Eleição municipal de Parnaíba em 2020

A eleição municipal de Parnaíba em 2020 ocorrerá no dia 15 de novembro em turno único e elegerá um prefeito, um vice-prefeito e 17 vereadores para a administração da cidade. O prefeito titular é Mão Santa, do DEM, que, por estar em seu primeiro mandato (a primeira passagem dele no cargo foi entre 1989 e 1992, quando ainda era filiado ao PDS), está apto a disputar a reeleição.

2016 Brasil 2024
Eleição municipal de Parnaíba em 2020
15 de novembro de 2020 (primeiro turno)


Brasaophb.jpg
Prefeito de Teresina

Titular
Mão Santa
DEM

Eleito
A definir

Originalmente, as eleições ocorreriam em 4 de outubro (primeiro turno) e 25 de outubro (segundo turno) (para cidades acima de 200 mil habitantes), porém, com o agravamento da pandemia do novo coronavírus (SARS-CoV-2), causador da Covid-19, as datas foram modificadas com a promulgação da Emenda Constitucional nº 107/2020[1].

Contexto político e pandemiaEditar

As eleições municipais de 2020 estão sendo marcadas, antes mesmo de iniciada a campanha oficial, pela pandemia do coronavírus SARS-CoV-2 (causador da COVID-19), o que está fazendo com que os partidos remodelem suas metodologias de pré-campanha. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) autorizou os partidos a realizarem as convenções para escolha de candidatos aos escrutínios por meio de plataformas digitais de transmissão, para evitar aglomerações que possam proliferar o vírus. Alguns partidos recorreram a mídias digitais para lançar suas pré-candidaturas.

Além disso, a partir deste pleito, será colocada em prática a Emenda Constitucional 97/2017[2], que proíbe a celebração de coligações partidárias para as eleições legislativas, o que pode gerar um inchaço de candidatos ao legislativo. Conforme reportagem publicada pelo jornal Brasil de Fato em 11 de fevereiro de 2020, o país poderá ultrapassar a marca de 1 milhão de candidatos a prefeito, vice-prefeito e vereador neste escrutínio, o que não seria necessariamente bom, na opinião do professor Carlos Machado, da UnB (Universidade de Brasília): “Temos o hábito de criticar de forma intensa a coligação partidária, sem parar para refletir sobre os elementos positivos dela. O número de candidatos que um partido pode apresentar numa eleição, varia se ele estiver dentro de uma coligação, porque quando os partidos participam de uma coligação, eles são considerados como um único partido"[3], afirmou Machado na reportagem.

CandidaturasEditar

Candidato Partido Candidato a vice Cargos relevantes ou profissão Coligação Tempo no horário eleitoral
22 Dr. Hélio[4] PL Deusimar Tererê (PV) Deputado estadual (2015–2019) "Avança Parnaíba com Respeito e Trabalho"
(PL, PV, PTB, PCdoB, PT, Republicanos e PDT)
25 Mão Santa DEM Beto Sousa (PP) Prefeito de Parnaíba (1989–1992 e desde 2017), Senador (2003–2010), Governador (1995–2003), Deputado estadual (1979–1983) "Parnaíba de Futuro"
(DEM, PP, Solidariedade, PODE, MDB, PSL, Avante, PSDB, PRTB e PSC)
27 Romualdo Seno[5] DC Adriano José (DC) Advogado Sem coligação Sem tempo no guia eleitoral
55 Marcos Samaronne PSD Cabo Ryane (PSD) Vice-prefeito (2017–)

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar

Referências

  1. Maziero, Guilherme (1º de julho de 2020). «Câmara aprova o adiamento das eleições 2020 para novembro». UOL Notícias. Consultado em 21 de agosto de 2020 
  2. Garcia, Gustavo (4 de outubro de 2017). «Congresso promulga emenda que extingue coligações em 2020 e cria cláusula de barreira». G1. Consultado em 21 de agosto de 2020 
  3. Carvalho, Igor (11 de fevereiro de 2020). «Brasil pode ultrapassar a marca de um milhão de candidatos nas eleições 2020». Brasil de Fato. Consultado em 21 de agosto de 2020 
  4. Leandro, Dhara (16 de setembro de 2020). «Candidatura de Dr. Hélio à prefeitura de Parnaíba é homologada com o apoio de lideranças políticas». JT News. Consultado em 16 de setembro de 2020 
  5. Oliveira, Apoliana (10 de setembro de 2020). «Romualdo Seno registra candidatura para disputar a prefeitura de Parnaíba». 180 Graus. Consultado em 10 de setembro de 2020