Abrir menu principal
Leonor Seixas
Nascimento 30 de novembro de 1980 (38 anos)
Lisboa, Portugal
Nacionalidade portuguesa
Ocupação atriz
Progenitores Mãe: Carla Seixas
Pai: Fernando Serafim
Cônjuge Pedro Brandão (2015 - presente)
Outros prémios
Mostra de València (2004) Melhor Atriz
Nomeações
Prémios Sophia (2014): Melhor Atriz Principal
Prémios Áquila (2014): Melhor Actriz Principal
Prémios Sophia (2015): Melhor Atriz Principal
Globos de Ouro 2015): Melhor Atriz

Leonor Seixas (Lisboa, 30 de novembro de 1980) é uma premiada atriz portuguesa.

BiografiaEditar

Leonor Seixas nasceu a 30 de novembro de 1980 em Lisboa.[1][2][3] É filha da pianista Carla Seixas e do cantor lírico Fernando Serafim.[3]

Após frequentar a Escola de Dança do Conservatório Nacional Leonor Seixas estudou na Escola Profissional de Teatro de Cascais e frequentou o Lee Strasberg Theatre Institute em Nova Iorque por 3 anos.[2][4]

Na televisão ganha projecção após as telenovelas O Olhar da Serpente (2002) na SIC e Saber Amar (2002) da TVI.[3][5]

Pisa os palcos do teatro em produções como Marcas de Sangue (2005) de Judy Upton, encenada por Isabel Medina numa apresentação da "Escola de Mulheres - Oficina de Teatro" no Teatro da Comuna ou 1755 - O Grande Terramoto (2006), pelo "Teatro da Trindade - INATEL".[2][6]

No cinema, Leonor Seixas estreia-se nas longas-metragens no galardoado A Passagem da Noite (2003) de Luís Filipe Rocha, tendo recebido um prémio na Mostra de València por esta interpretação.[7][8] No seu percurso cinematrográfico destacam-se ainda Até Amanhã, Camaradas (2005) que lhe valeu uma nomeação para os Prémios Sophia e Sei Lá (2014) com o qual somou nomeações nos Prémios Áquila, Sophia e Globos de Ouro.

Tendo vivido anteriormente em Paris, no Rio de Janeiro e Nova Iorque, residiu a partir de 2010 Los Angeles.[4]

Durante as gravações de A Única Mulher (2015) enceta uma relação com assistente de realização Pedro Brandão com quem casaria em segredo no verão de 2015, celebrando publicamente uma segunda cerimónia em Las Vegas, em Março de 2016. O casal separou-se no verão de 2018.[9][10]

TeatroEditar

Ano Título Companhia/Grupo Ref.
2005 Marcas de Sangue Escola de Mulheres - Oficina de Teatro [2]
2006 1755 - O Grande Terramoto "Teatro da Trindade - INATEL" [2]
2007 Dentadas Escola de Mulheres - Oficina de Teatro [2]
2015 Boas Pessoas "Novo Grupo/ Teatro Aberto" [2]

CinemaEditar

TelevisãoEditar

Prémios e nomeaçõesEditar

Referências

  1. «Tema de capa : Leonor Seixas : 'Adoro Seduzir'». Correio da Manhã. 5 de Junho de 2003. Consultado em 11 de dezembro de 2018. Arquivado do original em 5 de junho de 2003 
  2. a b c d e f g «Ficha de Pessoa : Leonor Seixas». Centro de Estudos de Teatro & Tiago Certal. 18 de Abril de 2016. Consultado em 11 de dezembro de 2018 
  3. a b c d e f g «Leonor Seixas entra em cenas de sexo». Correio da Manhã. Indica "Iniciou a carreira em 2002 na novela ‘Saber Amar’" mas esta só estreou em 2003 e Leonor já tinha entrado em "Roseira Brava". 1 de novembro de 2006. Consultado em 11 de dezembro de 2018 
  4. a b c d e f g h «Leonor Seixas: "Sair é abrir o coração ao Mundo"». Correio da Manhã. 25 de novembro de 2012. Consultado em 11 de dezembro de 2018 
  5. a b «No écran até final do mês». Correio da Manhã. 1 de novembro de 2006. Consultado em 11 de dezembro de 2018 
  6. «Ficha de Espectáculo: Marcas de sangue». Centro de Estudos de Teatro & Tiago Certal. 5 de Março de 2015. Consultado em 11 de dezembro de 2018 
  7. a b c d e «Pessoa : Leonor Seixas». Não são referidos os realizadores. Detectado erro na base de dados que indica participação em "Veredas (1978)". CinePT - Cinema Português (Universidade da Beira Interior). Consultado em 11 de dezembro de 2018. Cópia arquivada em 11 de dezembro de 2018 
  8. a b Agencias (24 de julho de 2004). «Una película bosnia gana la Palmera de Oro de la Mostra de Valencia» (em espanhol). Cadena SER. Consultado em 11 de dezembro de 2018 
  9. a b «Casamento de Leonor Seixas chega ao fim». Flash. 22 de julho de 2018. Consultado em 11 de dezembro de 2018 
  10. Redação (6 de Março de 2016). «Leonor Seixas casou-se em Las Vegas». MoveNotícias. Consultado em 14 de Março de 2016 
  11. a b c d e f g «Leonor Seixas». Não são referidos os realizadores. SapoMag. Consultado em 11 de dezembro de 2018. Cópia arquivada em 11 de dezembro de 2018 
  12. Filipe Pedro (1 de fevereiro de 2008). «Filipe Carvalho e as 'Gotas de Alma'». Destak. Consultado em 11 de dezembro de 2018 
  13. «Amália, Atrás das Câmaras». RTP. Consultado em 11 de dezembro de 2018 
  14. «Cartelera de Cine: Putas Marcianas». La Vanguardia (em espanhol). Barcelona. Consultado em 11 de dezembro de 2018 
  15. LS/Agência Lusa (24 de abril de 2011). «Realizador português grava com actores americanos filme para distribuição internacional». SapoMag. Consultado em 11 de dezembro de 2018 
  16. «Cegonhas». Rádio Comercial. 2016. Consultado em 19 de outubro de 2017. Arquivado do original em 19 de outubro de 2017 
  17. «Leonor Seixas regressa a Portugal para despedir-se de Rodrigo-Menezes». TVMais. 7 de outubro de 2014. Consultado em 11 de dezembro de 2018 
  18. «Em busca da Liberdade». Correio da Manhã. 28 de janeiro de 2005. Consultado em 11 de dezembro de 2018 
  19. «Até Amanhã, Camaradas». Consultado em 11 de dezembro de 2018 
  20. «Pedro e Inês». RTP. Consultado em 11 de dezembro de 2018 
  21. «Ex-namorada provoca ciúmes». Correio da Manhã. 13 de dezembro de 2008. Consultado em 11 de dezembro de 2018 
  22. Sara Oliveira (28 de agosto de 2010). «Café com... : Leonor Seixas com pequeno papel em "Laços de sangue"». Jornal de Notícias. Consultado em 11 de dezembro de 2018 
  23. Ivo Geraldes (1 de maio de 2016). «SIC apresenta "Rainha das Flores" na Pérola do Atlântico». Diário de Notícias. Consultado em 11 de dezembro de 2018 
  24. «"Circo Paraíso": já conhece a nova série nacional da RTP1?». 6 de setembro de 2018. Consultado em 11 de dezembro de 2018 
  25. Sandra Rodrigues dos Santos (10 de setembro de 2014). «'Até amanhã' domina lista para Prémios Sophia». Correio da Manhã. Estrado como mini-série televisiva em 2005. Consultado em 11 de dezembro de 2018 
  26. Redacção (6 de novembro de 2014). «Cinema: Prémios Áquila». Umbigo. Consultado em 11 de dezembro de 2018 
  27. «Prémios Sophia 2015 – os melhores do cinema português». RTP. 4 de março de 2015. Consultado em 11 de dezembro de 2018. Arquivado do original em 3 de março de 2016 
  28. «Globos de Ouro 2015: Os Nomeados». Elle. 29 de abril de 2015. Consultado em 11 de dezembro de 2018 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre um ator é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.