Márcio Mossoró

futebolista brasileiro

José Márcio da Costa,[1] mais conhecido como Márcio Mossoró, ou simplesmente Mossoró, (Mossoró, 4 de julho de 1983), é um ex-futebolista brasileiro que atuava como meia.

Márcio Mossoró
Márcio Mossoró
Informações pessoais
Nome completo José Márcio da Costa
Data de nasc. 4 de julho de 1983 (40 anos)
Local de nasc. Mossoró, Rio Grande do Norte, Brasil
Nacionalidade brasileiro
Altura 1,70 m
destro
Apelido Mossoró, Marcinho, MM8
Informações profissionais
Período em atividade 2002–2023
Número 8
Posição ex-meia
Clubes de juventude
1999–2001
2001–2002
Ferroviário
Santa Catarina
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos (golos)
2002–2005
2005–2008
2007–2008
2008–2013
2013–2014
2014–2019
2019–2021
2021
2022
2022–2023
Paulista
Internacional
Marítimo (emp.)
Sporting Braga
Al-Ahli
İstanbul Başakşehir
Göztepe
Altay
América de Natal
Potiguar de Mossoró
0018 0000(3)
0058 0000(5)
0032 0000(7)
0182 000(16)
0024 0000(6)
0176 000(21)
0045 0000(3)
0016 0000(0)
0002 0000(0)
0019 0000(3)
Times/clubes que treinou
2023– Potiguar de Mossoró (interinamente)

Atualmente é CEO do Potiguar de Mossoró, além de comandar o Departamento de Futebol do clube.

Carreira Editar

Márcio Mossoró iniciou sua carreira profissional no Ferroviário, de Fortaleza, em 2001. Em 2002, transferiu-se para o Santa Catarina. No mesmo ano, passou a defender o Paulista, de Jundiaí. Mossoró destacou-se pelo clube do estado de São Paulo, onde participou do vice-campeonato do Paulistão de 2004 e da conquista da Copa do Brasil de 2005.

No segundo semestre de 2005, o jogador mudou de clube, passando a integrar o elenco do Internacional, de Porto Alegre. Pelo Colorado, Márcio Mossoró conquistou dois títulos, a Copa Libertadores da América de 2006 (o mais importante de sua carreira) e a Recopa Sul-Americana de 2007.

Em julho de 2007, o atleta foi emprestado pelo Internacional para o Marítimo, de Portugal. Após uma boa temporada (2007–08) no clube português, foi negociado em julho de 2008 — um ano depois — transferindo-se definitivamente para o Braga, também do futebol português, que adquiriu seu vínculo junto ao Internacional e firmou um contrato de quatro anos com o jogador.

Retorno ao Brasil Editar

Em 2022, após 14 temporadas no exterior, Márcio Mossoró acertou seu retorno ao Brasil para defender o América de Natal, time do estado em que nasceu, o Rio Grande do Norte. Mas sua passagem pelo alvirrubro foi bastante breve, alegando estar insatisfeito, rescindiu seu contrato com o clube com apenas dois jogos disputados.[2]

Em seguida, assinou com o Potiguar de Mossoró, e assim, realizando o sonho de jogar profissionalmente na cidade em que nasceu, Mossoró. Realizou sua estreia diante do Santa Cruz de Natal.[3]

Seu primeiro jogo vestindo a camisa do Potiguar de Mossoró foi diante do Força e Luz, no Estádio Nazarenão em Goianinha. Já atuando profissionalmente em Mossoró, seu primeiro gol foi diante do ABC numa vitória por 2 a 1.

Pela equipe de Mossoró, Márcio conquistou a terceira colocação do Campeonato Potiguar e classificando a equipe para a Série D de 2023 e para a disputa da pré-Copa do Nordeste.

Na temporada seguinte voltou a marcar na goleada por 5 a 1 contra o Alecrim pelo Campeonato Potiguar. No penúltimo jogo do Potiguar de Mossoró no Estadual contra o ABC, Márcio Mossoró deixou em aberto a possibilidade da partida contra o Santa Cruz ser o sua última partida como jogador profissional de futebol.

Diante do Santa Cruz o meio-campista realizou o sonho de atuar profissionalmente com o seu filho Nikolas, que integra as categorias de base do clube de Mossoró. Na ocasião, os dois atuaram juntos por 20 minutos na vitória de virada do Potiguar de Mossoró.[4]

Com o resultado, o Time Príncipe garantiu sua vaga na Pré-Copa do Nordeste.[5]

Aposentadoria Editar

Durante coletiva realizada no dia 17 de abril, Márcio Mossoró confirmou que irá se aposentar oficialmente dos gramados para se dedicar exclusivamente na parte de gerir o futebol do Potiguar de Mossoró. Márcio que já era CEO do clube, assumiu o comando do Departamento de Futebol do alvirrubro.[6]

Márcio comentou sobre a possibilidade junto a diretoria do clube para realizar um jogo de despedida na Série D.

Pós-carreira Editar

Márcio Mossoró se aposentou dos gramados e começou a se dedicar exclusivamente na gestão do futebol do Potiguar de Mossoró, ocupando o Departamento de Futebol do Clube. Márcio já ocupava a posição de CEO do clube.

Após a saída em comum acordo do técnico Júnior Câmara, a convite do presidente Djalma Júnior, Márcio Mossoró assumiu o comando técnico do Potiguar de Mossoró de forma interina enquanto o clube não acerta com um novo treinador.[7]

Títulos Editar

Paulista
Internacional
Sporting Braga

Referências

Ligações externas Editar

   Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.