Abrir menu principal

Juan Gómez González

futebolista espanhol

Juan Gómez González, mais conhecido como Juanito (Fuengirola, 10 de novembro de 1954 - Calzada de Oropesa, 2 de abril de 1992), foi um futebolista e técnico de futebol espanhol.

Juanito (Denis)
Juanito Gómez.2.jpg
Informações pessoais
Nome completo Juan Gómez González
Data de nasc. 10 de novembro de 1954
Local de nasc. Fuengirola, Málaga, Flag of Spain.svg Espanha
Falecido em 2 de abril de 1992 (37 anos)
Local da morte Calzada de Oropesa, Toledo, Flag of Spain.svg Espanha
Altura 1,69 m
Informações profissionais
Posição Atacante
Clubes de juventude
1969-1972
1972
UD Fuengirola
Espanha Atlético de Madrid
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1972-1974
1973-1974
1974-1977
1977-1987
1987-1989
1991
Espanha Atlético de Madrid
Espanha Burgos (empréstimo)
Espanha Burgos
Espanha Real Madrid
Espanha CD Málaga
Espanha CD Los Boliches
0000- 0000(-)
00026 000(3)
00078 000(21)
00401 000(121)
000071 00(15)
0000? 0000(?)
Seleção nacional
1976-1982 Flag of Spain.svg Espanha 000034 000(8)
Times/Equipas que treinou
1991-1992 Espanha CP Mérida 0000? 0000(?)

Índice

BiografiaEditar

CarreiraEditar

Nascido em Fuengirola, Málaga, Juanito iniciou sua carreira na equipe juvenil do clube local, transferindo-se para o Atlético de Madrid em 1972. Ainda menor de idade, ele teria falsificado seus documentos para poder jogar na equipe sub-18. Marcou dois gols em sua partida de estréia, mas uma tíbia fraturada encerrou sua temporada no Atlético, sem que ele nunca houvesse jogado pelo time principal [1].

Mais tarde, jogando por empréstimo no Burgos CF, Juanito ajudou a equipe a conquistar o campeonato da Segunda Divisão Espanhola na temporada 1975-76. Na temporada seguinte, ele fez sua estréia na Liga com uma vitória de 2 a 1 sobre a equipe do RCD Espanyol. Por sua atuação na temporada 1976-77, Juanito recebeu o Prêmio Don Balón de Melhor Futebolista Espanhol do Ano [2].

Juanito logo atraiu a atenção do Real Madrid, que assinou com o jogador em junho de 1977. Tornou-se um membro proeminente da equipe, que também contava com os talentosos Santillana, Uli Stielike, Vicente del Bosque e José Antonio Camacho. Após marcar dez gols em sua temporada de estréia, ele foi fundamental nas conquistas de cinco títulos de La Liga, duas Copas do Rei e duas Copas da UEFA [3] . Entre seus destaques pessoais estão os dois gols marcados na final da Copa do Rei de 1980, parte da goleada de 6 a 1 sobre o Castilla CF. Em 11 de maio de 1983, marcou o único gol do Real Madrid na final da Copa dos Campeões da UEFA, em que o time espanhol foi derrotado pelo Aberdeen por 2 a 1. Na temporada 1983-84 de La Liga, Juanito ganhou o Troféu Pichichi, como artilheiro da competição, com 17 gols [4]. Em suas dez temporadas atuando pelo Real Madrid, ele disputou 401 jogos e marcou 121 gols. Também disputou 55 jogos em várias competições europeias, com mais 17 gols.

Depois de deixar o Real Madrid, Juanito jogou por duas temporadas no CD Málaga, antes de se aposentar, em 1989 (depois de alguns jogos como amador em seu primeiro clube, o Fuengirola). Em seguida, ele iniciou um trabalho como técnico do CP Mérida, levando a equipe da Estremadura à Segunda Divisão Espanhola na temporada 1991-92 [1].

Seleção espanholaEditar

Juanito jogou 34 vezes pela Seleção Espanhola, marcando oito gols. Sua estreia foi em 10 de outubro de 1976, em Sevilha, contra a Seleção Iugoslava, pelas eliminatórias para a Copa do Mundo de 1978.

Ele representou a Espanha nas Olimpíadas de Montreal (1976), nas Copas do Mundo da Argentina (1978) e da Espanha (1982) e na Copa da UEFA (1980).

TemperamentoEditar

Durante sua carreira, Juanito foi protagonista de vários incidentes: em 1978, ele recebeu uma suspensão de dois anos após agredir o bandeirinha Adolf Prokop, em um jogo contra o Grasshopper Club Zürich [1]; em uma partida da Copa da UEFA contra o Neuchâtel Xamax, ele cuspiu no ex-companheiro Uli Stielike; em 1988, ele foi suspenso por cinco anos por pisar no rosto de Lothar Matthäus, numa partida contra o Bayern de Munich [1].

MorteEditar

Juanito morreu em 2 de abril de 1992, num acidente automobilístico, quando retornava a Mérida após assistir à partida entre Real Madrid e Torino pela Copa da UEFA.

Desde sua morte, Juanito é lembrado em todos os jogos que o Real Madrid disputa no Estádio Santiago Bernabéu: no 7º minuto de jogo, os Ultras Sur cantam "illa, illa, illa, Juanito maravilla" [5].

Gols internacionaisEditar

TítulosEditar

Campeonato
Clube Temporada
Copa da UEFA   Real Madrid 1984-1985
1985-1986
La Liga   Real Madrid 1977-1978
1978-1979
1979-1980
1985-1986
1986-1987
Copa do Rei   Real Madrid 1979-1980
1981-1982
Copa da Liga Espanhola   Real Madrid 1984-1985

Prêmios individuaisEditar

Prêmio
Distinção Temporada
Don Balón Futebolista Espanhol do Ano 1976-1977
Troféu Pichichi* Artilheiro da Temporada 1983-1984

* Ao lado de Jorge da Silva.

Referências

  1. a b c d Juan Gómez "Juanito"
  2. Spain - Footballer of the Year
  3. «Juanito, Genio y figura». Consultado em 16 de junho de 2011. Arquivado do original em 25 de dezembro de 2009 
  4. Prêmio dividido com o uruguaio Jorge da Silva, do Valladolid [1]
  5. El minuto 7 en el Bernabeu es de Juan Gómez "Juanito"

Ligações externasEditar