Abrir menu principal
Heloneida Studart
Nascimento 25 de abril de 1932
Fortaleza
Morte 3 de dezembro de 2007 (75 anos)
Rio de Janeiro
Cidadania Brasil
Alma mater Universidade Federal do Rio de Janeiro
Ocupação escritora, jornalista
Causa da morte ataque cardíaco

Heloneida Studart (Fortaleza, 25 de abril de 1932Rio de Janeiro, 3 de dezembro de 2007) foi uma escritora, ensaísta, teatróloga, jornalista, defensora dos direitos das mulheres e política brasileira.[1]

Heloneida foi seis vezes deputada estadual do Rio de Janeiro pelo Partido dos Trabalhadores.

ObrasEditar

  • China : o Nordeste que deu certo (1978)
  • O Pardal é um pássaro azul (1981)
  • O estandarte da agonia : romance (1981)
  • O torturador em romaria (1986)
  • Mulher, a quem pertence teu corpo? : uma reflexão sobre a sexualidade feminina (1990)
  • A deusa do rádio e outros deuses (1995)
  • Jesus de Jaçanã : a história de um anjo da guarda que seguiu o sem-terra chamado Jesus (2000)
  • Selo das despedidas : romance (2000)
  • Mulher : objeto de cama e mesa (1974)
  • Luiz, o santo ateu (2006)

Referências

  Este artigo sobre política ou um cientista político é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.