Abrir menu principal

Matthias Schoenaerts

Matthias Schoenaerts
Matthias Schoenaerts no Festival de Cannes 2015
Nome completo Matthias Schoenaerts
Nascimento 08 de dezembro de 1977 (42 anos)
Antuérpia, Flandres,  Bélgica
Nacionalidade Belga
Educação Royal Academy of Dramatic Arts, Antuérpia,  Bélgica
Ocupação Ator
Atividade 1992-presente
César
2013: Ator Revelação por Ferrugem e Osso
Outros prêmios
Étoiles d'Or

2013: Ator Revelação por Ferrugem e Osso

Matthias Schoenaerts (Antuérpia, 8 de dezembro de 1977) é um ator belga de origem flamenga, conhecido pelos filmes Bullhead (2011), Ferrugem e Osso (2012), The Drop (2014), Suite Francesa (2015), Longe Deste Insensato Mundo (2015), A Garota Dinamarquesa (2015), Disorder (2015) e Red Sparrow (2018). Ganhou o prêmio César de Ator Revelação por Ferrugem e Osso em 2013. Schoenaerts atua em filmes em diversos países e em várias línguas, incluindo neerlandês, francês, inglês e alemão.

BiografiaEditar

Matthias foi criado alternadamente pela avó materna em Bruxelas e por sua mãe na Antuérpia. Sua mãe, Dominique Wiche, nunca se casou com seu pai, o ator belga Julien Schoenaerts, que morreu em 2006. Matthias só conheceu o pai aos 7 anos de idade.[1] O ator fala pouco sobre seu histórico familiar. “É complicado”, é tudo o que ele diz. “Mas quando eu estava jogando futebol, tudo ficava bem.”

Segundo Matthias, o futebol foi sua salvação quando ele estava crescendo. Ele queria ser jogador de futebol, mas desistiu aos 16 anos. Em entrevista ao site Under the Radar em 2013, o ator disse que torce para o time espanhol Barcelona.[2]

Depois do futebol, veio outra paixão: a arte de rua. É possível ver no Youtube alguns vídeos de Schoenaerts na adolescência, fazendo grafite em muros da Antuérpia. Seu amor pelo grafite o levou brevemente para Nova York, onde ele colaborou com o grupo TATS CRU do Bronx, um dos mais renomados grupos de grafite do mundo.

Subiu ao palco pela primeira vez ao lado do pai, aos 8 anos de idade, quanto atuou na peça O Pequeno Príncipe no papel-título. Mas a carreira de seu pai ainda não lhe causava interesse. Aos 19 anos, Matthias entrou para a escola de cinema, mas foi expulso um ano depois. “Eu era preguiçoso naquela época”, ele disse.[3] Aos 21 anos, ele decidiu que queria ser ator e entrou no Conservatório Real da Antuérpia, onde se formou em 2003.

Além do Holandês (ou mais precisamente o dialeto Flamengo falado na Bélgica), sua Língua materna, Matthias é fluente em Francês, que aprendeu a falar com a avó, que era de Liége (a parte Valônia da Bélgica) e também é fluente em Inglês, que aprendeu a falar assistindo muitos filmes americanos legendados, pois na Bélgica não é feita a dublagem de filmes estrangeiros, o que facilita o aprendizado de vários idiomas.[4]

CarreiraEditar

Matthias fez sua estreia no cinema aos 13 anos, num pequeno papel como Wannes Scholliers no filme Daens - Um Grito de Justiça de Stijn Coninx, que foi indicado ao Oscar de melhor filme estrangeiro em 1993. Seu pai, Julien Schoenaerts, também atuou no filme interpretando o Bispo de Ghent, Antoine Stillemans.

Em 2001 ele apareceu num episódio da série de televisão Patrouille 101 (Flikken), e na série Stille Waters em 2002. Nesse mesmo ano, Dorothée Van Den Berghe o escolheu para interpretar Oskar, um filho rebelde em conflito com seu pai, em seu primeiro longa-metragem, Meisje.

Em 2003, participou do filme Any Way the Wind Blows, do diretor Tom Barman. Depois deste filme, até 2005 ele foi visto quase consecutivamente em oito curtas-metragens e no longa Ellektra de Rudolf Mestdagh, lançado em 2004, onde o pai de Matthias teve um pequeno papel e atuou pela última vez, pouco antes de sua morte em 7 de setembro de 2006.

Em 2006, ele interpretou Dennis, um deficiente mental de 26 anos que é solto da prisão após cumprir uma pena por estupro em O Amor é Para Todos (2006), de Hilde Van Mieghem. No mesmo ano, o diretor holandês Paul Verhoeven lhe deu o papel de Joop em A Espiã, um drama situado na Holanda sob ocupação nazista onde Schoenaerts interpreta um membro da Resistência Holandesa. Ele ainda atuou em Nadine (2007), de Erik Bruyn, e em De Muze (2007), de Ben van Lieshout.

Em 2008, Schoenaerts atuou na minissérie The Emperor of Taste (De Smaak van De Keyser), no filme Loft de Erik Van Looy, onde interpreta Filip Willems, (Loft é o filme de maior bilheteria na história da Bélgica); e protagonizou o suspense Left Bank (Linkeroever), de Pieter Van Hees. Em 2009, atuou em My Queen Karo, o segundo filme de Dorothée Van Den Berghe, no qual contracenou com Déborah François.

Em 2010, depois de seu papel como Samuel Verbist no filme Pulsar de Alex Stockman, ele foi contratado pela primeira vez por um diretor francês, Franck Richard, para o seu filme de terror La Meute, onde Matthias teve uma pequena participação no papel de um gótico.

Em 2011, participou dos filmes holandeses A Gangue de Oss (De Bende van Oss) de André van Duren, onde interpreta Ties van Heesch, O Presidente (De President) de Erik de Bruyn, onde interpreta Boyko, e o mais notável: o belga Bullhead (Rundskop) de Michaël R. Roskam, interpretando Jacky Vanmarsenille, um fazendeiro Flamengo que se dopa com hormônios para lidar com traumas de infância. O ator teve de cultivar 30 kg de músculos para encarnar o personagem. Matthias ganhou o prêmio de melhor ator no Festival de Palm Springs, no Moscow International Film Festival e no Magritte Award por sua atuação em Bullhead.[5][6] O filme foi indicado ao Oscar 2012 na categoria de melhor filme estrangeiro.[7]

 
Matthias Schoenaerts com o diretor Jacques Audiard e a atriz Marion Cotillard no Festival de Cannes 2012.

À procura de um ator para interpretar Ali, um dos personagens principais ao lado de Stéphanie, interpretada por Marion Cotillard em Ferrugem e Osso (De rouille et d'Os), e após testar mais de 200 atores sem sucesso, o diretor francês Jacques Audiard escolheu Matthias após vê-lo no filme Bullhead, ele participou de um teste e acabou ganhando o papel.[8] O filme estreou no Festival de Cannes 2012 e foi um sucesso de crítica e de bilheteria, sendo inclusive indicado a prêmios internacionais como Globo de Ouro, BAFTA e César. Por sua atuação em Ferrugem e Osso, Matthias ganhou o César de Ator Revelação em 22 de Fevereiro de 2013.[9][10][11][12][13]

Em 2012, Matthias foi convidado pelo ator e diretor francês Guillaume Canet para atuar em seu filme de estreia como diretor em Hollywood, Blood Ties, voltando a trabalhar com sua colega de elenco de Ferrugem e Osso, Marion Cotillard, que o indicou para o filme.[14]

Também protagonizou o curta-metragem belga Death of a Shadow (Dood van een Schaduw), do diretor Tom Van Avermaet. Em 10 de Janeiro de 2013, o curta foi indicado ao Oscar de melhor curta-metragem em Live Action.[15][16]

Em Janeiro de 2014, Schoenaerts foi anunciado como garoto-propaganda da campanha masculina da Louis Vuitton Primavera/Verão 2014.[17]

Em 2014, Schoenaerts voltou a trabalhar com o diretor de Bullhead, Michaël R. Roskam, no longa The Drop, onde atuou ao lado de Tom Hardy, Noomi Rapace e James Gandolfini.[18]

 
Matthias Schoenaerts com o ator Armand Verdure, na premiere de Ferrugem e Osso no Festival de Cannes 2012.

Em 2015, Schoenaerts apareceu em 7 filmes: The Loft, remake americano do filme belga Loft de 2008, também dirigido por Erik Van Looy, onde Matthias reprisa o papel que interpretou na versão original, Philip[19][20][21] Em Suite Française de Saul Dibb, onde interpreta o soldado alemão Bruno von Falk, contracendo com Michelle Williams e Kristin Scott Thomas.[22] Estrelou ao lado de Kate Winslet o longa A Little Chaos, dirigido por Alan Rickman.[23] Em Far from the Madding Crowd de Thomas Vinterberg, onde interpreta o pastor de ovelhas Gabriel Oak; além de A Garota Dinamarquesa de Tom Hooper, onde interpreta o negociante de arte Hans Axgil.

Ele ainda protagonizou os filmes A Bigger Splash de Luca Guadagnino, e Disorder (Maryland) de Alice Winocour, que marcou seu retorno ao cinema francês três anos após Ferrugem e Osso.[24]

Em 2017, Schoenaerts estará nos filmes Racer and the Jailbird de Michaël R. Roskam, Our Souls at Night de Ritesh Batra, onde contracena com Jane Fonda e Robert Redford, e Radegund de Terrence Malick.

Ele também está no elenco de Red Sparrow do diretor Francis Lawrence, e protagoniza o drama baseado em fatos reais Kursk, dirigido por Thomas Vinterberg, sobre o naufrágio do Submarino Russo Kursk em 2000, ambos estão previstos para serem lançados em 2018.

FilmografiaEditar

Ano Título Personagem
1992 Daens Wannes Scholliers
2001 Patrouille 101 (Flikken) (série TV) Jens Goossens
Stille waters (série TV)
2002 Meisje, de Dorothée Van Den Berghe Oskar
2003 Any Way the Wind Blows Chouki
2004 Ellektra DJ Cosmonaut
2006 Dennis van Rita Dennis
A Espiã Joop
2007 Nadine Cornee
2007 De Muze Ben van Lieshout
2008 Loft Filip Willems
Left Bank (Linkeroever) Bob
L'Empereur du goût (De smaak van De Keyser) (série TV) Alfred Lenaerts
2009 Los zand (série TV) Vincent Vandeweghe
My Queen Karo Raven
2010 Pulsar Samuel Verbist
La Meute Le gothique en toc
Duts (série TV)
2011 De Bende van Oss Ties van Heesch
De President Boyko
Bullhead Jacky Vanmarsenille
2012 Ferrugem e Osso Ali
Death of a Shadow (Dood van een Schaduw) Nathan Rijckx
2013 Blood Ties Anthony Scarfo
2014 The Drop Eric
2015 The Loft Philip Trauner
Suite Française Bruno von Falk
Longe Deste Insensato Mundo Gabriel Oak
A Little Chaos André
Maryland Vincent
A Bigger Splash Paul
2016 A Garota Dinamarquesa Hans Axgil
2017 Radegund Herder
Racer and the Jailbird Gigi Vanoirbeek
Our Souls at Night Gene
2018 Red Sparrow Ivan Dimitrevich (Vanya) Egorov
Kursk Mikhail Kalekov

Prêmios e IndicaçõesEditar

Berlin International Film Festival

  • 2003: Ganhou o Prêmio EFP Shooting Star

César

Lumières Awards

Étoiles d'Or

Globes de Cristal

Chlotrudis Awards

Palm Springs International Film Festival

  • 2012: Ganhou o Prêmio de Melhor Ator por Bullhead

Magritte Award

Vallaloid International Film Festival

Festival de Cinema Europeu de Arcs

  • 2011: Ganhou o Prêmio de Melhor Ator por Bullhead

Moscow International Film Festival

  • 2011: Ganhou o Prêmio de Melhor Ator por Bullhead

Austin Fantastic Fest

  • 2011: Ganhou o Prêmio de Melhor Ator por Bullhead

Referências

  1. Le Figaro: Matthias Schoenaerts - Des rôles de brutes, un cœur de lion
  2. Under the Radar: Matthias Schoenaerts - Looking for His Next Crush
  3. Standard: Matthias Schoenaerts - Who says belgians are boring?
  4. Matthias Schoenaerts, acteur hormonal
  5. Pond, Steve (15 de Janeiro de 2012). «'Starbuck' Wins Top Palm Springs Fest Award». Reuters. Consultado em 27 de Janeiro de 2012 
  6. «Matthias Schoenaerts Wins Best Actor Palm Springs International Film Festival». Positive Impact Magazine. 19 de Janeiro de 2012. Consultado em 27 de Janeiro de 2012. Arquivado do original em 18 de setembro de 2012 
  7. Matthias Schoenaerts: Ik ben er 99 procent zeker van dat 'A Separation' wint
  8. «Marion Cotillard Takes Rust and Bone». ComingSoon.net. 7 de Setembro de 2011. Consultado em 27 de Janeiro de 2012 
  9. Indicados ao César 2013
  10. César 2013 - Meilleur Espoir Masculin: Matthias Schoenaerts
  11. Matthias Schoenaerts poses backstage with his Cesar award for best young actor during the Cesar Film Awards 2013 at Theatre du Chatelet
  12. Marion Cotillard and Matthias Schoenaerts pose after they arrived to attend the Cesar Film Awards 2013 at Theatre du Chatelet
  13. Matthias Schoenaerts, holding his Cesar award for best young actor, director Jacques Audiard and screenwriter Thomas Bidegain, holding his Cesar award for best script, pose backstage during the Cesar Film Awards 2013 at Theatre du Chatelet on February 22, 2013 in Paris, France.
  14. Dang, Simon (16 de Abril de 2012). «Lili Taylor & 'The Wire' Star Domenick Lombardozzi Join 'Blood Ties'; 'Bullhead' & 'Rust & Bone' Star Matthias Schoenaerts Confirmed». IndieWire. Consultado em 25 de Maio de 2012 
  15. Death of a Shadow nominated for Best Live Action Short Oscar
  16. Interview - César Winner Matthias Schoenaerts talks about Oscar nominated short Death of a Shadow
  17. «Louis Vuitton Taps Matthias Schoenaerts for Ads». wwd.com. 8 de janeiro de 2014. Consultado em 26 de novembro de 2014 
  18. Matthias Schoenaerts junta-se a Tom Hardy e Noomi Rapace em «Animal Rescue»
  19. «'Loft' breekt record van 'Koko Flanel'». De Standaard (em Dutch). 19 de Fevereiro de 2009. Consultado em 24 de Maio de 2012 
  20. Van Baelen, Carl (17 de Maio de 2011). «Matthias Schoenaerts completes cast of 'Loft'». TheCelebrityCafe.com. Consultado em 24 de Maio de 2012. Arquivado do original em 3 de agosto de 2012 
  21. «Début de tournage pour le remake US de Loft». Consultado em 24 de setembro de 2012. Arquivado do original em 25 de junho de 2011 
  22. Michelle Williams vai contracenar com ator belga de "Ferrugem e Osso"
  23. Kate Winslet e Matthias Schoenaerts juntam-se ao elenco do novo filme de Alan Rickman, «A Little Chaos»
  24. Indie Sales Nabs Int’l Rights to Thriller ‘Close Protection’ (EXCLUSIVE)

Ligações externasEditar