Abrir menu principal

Wikipédia β

Estadio Azteca
Estadio Azteca, 2015.jpg

Nomes
Nome Estadio Azteca
Apelido Coloso de Santa Ursula
Antigos nomes Guillermo Cañedo
Características
Local Cidade do México,  México
Gramado Grama natural (105 x 68 m)
Capacidade 131 260 (1966 - 1990)
114 465 (1990)
87 000 (atual)
Construção
Data 1962
Custo MXN 260 Milhões
Inauguração
Data 29 de maio de 1966 (52 anos)
Partida inaugural América 2–2 Torino
Primeiro gol Arlindo dos Santos Cruz (BRA), para o Club América
Outras informações
Proprietário Televisa
Administrador Televisa
Arquiteto Pedro Ramírez Vázquez
Rafael Mijares Alcerreca
Mandante Club América

O Estádio Azteca é um estádio de futebol localizado na Cidade do México, no México. É o maior estádio do país e é a casa da Seleção Mexicana de Futebol e de clubes como o Club América. Também já sediou partidas do Cruz Azul do Necaxa entre outros.

Estádio Azteca.

Inaugurado em 29 de Maio de 1966, sediou algumas partidas de futebol dos Jogos Olímpicos de Verão de 1968, mas foi na Copa do Mundo de 1970 que ganhou a devida importância.

Com capacidade para 87.000 torcedores sentados[1], também é conhecido como Coloso de Santa Úrsula, devido ao bairro onde é localizado o estádio.

É um dos únicos estádios a sediar duas finais de Copa do Mundo (1970 e 1986), além de outros nove jogos em 1970, igualando o Estádio Centenário de Montevidéu em número de jogos numa única Copa do Mundo, e outros oito jogos em 1986, num total de dezenove jogos, sendo o estádio que mais recebeu jogos na história das Copas. Vale ressaltar que este estádio viu dois dos maiores jogadores da história serem campeões mundiais: Pelé em 1970 e Maradona em1986.

Além disso, recebeu também os Jogos Pan-americanos de 1975, o Campeonato Mundial de Futebol Sub-20 de 1983 e a Copa das Confederações de 1999.

Em 1997 foi comprado pela emissora de TV Televisa, que renomeou o estádio como Estadio Guillermo Cañedo, em homenagem a um executivo da emissora, falecido na época. Após a recusa do novo nome pela população, o estádio voltou a se chamar Azteca, numa referência à civilização pré-colombiana dos Astecas.

O primeiro jogo da NFL fora dos Estados Unidos aconteceu em 2 de outubro de 2005, no Estádio Azteca na Cidade do México entre o Arizona Cardinals e o San Francisco 49ers, curiosamente esse jogo é o que detém o maior público da história da NFL (a maior liga de futebol americano do mundo) com 103.467 espectadores.

O comediante Chespirito, famoso por ter interpretado o Chaves e Chapolin, foi velado no estadio no dia 30 de novembro de 2014.[2]

O Estádio Azteca localiza-se na demarcação territorial de Coyoacán, nas imediações da Calzada de Tlalpan. O acesso ao estádio pode ser feito por meio: de linhas de ônibus que trafegam na Calzada de Tlalpan; da Estação Estadio Azteca, uma das estações do VLT da Cidade do México; de táxis; e de automóveis, que podem ficar em um estacionamento aberto situado ao lado do estádio.

Índice

EventosEditar

EsportivosEditar

Copa do Mundo FIFA de 1970Editar

 Ver artigo principal: Copa do Mundo FIFA de 1970

Na Copa do Mundo FIFA de 1970, o Estádio Azteca sediou no total dez partidas, incluindo a final entre as seleções do Brasil e da Itália.

Data 1ª equipe Placar 2ª equipe Fase Público
31 de maio México   0–0   União Soviética Grupo 1 107 160
3 de junho Bélgica   3–0   El Salvador Grupo 1 92 205
6 de junho União Soviética   4–1   Bélgica Grupo 1 95 261
7 de junho México   4–0   El Salvador Grupo 1 103 058
10 de junho União Soviética   2–0   El Salvador Grupo 1 89 979
11 de junho México   1–0   Bélgica Grupo 1 108 192
14 de junho Uruguai   1–0   União Soviética Quartas de final 26 085
17 de junho Itália   4–3   Alemanha Ocidental Semifinal 102 444
20 de junho Alemanha Ocidental   1–0   Uruguai Decisão do 3º lugar 104 403
21 de junho Brasil   4–1   Itália Final 107 412

Copa do Mundo FIFA de 1986Editar

 Ver artigo principal: Copa do Mundo FIFA de 1986

Na Copa do Mundo FIFA de 1986, o Estádio Azteca sediou no total nove partidas, incluindo a final entre as seleções da Alemanha Ocidental e da Argentina.

Data 1ª equipe Placar 2ª equipe Fase Público
31 de maio Bulgária   1–1   Itália Grupo A 96 000
3 de junho Bélgica   1–2   México Grupo B 110 000
7 de junho México   1–1   Paraguai Grupo B 114 600
11 de junho Iraque   0–1   México Grupo B 103 763
15 de junho México   2–0   Bulgária Oitavas de final 114 580
18 de junho Inglaterra   3–0   Paraguai Oitavas de final 98 728
22 de junho Argentina   2–1   Inglaterra Quartas de final 114 580
25 de junho Argentina   2–0   Bélgica Semifinal 114 500
29 de junho Argentina   3–2   Alemanha Ocidental Final 114 600

Referências

  1. «Mexico: Azteca to lose capacity again – StadiumDB.com». stadiumdb.com. Consultado em 13 de outubro de 2016. 
  2. «Corpo de Roberto Gómez Bolaños é enterrado na Cidade do México». Pop & Arte. 1 de dezembro de 2014 

Ligações externasEditar