Abrir menu principal

Mongke Khan

(Redirecionado de Möngke Khan)
Mongke Khan
Nascimento 17 de janeiro de 1209
Império Mongol
Morte 18 de agosto de 1259 (50 anos)
Sepultamento Burkhan Khaldun
Cidadania Império Mongol
Etnia Mongóis
Progenitores Mãe:Sorkaktani
Pai:Tolui
Cônjuge Yesuder Khatun, Chubei, Minli Khatun
Filho(s) Asutai, Shireki, Bayalun, Shirin, Bichihe
Irmão(s) Dumugan, Yesubuhua, Kublai Khan, Hulagu Khan, Arik Böke, Hududu, Bochuo, Moge, Suigedu, Xuebietai
Ocupação

Mongke Khan (蒙哥汗) (12081259) também escrito como Mongke, Mongka, Möngka, Mangu) foi o quarto Grande Khan do Império Mongol de 1251 a 1259. Era o filho de Tolui e Sorghaghtani Beki, irmão de Hulagu, e neto de Genghis Khan.[1]

Mongke participou da Invasão mongol da Europa entre 1236 a 1242, na campanha contra os povos das estepes quipchacas, o assalto contra os principados russos, a destruição de Quieve e a investida contra a Hungria. No verão de 1241, antes do fim prematuro da campanha, Möngke retornou para casa.[2]

Após a morte do terceiro grande Khan, Guyuk, Möngke achou a si mesmo o campeão das facções dos descendentes de Genghis Khan que pretendiam derrubar a casa de Ögodai. Batu, o membro mais velho da família, estava prestes a entrar em uma guerra aberta contra Guyuk em 1248. No entanto a morte prematura de Guyuk impediu isso. Batu então juntou forças com a viúva de Tolui para desalojar a regente, Oghul Ghaimish, viúva de Ogodai. Batu então chamou por um Kuriltai na Sibéria em 1250, o qual foi rejeitado por não ser na própria Mongólia. No entanto, Batu ignorou a oposição, e seu irmão Berke chamou por um Kuriltai na Mongólia, sendo Mongke eleito em 1251.

No plano externo seu governo ficou marcado pela volta das conquistas: a oeste seu irmão Hulagu conquistou a Pérsia entre 1256 e 1257, o Iraque em 1258 (onde Bagdá foi destruída) e a Síria em 1259. Já a leste seu outro irmão Kublai Khan continuou com a conquista do leste da China, e em 1257 chegou a fazer um ataque contra o Vietnã. Mongke ainda manteve boas relações com Batu Khan. Este último preparava um novo ataque contra a Europa em 1255 mas acabou morrendo antes que tais planos fossem colocados em prática. Seu irmão Berke manteve a política de amizade com o Grande Khan. Em seu reinado a frente européia ficou restrita à expedição liderada por Burundai e Nogai Khan contra Danilo da Galícia (o qual adotara uma política pró-Ocidente e se mostrava hostil à Horda de Ouro), seguido de um segundo ataque contra a Lituânia e a Polônia entre 1258 a 1259.

Mongke veio a falecer em 1259, em meio a uma campanha contra a China. Sua morte desencadeou uma disputa entre seus irmãos Arik Böke e Cublai Cã, vencida pelo último.[3]

Mongke Khan

Referências

  1. Atwood, Christopher Pratt (2004). Encyclopedia of Mongolia and the Mongol Empire (em inglês). [S.l.]: Facts On File. ISBN 9780816046713 
  2. Leo de Hartog Genghis Khan, p.168. [S.l.: s.n.] 
  3. John Joseph Saunders The history of the Mongol conquests, p.120. [S.l.: s.n.] 
  Este artigo sobre História ou um(a) historiador(a) é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Precedido por
Guyuk Khan
khan do Império Mongol
1251 — 1259
Sucedido por
Kublai Khan
Khagan do Império Mongol
Gengis Khan (1206-1227) | Tului Khan (regente) (1227-1229) | Ögödei Khan (1229-1241) | Töregene Khatun (regente) (1241-1246) | Güyük Khan (1246-1248) | Möngke Khan (1251-1259) | Kublai Khan (1260-1294)