Guillermo García Cantú

Guillermo García Cantú (Cidade do México, 23 de abril de 1960) é um ator mexicano de telenovelas muito conhecido por seus personagens como vilão[1].

Guillermo García Cantú
Nome completo Guillermo García Cantú
Nascimento 23 de abril de 1960 (63 anos)
Nacionalidade mexicano
Estatura 1,81m
Ocupação Ator
Período de atividade 1985 - presente

Biografia editar

Iniciou sua carreira como ator em 1985, aos 25 anos de idade na telenovela De pura sangre[2].

Sua trajetória é bastante ampla, já que atuou em mais de 20 telenovelas, entre as que se destacam: Cuando llega el amor (1990, com Lucero), e das exibidas no Brasil estão Marimar (1994), Rosalinda (1999), e La Madrasta (2005).

Em 2005, atuou em La madrastra, na qual deu vida a Demetrio Rivero, o grande responsável pelo assassinato que movimenta a história[3].

Em 2006, interpretou o malvado Claudio Garza em Código postal, contracenando com Jacqueline García.

No ano de 2008, ele esteve no elenco da telenovela Fuego en la sangre, com o personagem Fernando, compartilhando cenas com Susana Zabaleta, Diana Bracho, entre outros grandes atores.

Em 2009, Guillermo iniciou sua participação na telenovela Camaleones, tendo papel de destaque como um dos antagonistas da trama[4].

Retornou à televisão em 2010 para atuar em Triunfo del amor, interpretando o antagonista principal "Guillermo" junto a Victoria Ruffo, Maite Perroni, William Levy, César Évora, entre outros.

Em 2014, Guillermo antagonizou a telenovela La malquerida, onde trabalhou novamente com Victoria Ruffo. Em 2015, recebe um papel antagônico em Lo imperdonable, onde interpretou o pai de Verónica (Ana Brenda Contreras).

Em 2016, Guillermo interpretou mais um antagonista, dando vida a Loreto em Las amazonas.

Carreira editar

Telenovelas editar

Teatro editar

  • La mudanza (1984)

Prêmios e Indicações editar

Premios TVyNovelas editar

Ano Categoria Telenovela Resultado
2020 Melhor primeiro ator]] Por amar sin ley Nominado
2019 Melhor primeiro ator Por amar sin ley Nominado
2012 Melhor ator antagónico Triunfo del amor Nominado
2009 Melhor ator antagónico Fuego en la sangre Ganhador[5]
2006 Melhor ator antagónico La madrastra Nominado
2002 Melhor actor coestelar La intrusa Nominado
1996 Mejor vilão Acapulco, cuerpo y alma Nominado
1990 Melhor ator jovem La casa al final de la calle Nominado
1987 Melhor ator jovem El engaño Nominado
1986 Melhor revelação masculina De pura sangre Nominado

Prêmios Bravo editar

Ano Categoria Telenovela Resultado
2009 Melhor ator antagónico Fuego en la sangre Ganhador

Referências

  1. «Guillermo García Cantú: Antes de Televisa y la fama, así lucía el villano de 'El Amor Invencible'». Tribuna. 13 de maio de 2023. Consultado em 3 de julho de 2023 
  2. «Así lucía Guillermo García Cantú cuando debutó en las telenovelas a los 25 años». Publimetro. 22 de março de 2021. Consultado em 3 de julho de 2023 
  3. «¿Quién es el asesino de Patricia en La Madrastra de 2005?». SDP Noticias. 16 de agosto de 2022. Consultado em 3 de julho de 2023 
  4. «Guillermo García Cantú villano de Camaleones». TVyEspectaculos. 21 de maio de 2009. Consultado em 3 de julho de 2023 
  5. «Ganadores Premios TVyNovelas 2009». NotiNovelas. 15 de março de 2009. Consultado em 3 de julho de 2023 

Ligações externas editar