Abrir menu principal

Francisco Diá (Natal, 5 de Novembro de 1955) é um treinador de futebol brasileiro. Atualmente está sem clube.

Francisco Diá
Francisco Diá
Francisco Diá em ação no Mogi Mirim em 2010
Informações pessoais
Nome completo Francisco de Assis Ciríaco dos Santos
Data de nasc. 5 de novembro de 1955 (63 anos)
Local de nasc. Natal (RN),  Brasil
Apelido Diá
Informações profissionais
Equipa atual Brasil Campinense
Posição Treinador
Times/Equipas que treinou
1995
1996
1997
1998-2000
2002
2004
2006
2007-2008
2009
2009
2010
2010
2010
2011
2011-2012
2012
2012-2013
2013-2014
2014
2014
2014
2014-2016
2016
2017
2017-2018
2018-2019
Brasil Força e Luz
Brasil ABC
Brasil Penapolense
Brasil São Gonçalo-RN
Brasil Alecrim
Brasil ABC
Brasil Baraúnas (assistente)
Brasil Santa Cruz
Brasil Alecrim
Brasil América-RN
Brasil Mogi Mirim
Brasil América-RN
Brasil Botafogo-PB
Brasil América-RN
Brasil Baraúnas
Brasil Santa Cruz-RN
Brasil Icasa
Brasil Grêmio Barueri
Brasil Nacional-AM
Brasil Oeste
Brasil ASA
Brasil Campinense
Brasil América-RN
Brasil Altos-PI
Brasil Sampaio Corrêa
Brasil Campinense










0010





0047
0005
0012
0003
0001
0080
0012
0008
0061
0011
Última atualização: 27 de março de 2019.

Índice

CarreiraEditar

Em 2009 conquista o acesso do Alecrim para a série C do campeonato brasileiro. É contratado pelo América de Natal, salva o clube do rebaixamento no campeonato brasileiro da série B, tirando a equipe potiguar de uma incomoda penúltima colocação no campeonato.[1]

Em 2010 contratado pelo Mogi Mirim dura apenas dez rodadas no campeonato paulista, com apenas duas vitórias, dois empates e seis derrotas deixa a equipe paulista[2] e retorna ao América de Natal, por um curtíssimo período, onde licencia-se para tratamento médico em um de seus joelhos.[3] Seu retorno no futebol em 2010 acontece no Botafogo da Paraíba,[4] onde sagra-se campeão da Copa Paraíba.[5]

Em 2011 volta ao América de Natal pela terceira vez sem grande destaque e é demitido no final do primeiro semestre;[6] é contratado pelo o Baraúnas no final do ano.

Em 2012 uma passagem pelo Santa Cruz-RN[7] antes de assumir o Icasa do Ceará no segundo semestre.[8] Pega o Icasa na zona de rebaixamento do campeonato brasileiro da série C e leva a equipe ao vice-campeonato da competição, conquista o acesso para 2013.

Em 2013 é demitido do Icasa, após a derrota de 2–1 para o América Mineiro.[9] Em agosto o treinador é contratado pelo Grêmio Barueri com a dura missão de livrar a equipe do rebaixamento do campeonato brasileiro da série C,[10] mas não teve sucesso: cinco jogos, cinco derrotas. No final do ano é contratado pelo Nacional-AM.[11]

Em 2014 trabalha praticamente o primeiro semestre com o Nacional-AM, onde demitido foi tentar novamente no interior de São Paulo salvar desta vez o Oeste do rebaixamento do campeonato brasileiro da série B, sem sucesso com apenas três jogos um empate e duas derrotas é rapidamente dispensado,[12] mas com a chegada de outro treinador a equipe termina na 15ª colocação livrando-se do rebaixamento. Em agosto o treinador assume o comando do ASA.[12] e com apenas oito dias de trabalho e uma derrota, surpreendentemente o mestre é dispensando.[13] Rapidamente o Campinense contrata o treinador[14] que vem trazer alegrias a equipe paraibana.

Em 2015 embalado para o início da nova temporada conquista o Campeonato Paraibano de 2015, e renova seu contrato por mais uma temporada com o clube paraibano Campinense.

O ano de 2016 não é diferente e o treinador num início avassalador conquista o vice-campeonato da Copa do Nordeste e sagra-se bicampeão paraibano pelo Campinense.[15] Em junho Diá acerta seu retorno ao América-RN , dando início a sua quarta passagem no clube potiguar.[16] No dia 07 de outubro de 2016, a diretoria do América-RN anunciou que Diá não permaneceria no comando da equipe para o ano de 2017, onde o América-RN irá disputar a Série D do Brasileirão devido ao rebaixamento em 2016.[17]

Francisco Diá foi anunciado em 19 de novembro de 2016, como novo treinador do Altos-PI, equipe piauiense, para a temporada de 2017.[18] Diá rescindiu seu contrato amigavelmente com Altos-PI para comandar o Sampaio Corrêa, o treinador era um sonho antigo do clube maranhense. Ele deixa o Altos-PI realizando uma boa campanha no estadual, estando na liderança do torneio.[19] Francisco Diá se consagrou campeão Maranhense com o Sampaio Corrêa, e no segundo semestre disputando a Série C, conseguiu o acesso a Série B com o clube. Em 08 de maio de 2018, Diá deixa o comando do Sampaio Corrêa após dois anos no comando do clube, ele teve realizou um bom trabalho na temporada de 2017 com a equipe maranhense, mas em 2018 não obteve os bons resultados esperados, no início da temporada o Sampaio Corrêa não conseguiu avançar da primeira fase do estadual e na Série B os resultados não vieram positivamente, vencendo apenas uma partida no começo da competição.[20]

em 27 de Julho de 2018, acerta sua volta ao Campinense, clube onde foi bi-campeão da Paraíba e vice do Nordeste. Em 15 de maio de 2019, após a eliminação precoce na Pré-Copa do Nordeste de 2020, Francisco Diá deixa o comando do Campinense mais uma vez.

TítulosEditar

TreinadorEditar

Botafogo-PB
Campinense
Sampaio Corrêa

Prêmios IndividuaisEditar

Técnico do ano
  • Troféu Flávio Ponte (Oscar do Esporte Cearense) - 2012.[21]
Melhor treinador

EstatísticasEditar

Como treinadorEditar

Atualizado até 27 de março de 2019.

Clube Jogos Vitórias Empates Derrotas Aproveitamento
Mogi Mirim (2010) 10 2 2 6 26.67%
Icasa (2012-2013) 47 25 8 14 58.87%
Grêmio Barueri (2013-2014) 5 0 2 3 13.33%
Nacional-AM (2014) 12 4 6 2 50%
Oeste (2014) 3 0 1 2 11.11%
ASA (2014) 1 0 0 1 0%
Campinense (2014-2016) 80 42 20 18 60.83%
America-RN (2016) 12 3 4 5 36.11%
Altos-PI (2017) 8 4 4 0 66.67%
Sampaio Corrêa (2017-2018) 61 26 20 15 53.55%
Campinense (2018-) 11 5 2 4 51.52%

Referências

  1. *Futebol Interior. «É oficial! América-RN já tem novo técnico para a Série B». 30 de setembro de 2009. Consultado em 31 de julho de 2016 
  2. *Futebol Interior. «Rivaldo demite técnico do Mogi Mirim». 22 de fevereiro de 2010. Consultado em 31 de julho de 2016 
  3. *Futebol Interior. «Técnico que dirigiu time no Paulistão assume o América». 2 de março de 2010. Consultado em 31 de julho de 2016 
  4. *PB Agora. «Botafogo-PB dispensa Schulle e contrata Diá, ex- Mogi Mirim-SP». 21 de junho de 2010. Consultado em 31 de julho de 2016 
  5. *Bota Show. «CAIU O TÉCNICO FRANCISCO DIÁ». 31 de janeiro de 2011. Consultado em 31 de julho de 2016 
  6. *nominuto.com. «América anuncia Flávio Araújo como substituto de Diá no comando». 4 de julho de 2011. Consultado em 31 de julho de 2016 
  7. *B.Joseilson. «Santa Cruz contrata três para Estadual e Copa do Brasil». 9 de março de 2012. Consultado em 1 de agosto de 2016 
  8. *Globo Esporte. «Francisco Diá 'retorna' ao comando técnico do Icasa». 31 de agosto de 2014. Consultado em 31 de julho de 2016 
  9. *Globo Esporte. «Francisco Diá deixa comando do Icasa após derrota para América-MG». 5 de junho de 2013. Consultado em 31 de julho de 2016 
  10. *Visão Oeste. «Novo técnico tenta salvar Grêmio Barueri». 13 de agosto de 2013. Consultado em 31 de julho de 2016 
  11. *Globo Esporte. «Ex-Grêmio Barueri, Francisco Diá é o técnico do Nacional-AM para 2014». 20 de setembro de 2013. Consultado em 31 de julho de 2016 
  12. a b *Sete Segundos. «Em coletiva, Francisco Diá será apresentado como novo técnico do ASA». 5 de agosto de 2014. Consultado em 1 de agosto de 2016 
  13. *Globo Esporte. «ASA demite técnico Francisco Diá». 13 de agosto de 2014. Consultado em 1 de gosto de 2016  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  14. *Globo Esporte. «Diretoria do Campinense age rápido e anuncia o técnico Francisco Diá». 31 de agosto de 2014. Consultado em 31 de julho de 2016 
  15. *Globo Esporte. «Francisco Diá deixa o Campinense». 20 de junho de 2016. Consultado em 31 de julho de 2016 
  16. *Jornal O Mossoroense. «Francisco Diá apresentado como quarto treinador do América-RN em 2016». 27 de junho de 2016. Consultado em 31 de julho de 2016 
  17. «francisco-dia-nao-será-o-tecnico-do-americarn-para-2017». oportaln10.com.br. 07 de outubro de 2016. Consultado em 21 de dezembro de 2016  Verifique data em: |data= (ajuda)
  18. «Vice do Nordestão, Francisco Diá é anunciado por "caçula" da edição 2017». globoesporte.com 
  19. «Sampaio Corrêa-MA finalmente realiza sonho e contrata Francisco Diá». www.futebolinterior.com.br. Consultado em 11 de novembro de 2017 
  20. «Série B: Sampaio Corrêa demite técnico Francisco Diá e gerente». www.futebolinterior.com.br. Consultado em 10 de maio de 2018 
  21. VÍDEO: noite de glamour e homenagens marca a festa dos melhores do ano no Oscar do Esporte Cearense

Ligações externasEditar