Abrir menu principal
José Thomaz Nonô
Presidente da Câmara dos Deputados do Brasil
(Interino)
Período 21 de setembro de 2005
a 28 de setembro de 2005
Presidente Luiz Inácio Lula da Silva
Antecessor Severino Cavalcanti
Sucessor Aldo Rebelo
Deputado federal de Alagoas
Período 1 de fevereiro de 1983
até 31 de janeiro de 2007
(6 mandatos consecutivos)
Vice-governador de Alagoas
Período 1 de janeiro de 2011
até 31 de dezembro de 2014
Governador Teotônio Vilela Filho
Antecessor Wanderley Neto
Sucessor Luciano Barbosa
Dados pessoais
Nome completo José Thomaz da Silva Nonô Netto
Nascimento 17 de agosto de 1947 (72 anos)
Maceió, Alagoas
Nacionalidade brasileiro
Progenitores Mãe: Eunice Auto da Silva Nonô
Pai: Aloysio Ubaldo da Silva Nonô
Partido PDS (1981-1985)
PFL (1985-1991; 1999-2007)
PMDB (1991-1995)
PSDB (1996-1999)
DEM (2007-presente)
Profissão Advogado

José Thomaz da Silva Nonô Netto (Maceió, 17 de agosto de 1947) é um político brasileiro.

BiografiaEditar

Nascido em Maceió, Filho da Eunice Auto da Silva Nonô e Aloysio Ubaldo da Silva Nonô. Cursou sobre treinamento de lideranças na Harvard University em Massachusetts dos Estados Unidos em 1967, Formado em Direito pela Universidade Clássica de Lisboa em Portugal em 1969 a 1970, também na Universidade Federal de Alagoas em 1971 e Mestrado pela Universidade Federal de Pernambuco de 1972 a 1973. Fez Curso de Política e Estratégia Marítimas na Escola de Guerra Naval no Rio de Janeiro em 2001.

Já exerceu seis mandatos de deputado federal, sendo o primeiro em 1983 pelo PDS. Migrou para o PFL, PMDB e pelo PSDB. Até a renúncia de Severino Cavalcanti, o deputado era o primeiro vice-presidente da Câmara dos Deputados. Disputou eleição para a Prefeitura de Maceió em 2000 e foi derrotado no primeiro turno. Em 2006, candidatou-se ao Senado ficando em terceiro lugar. Na eleição de 2010 foi eleito vice-governador de Alagoas na chapa de Teotonio Vilela Filho, do PSDB, reeleito para um novo mandato de quatro anos.[1]

Ligações externasEditar