Abrir menu principal
José Mendonça de Morais
Nascimento 30 de junho de 1931
Minas Gerais
Morte 24 de abril de 2011 (79 anos)
São Paulo
Cidadania Brasil
Ocupação político

José Mendonça de Morais (30 de junho de 193124 de abril de 2011)[1] foi um político, prefeito, advogado, professor e empresário Rural brasileiro. Foi prefeito de São Gonçalo do Abaeté, em Minas Gerais, de 1963-1967[2], pelo PTB. Exerceu o mandato de deputado federal constituinte de 1983 a 1987[2], dando continuidade à sua carreira política como suplente de três deputados Federais: José da Conceição, de 16 de março a 4 de novembro de 1987; Gil César, de 7 a 11 de junho de 1989 e de 7 de fevereiro a 3 de abril de 1990, na vaga do deputado Maurício Pádua.[2] Além disso, foi Secretário de Estado da Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Estado de Minas Gerais, de 12 de junho de 1989 a 6 de fevereiro de 1990.[2]

Ao longo de sua carreira política, José Mendonça de Morais teve quatro filiações partidárias: PTB (Partido Trabalhista Brasileiro) de 1958 a 1965; ARENA (Aliança Renovadora Nacional) de 1970 a 1979; PP (Partido Progressista) em 1981 e PMDB (Partido do Movimento Democrático Brasileiro, hoje chamado de Movimento Democrático Brasileiro) de 1981 até o fim de sua vida política.[2]

Índice

HistóriaEditar

José Mendonça, ou Mendonção[1], como era conhecido, cursou Direito na UFMG (Belo Horizonte, Minas Gerais - 1955-1959), e em 1970 cursou sua pós-graduação em pedagogia na Faculdade São Tomás de Aquino, em Uberaba[2]. Além de sua vida política, foi diretor da Empresa Soplantil e professor universitário em três cidades de Minas Gerais: Belo Horizonte, São Gonçalo do Abaeté e Patos de Minas.[2]

Atividades ParlamentaresEditar

  • Assembléia Nacional Constituinte, que elaborou uma Constituição democrática para o Brasil após 21 anos sob governo da Ditadura Militar, e que seria promulgada no ano seguinte, em 1988. José Mendonça participou como suplente da Subcomissão da Política Agrícola e Fundiária e da Reforma Agrária, da Comissão da Ordem Econômica.[2]
  • Câmara dos Deputados, nas Comissões Permanentes da Agricultura e Política Rural, como vice-presidente entre os anos de 1983 e 1986, e como Titular em 1987. Na Constituição e Justiça, foi Titular em 1985 e 1986. Nas Comissões Especiais, foi Titular na Reforma Agrária de 1985 e 1986.[2]

CondecoraçõesEditar

Recebeu do Governo de Minas Gerais a Medalha da Inconfidência e a Medalha do Mérito Parlamentar, entre os anos de 1985 e 1986.[2]

Obras PublicadasEditar

Publicou Artigos e Conferências na Revista Debulha, Patos de Minas, Minas Gerais.[2]

Artigos: Coragem para mudar de ideias (1983) e Responsabilidade no trato da coisa pública.[2]

Referências

  1. a b Carlos Britto, CARLOS. «Corpo do ex-deputado José Mendonça será enterrado em Belo Jardim». Carlos Britto. Consultado em 18 de setembro de 2018 
  2. a b c d e f g h i j k l «JOSÉ MENDONÇA DE MORAIS - PMDB». Câmara dos Deputados. Consultado em 18 de setembro de 2018 
  Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.