Pelados em Santos

(Redirecionado de Desnudos en Cancún)
"Pelados em Santos"
Single de Mamonas Assassinas
do álbum Mamonas Assassinas
Lançamento Julho de 1995
Formato(s) CD single
Gênero(s) Rock cômico, brega, heavy metal, Pop rock
Duração 3:21
Gravadora(s) EMI
Composição Dinho
Produção Rick Bonadio
Cronologia de singles de Mamonas Assassinas
"Vira-Vira"
(1995)

Pelados em Santos é uma canção da banda brasileira Mamonas Assassinas, lançada como single de seu álbum homônimo de 1995.[1] Foi a 3ª música mais tocada no país no ano de seu lançamento.[2] A canção se tornou uma espécie de hino da banda, assim como "Vira-Vira".[carece de fontes?]

Sua letra romântica é um convite para um programa amoroso na cidade de Santos, São Paulo, numa Volkswagen Brasília, de cor amarela,[3] equipada com rodas da marca Gaúcha, que foram sucesso de vendas no fim dos anos 1980. Porém, não é a história contada na canção que a tornou (e também a banda) um grande sucesso, mas a forma como ela é contada. Os integrantes do Mamonas Assassinas não tinham vergonha de usarem marcas populares na época (tais como a fabricante de materiais esportivos britânica Reebok e a grife italiana Fiorucci), palavrões e gírias nas canções, o que dava um humor diferente de tudo o que já se tinha visto na música.[4]

Com relação à parte instrumental, assim como todas as canções do Mamonas, é possível perceber influências e citações de outras canções que influenciaram a sonoridade do grupo. Nesta canção, há uma clara "paródia" à canção Crocodile Rock, de Elton John.[5]

Formatos e faixasEditar

  1. "Pelados em Santos" - 3:21

CréditosEditar

VideoclipeEditar

 
Uma imagem do clipe da canção.

A canção ganhou um video-clipe[7][8], que acabou sendo o único gravado pela banda.[carece de fontes?]

O clipe nada mais é do que um retrato dos Mamonas Assassinas. Assim como as roupas com que habitualmente se apresentavam nos shows e na TV, o cenário e o figurino (em partes do clipe, Júlio aparece caracterizado como um mariachi) representam a alegria e a intenção de humor dos integrantes. Além disso, o videoclipe também mescla elementos reais com elementos de animação (a aparência de desenho animado ajuda na hora de fazer paródias), conferindo ao clipe todo o clima de descontração tão característico da banda.[carece de fontes?]

“Referências” ou “citações” são feitas ao longo de toda o vídeo, inclusive uma alusão à rede Globo logo no inicio do clipe (quando fazem uma contagem regressiva excessivamente rápida para o inicio do clipe).[carece de fontes?]

A mulher loira com vestido vermelho que arrancava suspiros dos Mamonas Assassinas no clipe é a modelo e apresentadora Nereide Nogueira.[9][10]

Outras versões e coversEditar

Ainda como Banda Utopia, eles já haviam gravado uma versão um pouco diferente (estilo Reginaldo Rossi), que mais tarde estaria na versão relançada do álbum A Fórmula do Fenômeno, intitulada "Mina (Minha Pitchulinha)".[11] A canção também ganhou uma versão em espanhol, intitulada "Desnudos en Cancún", que foi lançada na coletânea Atenção, Creuzebek: a Baixaria Continua!, em 1998.[12]

Versão dos TitãsEditar

"Pelados em Santos"
Single de Titãs
do álbum As Dez Mais
Lançamento 2000
Gravação 2000
Gênero(s) Pop rock
Duração 3:23
Gravadora(s) WEA
Composição Alecsander Alves
Produção Jack Endino
Cronologia de singles de Titãs
 
"Sua Impossível Chance"
(1998)
"Aluga-se"
(2000)
 

"Pelados em Santos" foi regravada pelos também paulistas Titãs, em seu álbum de covers As Dez Mais, lançado em 1999. Eles também lançaram um videoclipe para a canção,[13] que conta com as participações especiais de Carlos Moreno e das atrizes Bárbara Paz (ainda antes de ser famosa) e Cheila Ferlin, que aparecem de topless. O vídeo foi dirigido por Washington Olivetto e Andres Bukowski e faz uma sátira à famosa propaganda da esponja de aço Bombril, com os membros vendendo diversos produtos. Segundo os integrantes, a ideia de convidar Washington era "brincar com a fama de sermos uma banda comercial. Pensamos em cantar como se fizéssemos um comercial da canção, que é a razão de um clipe existir".[14]

Prêmios e indicaçõesEditar

Ano Prêmio Versão Categoria Resultado Ref.
1996 Troféu Imprensa Mamonas Assassinas Melhor Música Venceu [15]
2000 MTV Video Music Brasil Titãs Escolha da Audiência Indicado[carece de fontes?]

Referências

  1. folha.uol.com.br/ Criança canta 'suruba' dos Mamonas Assassinas
  2. mofolandia.com.br/ Arquivado em 20 de agosto de 2013, no Wayback Machine. Músicas mais tocadas de 1995
  3. revistaautoesporte.globo.com/ MÚSICA DO DIA: "PELADOS EM SANTOS", MAMONAS ASSASSINAS
  4. musicasbrasileiras.wordpress.com/ Pelados em Santos – Mamonas Assassinas
  5. sidneyrezende.com/ Mamonas Assassinas e suas divertidas influências
  6. «Mamonas Assassinas ‎– Pelados Em Santos (CD)». Discogs. Consultado em 23 de fevereiro de 2015 
  7. globoplay.globo.com/ Reveja bastidores da gravação de clipe dos Mamonas Assassinas
  8. rollingstone.uol.com.br/ Arquivado em 8 de novembro de 2016, no Wayback Machine. Clipe da música "Pelados em Santos"
  9. g1.globo.com/ "Muito divertido", diz musa de clipe dos Mamonas Assassinas sobre gravação
  10. caras.uol.com.br/ Lembra dela? Veja como está a musa do clipe "Pelados em Santos", dos Mamonas Assassinas
  11. ligadoamusica.com.br/ Produtor relembra gravação da demo dos Mamonas Assassinas
  12. ego.globo.com/ "Mamonas Assassinas": 20 anos após acidente fatal, relembre curiosidades
  13. Beldades da música: Mulheres que já participaram de clipes musicais noticias.bol.uol.com.br
  14. Rubens Paiva, Marcelo (29 de outubro de 1999). «"Somos uma estatal gigante", diz Nando Reis». Folha de S.Paulo (25776): Ilustrada 18. Consultado em 11 de julho de 2017 
  15. chancedegol.uol.com.br/ Troféu Imprensa 1995