Abrir menu principal
Searchtool.svg
Esta página ou seção foi marcada para revisão, devido a incoerências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a coerência e o rigor deste artigo.
Fortaleza de Beliche
SGR Beliche.jpg
Fortaleza de Beliche, Portugal.
Mapa de Portugal - Distritos plain.png <div style="position:absolute;top:Erro de expressão: Operador * inesperadopx; left:Erro de expressão: Operador * inesperadopx; width:3px; height:3px; background:#FF0000" title="Localização" onmouseover="width:5px;height:5px;">
Construção ()
Estilo
Conservação
Homologação
(IGESPAR)
N/D
Aberto ao público

O Forte de Santo António de Belixe, popularmente referido apenas como Fortaleza de Belixe, localiza-se no cabo de São Vicente, em posição dominante sobre a praia de Belixe Velho, na freguesia de Sagres, concelho de Vila do Bispo, distrito de Faro, em Portugal.

HistóriaEditar

Foi erguido em data não determinada, possivelmente sob o reinado de Manuel I de Portugal ou no de seu sucessor, João III de Portugal, mas anterior a 1587, uma vez que se encontra desenhado no mapa desta região algarvia quando do ataque do corsário inglês Francis Drake, que o destruiu. Tinha como função controlar aquele ancoradouro e proteger os pescadores que ali mantinham uma armação de pesca de atum.

A fortificação atual remonta a uma reconstrução por determinação de Filipe III de Portugal (1621-1640), tendo sido reinaugurado em 1632 conforme inscrição epigráfica sobre o portão de armas.

O terramoto de 1755 causou-lhe grandes danos, tendo sido progressivamente abandonada.

Foi recuperada ao final da década de 1950 pela então Direcção Geral dos Edifícios e Monumentos Nacionais, no contexto dos trabalhos realizados no cabo de São Vicente e em Sagres, tendo em vista as comemorações do V Centenário da Morte do Infante D. Henrique (1960). Na ocasião, sobre os alicerces dos antigos quartéis foi erguida uma casa de chá.

Encontra-se classificado como Imóvel de Interesse Público.

Encerrado desde a década de 1990 pela ameaça de desmoronamento da encosta sobre a qual se ergue, em 2013 a Câmara Municipal de Vila do Bispo planeia a sua recuperação e reabertura.

Nela se destacam os panos de muralha remanescentes, baterias e casamatas, bem como a Capela de Santa Catarina, cujas origens remontam a uma doação do Infante D. Henrique (1394-1460) pouco antes de sua morte, e cujo retábulo, em estilo barroco, foi trasladado em 1997 para a Igreja de Nossa Senhora da Graça, na vizinha Fortaleza de Sagres.

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Fortaleza de Belixe
  Este artigo sobre Património de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.