Eurico Resende

político brasileiro
Eurico Rezende
39º Governador do Espírito Santo
Período 15 de março de 1979
até 15 de março de 1983
Antecessor Élcio Álvares
Sucessor Gerson Camata
Senador do Espírito Santo
Período 1 de fevereiro de 1963
até 31 de janeiro de 1979
Deputado estadual do Espírito Santo
Período 1 de fevereiro de 1951
até 31 de janeiro de 1959
Dados pessoais
Nome completo Eurico Vieira de Resende[nota 1]
Nascimento 22 de agosto de 1918
Ubá, Minas Gerais
Morte 14 de abril de 1997 (78 anos)
Nacionalidade brasileiro
Progenitores Mãe: Acedália Carneiro Resende
Pai: Leôncio Vieira de Resende
Cônjuge Maria Ribeiro de Rezende
linkWP:PPO#Brasil

Eurico Vieira de Resende[nota 2] (Ubá, 22 de agosto de 191814 de abril de 1997) foi um político brasileiro. Foi senador (1963-1979) e governador do Espírito Santo (de 15 de março de 1979 a 15 de março de 1983).

BiografiaEditar

Formado em direito pela Universidade Federal do Espírito Santo, começou sua militância política atuando como redator do jornal oposicionista A De­mocracia, editado por estudantes, em Vitória. Protestou através de um telegrama endereçado ao presi­dente Getúlio Vargas, contra a implantação do Estado Novo em novembro de 1937. Com a interceptação do telegrama antes que che­gasse ao seu destino, foi preso e libertado dois dias depois.

Iniciou sua vida política como membro União Democrática Nacional (UDN), que tinha como objetivo, defender as liberdades democráticas e o desenvolvimento econômico autônomo do Brasil. Participou das articulações que resultaram no movimento político-militar de 31 de março de 1964, que depôs o presidente João Goulart (1961-1964).

Eurico Rezende foi foi Secretário no Ginásio de Calçado, no Município de São José do Calçado, deputado estadual, deputado federal e senador, em todos os cargos representando o estado do Espírito Santo, quando senador foi líder do governo no Senado a partir de março de 1978, na gestão do presidente Ernesto Geisel, foi indicado governador do Espírito Santo e eleito pela Assembleia Legislativa a 1 de setembro de 1978 tomando posse no cargo em 15 de março de 1979 e cumprindo o seu mandato até o final em 15 de março de 1983, apesar das expectativas de que voltasse a concorrer para o senado o governador Rezende optou por encerrar a sua carreira política.

Retorna politicamente em 1994, onde disputou uma vaga para o senado federal pela legenda do Partido Progressista Reformador (PPR), entretanto, não foi eleito.

Eurico Resende foi o último governador do Regime Militar no Espírito Santo.

Faleceu no dia 14 de abril de 1997.[1]

Notas

  1. Pela grafia original, Eurico Vieira de Rezende.
  2. Pela grafia original, Eurico Vieira de Rezende.

Referências

BibliografiaEditar

Precedido por
Élcio Álvares
Governador do Espírito Santo
1979 — 1983
Sucedido por
Gérson Camata