omega Pharma-Quick Step a 24 s
  Pim Ligthart Lotto-Belisol m.t.
  Jens Keukeleire Orica GreenEDGE m.t.
Classificação geral após a etapa
Ciclista Equipa Tempo
  Chris Froome Team Sky 23 h 12 min 15 s
  Alberto Contador Tinkoff-Saxo a 12 s
  Wilco Kelderman Belkin-Pro Cycling Team m.t.
  Andrew Talansky Garmin-Sharp a 33 s
  Jurgen Van Den Broeck Lotto-Belisol a 35 s

Etapa 7. 14 de junho. Ville-la-Grand-  Finaut-Emosson, 160 kmEditar

Resultados da 1ª etapa
Ciclista Equipa Tempo
  Lieuwe Westra Astana Pro Team 4 h 32 min 51 s
  Yury Trofimov Team Katusha a 7 s
  Egor Silin Team Katusha a 16 s
  Alberto Contador Tinkoff-Saxo a 1 min 33 s
  Andrew Talansky Garmin-Sharp a 1 min 51 s
Classificação geral após a etapa
Ciclista Equipa Tempo
  Alberto Contador Tinkoff-Saxo 27 h 46 min 51 s
  Chris Froome Team Sky a 8 s
  Andrew Talansky Garmin-Sharp a 39 s
  Wilco Kelderman Belkin Pro Cycling a 59 s
  Jurgen Van Den Broeck Lotto-Belisol a 1 min 14 s

Etapa 8. 15 de junho. Megève-Courchevel, 131,5 kmEditar

Resultados da 1ª etapa
Ciclista Equipa Tempo
  Mikel Nieve Team Sky 3 h 20 min 29 s
  Romain Bardet Ag2r La Mondiale a 3 s
  Adam Yates Orica GreenEDGE a 5 s
  Andrew Talansky Garmin-Sharp a 9 s
  Jurgen Van Den Broeck Lotto-Belisol m.t.
Classificação geral após a etapa
Ciclista Equipa Tempo
  Andrew Talansky Garmin-Sharp 31 h 08 min 08 s
  Alberto Contador Tinkoff-Saxo a 27 s
  Jurgen Van Den Broeck Lotto-Belisol a 35 s
  Wilco Kelderman Belkin-Pro Cycling Team a 43 s
  Romain Bardet Ag2r La Mondiale a 1 min 20 s

Classificações finaisEditar

Classificação geralEditar

Posição Ciclista Equipa Tempo
    Andrew Talansky Garmin Sharp 31 h 08 min 08 s
  Alberto Contador Tinkoff-Saxo a 27 s
  Jurgen Van Den Broeck Lotto Belisol a 35 s
  Wilco Kelderman Belkin a 43 s
  Romain Bardet Ag2r La Mondiale a 1 min 20 s
  Adam Yates Orica GreenEDGE a 2 min 05 s
  Vincenzo Nibali Astana a 2 min 12 s
  Mikel Nieve Sky a 2 min 59 s
  Dani Navarro Cofidis, Solutions Crédits a 3 min 04 s
10º   Jakob Fuglsang Astana a 3 min 17 s

Classificação da montanhaEditar

Posição Ciclista Equipa Pontos
    Alessandro De Marchi Cannondale 102
  Egor Silin Katusha 64
  Lieuwe Westra Astana 61
  Yury Trofimov Katusha 58
  Andrew Talansky Garmin-Sharp 48

Classificação por pontosEditar

Posição Ciclista Equipa Pontos
    Christopher Froome Sky 34
  Alberto Contador Tinkoff-Saxo 33
  Wilco Kelderman Belkin 32
  Jan Bakelants Omega Pharma-Quick Step 29
  Andrew Talansky Garmin-Sharp 28

Classificação dos jovensEditar

Posição Ciclista Equipa Tempo
    Wilco Kelderman Belkin 31 h 08 min 51 s
  Romain Bardet Ag2r La Mondiale a 37 s
  Adam Yates Orica GreenEDGE a 1 min 22 s
  Sébastien Reichenbach IAM a 5 min 48 s
  Kenny Elissonde Fdj.fr a 35 min 32 s

Classificação por equipasEditar

Posição Equipa Tempo
    Astana 93 h 29 min 36 s
2   Sky a 18 min 26 s
3   Ag2r La Mondiale a 32 min 50 s
4   Katusha a 36 min 59 s
5   Cofidis, Solutions Crédits a 38 min 05 s

Evolução das classificaçõesEditar

Etapa
(Vencedor)
Classificação geral
 
Classificação por pontos
 
Classificação da montanha
 
Classificação dos jovens
 
Classificação por equipas
 
Etapa 1     (CRI)
(Chris Froome)
Chris Froome Chris Froome Vincenzo Nibali Bob Jungels Sky
Etapa 2  
(Chris Froome)
Kévin Réza Wilco Kelderman Astana
Etapa 3
(Nikias Arndt)
Etapa 4  
(Yury Trofimov)
Etapa 5  
(Simon Špilak)
Alessandro De Marchi
Etapa 6
(Jan Bakelants)
Etapa 7  
(Lieuwe Westra)
Alberto Contador
Etapa 8  
(Mikel Nieve)
Andrew Talansky
Final Andrew Talansky Chris Froome Alessandro De Marchi Wilco Kelderman Astana

UCI World TourEditar

O Critérium de Dauphiné outorgou pontos para o UCI World Tour de 2014, somente para corredores de equipas UCI ProTeam. As seguintes tabelas são o barómetro de pontuação e os corredores que obtiveram pontos:[8]

Position 10º
Classificação geral 100 80 70 60 50 40 30 20 10 4
Por etapa 6 4 2 1 1
Ciclista Equipa Pontos
  Andrew Talansky Garmin Sharp 104
  Alberto Contador Tinkoff-Saxo 89
  Jurgen Van den Broeck Lotto Belisol 72
  Wilco Kelderman Belkin 67
  Romain Bardet Ag2r La Mondiale 55
  Adam Yates Orica GreenEDGE 44
  Vincenzo Nibali Astana 30
  Mikel Nieve Sky 26
  Chris Froome Sky 12
  Yury Trofimov Katusha 10

Referências

ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Critério do Dauphiné de 2014