Abrir menu principal
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde maio de 2013). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
"Endless, Nameless"
Canção de Nirvana
do álbum Nevermind
Lançamento 1991
Gênero(s)
Duração 6:44
Gravadora(s) DCG
Composição Cobain, Novoselic, Grohl
Produção Butch Vig
Faixas de Nevermind
Something in the Way
(12)

Endless, Nameless (sem fim, sem nome) é uma canção da banda norte-americana Nirvana. A canção contém gritos, guitarras altamente distorcidas e bateria pesada, e surgiu quando uma das tomadas de "Lithium" saiu errada.

Três versões oficiais de "Endless, Nameless" foram lançadas:

A gravação original de estúdio surgiu como uma hidden track do disco Nevermind, lançado em 1991[1]. A canção se inicia minutos após o fim de Something in the Way, inspirando-se em "Her Majesty", do álbum Abbey Road, dos Beatles, que é considerada a primeira hidden track da história. As primeiras cópias de Nevermind (cerca de 50.000) não contêm a faixa devido a um erro de masterização.

Uma interpretação ao vivo da canção pode ser encontrada em Live! Tonight! Sold Out!!. Tal como em Nevermind, a música não se encontra listada na lista de faixas.

Uma versão gravada com o DJ John Peel para a BBC foi incluída em With the Lights Out, de 2004.

Possui também uma versão ao vivo no dvd Live At Paramount.

Referências

  1. «Nevermind release». Dsicogs.com. Consultado em 15 de maio de 2013