Nicolas Batum

jogador de basquete francês

Nicolas Batum (Lisieux, 14 de dezembro de 1988) é um basquetebolista profissional francês que atualmente joga no Los Angeles Clippers na National Basketball Association.[1]

Nicolas Batum
Nicolas Batum 2019.jpg
Informações pessoais
Data de nasc. 14 de dezembro de 1988 (32 anos)
Local de nasc. Blason Lisieux.svg Lisieux,  Baixa Normandia  França
Altura 6 ft 9 in (2.06 m)
Peso 230 lb (104 kg)
Apelido "Nic"
Informações no clube
Clube atual Estados Unidos Los Angeles Clippers
Número 5
Posição Ala / Ala-armador
Clubes profissionais
Ano Clubes Partidas (pontos)
2006-2008
2008-2015
2011
2015-Presente
França Le Mans
Estados Unidos Portland Trail Blazers
França SLUC Nancy
Estados Unidos Charlotte Hornets

Estados Unidos Los Angeles Clippers||90 (1.911)
481 (5.390)
8 (137)
308 (3.728)

Medalhas
Competidor da  França
Jogos Olímpicos
Prata Tóquio 2020 Equipe
Campeonatos Mundiais
Bronze Espanha 2014 Flag of France.svg França
Bronze China 2019 Flag of France.svg França
União Europeia EuroBasket
Prata Lituânia 2011 Flag of France.svg França
Ouro Eslovênia 2013 Flag of France.svg França
Bronze Lille 2015 Flag of France.svg França
Campeonato Mundial Sub-19
Bronze Sérvia 2007 Flag of France.svg França

Ele começou a carreira no Le Mans Sarthe da Liga Francesa e foi selecionado pelo Houston Rockets no Draft da NBA de 2008. Ele foi trocado com o Portland Trail Blazers, onde passou 7 temporadas antes de ir para os Hornets.

Carreira europeiaEditar

Primeiros anosEditar

Quando jovem, Nicolas Batum foi considerado um dos jovens jogadores mais talentosos da Europa, já que ocupava a 17ª posição entre os jogadores internacionais nascidos em 1988, pelo site de olheiros DraftExpress.com, na época em que entrou no Draft da NBA de 2008.[2]

Batum fez parte da seleção da França que venceu o Eurobasket de Sub-16 em 2004.[3] Ele foi nomeado o MVP do Eurobasket de Sub-18 em ​​2006, com a França conquistando a medalha de ouro naquele torneio.

Em 2006, Batum foi eleito o MVP do Torneio Sub-18 Albert Schweitzer em Mannheim, Alemanha, como parte da seleção francesa vencedora do torneio. Batum teve médias de 19 pontos, 5 rebotes e 2 roubos de bola durante o torneio de sete jogos.

Liga francesaEditar

Enquanto jogava pelo Le Mans, Batum teve médias de 3,4 pontos (65,9% FG), 2,5 rebotes, 0,5 assistências em 13 minutos da temporada de 2006-2007[4] e 12,3 pontos (52,3% FG), 5,0 rebotes e 3,6 assistências em 28 minutos da temporada de 2007–2008.

Ele teve um desempenho impressionante no Nike Hoop Summit de 2007 marcando 23 pontos em 28 minutos. Ele também pegou quatro rebotes e registrou quatro roubos de bola.

Em agosto de 2011, durante a greve da NBA de 2011, ele assinou um contrato de um ano com o SLUC Nancy da Liga Francesa de Basquete, válido até o fim da greve da NBA.

Carreira na NBAEditar

Portland Trail Blazers (2008–2015)Editar

 
Batum com o Portland Trail Blazers em 2011.

Após ser selecionado com a 25ª escolha no Draft de 2008 pelo Houston Rockets,[5] Batum foi negociado com o Portland Trail Blazers pelos direitos de Darrell Arthur e Joey Dorsey.

Depois de ser reserva nos três primeiros jogos de sua carreira na NBA, Batum passou para a escalação titular no lugar de Travis Outlaw no quarto jogo de Portland na temporada de 2008-09, uma derrota por 103-96 para o Utah Jazz.

Batum perdeu os primeiros 45 jogos da temporada de 2009-2010 devido a um rompimento da cartilagem em seu ombro direito. Ele jogou sua primeira partida da temporada em 25 de janeiro de 2010.[6]

Batum marcou mais de 30 pontos pela primeira vez com um desempenho de 31 pontos (incluindo 7 rebotes, 7 assistências e 3 roubos de bola) em 27 de fevereiro de 2010 contra o Minnesota Timberwolves.[7]

Em 25 de junho de 2012, o Portland Trail Blazers fez uma oferta de qualificação para Batum, tornando-o um agente livre restrito.[8] Menos de três semanas depois, ele aceitou uma oferta de 4 anos e $ 46 milhões com o Minnesota Timberwolves.[9] Em 18 de julho de 2012, os Trail Blazers escolheram igualar a oferta dos Timberwolves, contratando Batum para a equipe durante a temporada de 2015–16.

Em 16 de novembro de 2012, Batum empatou com o recorde de pontos de sua carreira com 35 pontos na vitória por 119–117 contra o Houston Rockets.[10] Isso foi seguido exatamente um mês depois por um jogo em que Batum registrou o 15º "cinco por cinco" na NBA desde a temporada de 1985-86, e o primeiro desde Andrei Kirilenko em janeiro de 2006. Neste esforço, Batum marcou 11 pontos enquanto acumulava 10 assistências, 5 rebotes, 5 bloqueios e 5 roubos de bola em uma vitória de 95-94 contra o New Orleans Hornets.[11]

Em 21 de janeiro de 2013, Batum registrou seu primeiro triplo-duplo em uma derrota por 98-95 para o Washington Wizards, registrando 12 pontos, 10 rebotes e 11 assistências, além de 3 roubos de bola e 2 bloqueios.[12]

Batum terminou com recordes em quase todas as estatísticas na temporada de 2012-13. Sua maior melhora foi seu passe; ele teve média de 4,9 assistências, mais do que o triplo de seu recorde anterior na carreira (1,5 assistências por jogo durante a temporada de 2010-11).[13]

Charlotte Hornets (2015–Presente)Editar

Em 24 de junho de 2015, Batum foi negociado com o Charlotte Hornets em troca de Gerald Henderson Jr e Noah Vonleh.[14]

Ele fez sua estreia pelos Hornets na abertura da temporada da equipe contra o Miami Heat em 28 de outubro, registrando 9 pontos e 6 rebotes em uma derrota por 104-94.[15] Em 15 de novembro, ele marcou 33 pontos, o recorde da temporada, na vitória por 106-94 sobre o Portland Trail Blazers.[16] No dia seguinte, ele foi nomeado Jogador da Semana da Conferência Leste pelos jogos disputados de segunda, 9 de novembro a domingo, 15 de novembro.[17] Foi o primeiro prêmio de Jogador da Semana da carreira de Batum, que levou o Hornets a um recorde de 3–1 na semana.

Em 9 de dezembro, ele registrou seu quinto triplo-duplo da carreira com 10 pontos, 11 rebotes e 11 assistências em uma vitória por 99-81 sobre o Miami Heat.[18] No início de janeiro, ele perdeu quatro jogos devido a uma lesão no dedo do pé direito.[19] Mais tarde naquele mês, ele perdeu mais três jogos com a mesma lesão.[20] Em 29 de março, ele registrou seu segundo triplo-duplo da temporada com 19 pontos, 12 rebotes e 12 assistências na vitória por 100-85 sobre o Philadelphia 76ers. Em 20 de abril, a primeira temporada de Batum com os Hornets chegou ao fim depois que ele sofreu outra lesão, desta vez uma torção no tornozelo esquerdo no Jogo 2 da série de playoffs dos Hornets na primeira rodada com o Miami Heat.[21]

Em 7 de julho de 2016, Batum assinou novamente com os Hornets em um contrato de $ 120 milhões por cinco anos.[22][23] Em 23 de dezembro de 2016, ele registrou seu primeiro triplo-duplo da temporada com 20 pontos, 11 rebotes e 10 assistências na vitória por 103–91 sobre o Chicago Bulls.[24]

Em 5 de outubro de 2017, Batum foi afastado por seis a oito semanas com uma ruptura do ligamento do cotovelo esquerdo.[25] Batum fez sua estreia na temporada em 15 de novembro de 2017, marcando 16 pontos em 32 minutos como titular na derrota por 115-107 para o Cleveland Cavaliers.[26] Uma semana depois, Batum deixou o jogo dos Hornets contra o Washington Wizards no segundo quarto com uma contusão no cotovelo esquerdo e não voltou.[27] Em 31 de janeiro de 2018, ele teve 10 pontos, 11 rebotes e 10 assistências na vitória por 123-110 sobre o Atlanta Hawks.[28] Em 10 de março de 2018, ele registrou 29 pontos, 12 rebotes e sete assistências na vitória de 122-115 sobre o Phoenix Suns.[29] Cinco dias depois, ele registrou o recorde de sua carreira, 16 assistências, com 10 pontos e 10 rebotes na vitória por 129–117 sobre os Hawks.[30] Em 24 de outubro de 2019, Batum foi afastado dos gramados por duas a três semanas devido a uma fratura no terceiro dedo de sua mão esquerda.[31]

Perfil do jogadorEditar

O longo e ágil Batum é considerado um jogador defensivo altamente qualificado e um dos melhores executores de bloqueio da NBA. Criado em Pont-l'Évêque, na Normandia, o esguio Batum estivera entre os meninos mais altos de sua faixa etária e começou sua carreira no basquete como pivô. A inspiração veio do especialista em bloqueio da NBA, Dikembe Mutombo, conhecido por abanar o dedo teatralmente após bloqueio.

O bloqueio, portanto, tornou-se uma parte fundamental do jogo de Batum e foi uma habilidade superior trazida com ele para a NBA. Até março de 2013, apenas dois jogadores na temporada de 2012–13 que não jogaram como pivô ou como Ala-pivô tiveram mais bloqueios do que Batum - Josh Smith e Kevin Durant.

Carreira na seleção nacionalEditar

Jogos Olímpicos de Verão de 2012Editar

Batum jogou pela Seleção Francesa nos Jogos Olímpicos de 2012. No final de uma derrota nas quartas de final por 66-59 para a Espanha, um frustrado Batum socou o jogador espanhol Juan Carlos Navarro na virilha. Batum mais tarde se desculpou no Twitter, escrevendo: "Eu mostrei uma imagem ruim da França e de mim mesmo. Parabéns ao time da Espanha."[32]

Copa do Mundo da FIBA de 2014Editar

Batum foi membro da Seleção Francesa que terminou em terceiro lugar na Copa do Mundo de Basquetebol Masculino de 2014, tornando-se a primeira equipe francesa a ganhar uma medalha em uma competição da Copa do Mundo. Nos dois jogos finais, ele obteve uma média de 31,0 pontos e foi posteriormente nomeado para a equipe do torneio.[33]

Estatísticas na NBAEditar

LEGENDA
 PJ  Partidas jogadas  PI  Partidas iniciadas  MPJ  Minutos por jogo  AP  Arremessos de quadra (%)
 3P  Arremessos de 3 pontos (%)  LL  Lances-livre (%)  RT  Rebotes por jogo  AS  Assistências por jogo
 BR  Roubos de bola por jogo  TO  Tocos por jogo  PPJ  Pontos por jogo  Negrito  Melhor da carreira

NBAEditar

Temporada regularEditar

Ano Equipe PJ PT MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
2008–09 Portland 79 76 18.4 .446 .369 .808 2.8 .9 .6 .5 5.4
2009–10 Portland 37 25 24.8 .519 .409 .843 3.8 1.2 .6 .7 10.1
2010–11 Portland 80 67 31.5 .455 .345 .841 4.5 1.5 .9 .6 12.4
2011–12 Portland 59 34 30.4 .451 .391 .836 4.6 1.4 1.0 1.0 13.9
2012–13 Portland 73 73 38.5 .423 .372 .848 5.6 4.9 1.2 1.1 14.3
2013–14 Portland 82 82 36.0 .465 .361 .803 7.5 5.1 .9 .7 13.0
2014–15 Portland 71 71 33.5 .400 .324 .857 5.9 4.8 1.1 .6 9.4
2015–16 Charlotte 70 70 35.0 .426 .348 .849 6.1 5.8 .9 .6 14.9
2016–17 Charlotte 77 77 34.0 .403 .333 .856 6.2 5.9 1.1 .4 15.1
2017–18 Charlotte 64 64 31.0 .415 .336 .831 4.8 5.5 1.0 .4 11.6
2018–19 Charlotte 75 72 31.4 .450 .389 .865 5.2 3.3 .9 .6 9.3
2019–20 Charlotte 22 3 23.0 .346 .286 .900 4.5 3.0 .8 .4 3.6
Carreira 789 714 31.3 .434 .357 .841 5.2 3.8 .9 .6 11.6

PlayoffsEditar

Ano Equipe PJ PT MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
2009 Portland 6 5 10.5 .556 .500 .000 .5 .2 .2 .3 2.0
2010 Portland 6 6 23.2 .459 .429 .750 3.2 .8 .3 .0 8.2
2011 Portland 6 0 25.2 .413 .269 .750 1.7 1.3 .8 .8 8.0
2014 Portland 11 11 41.7 .472 .350 .800 7.6 4.8 1.4 .5 15.2
2015 Portland 5 5 41.8 .343 .333 .769 8.6 5.2 .2 .2 14.2
2016 Charlotte 5 2 28.8 .378 .273 .850 3.6 2.0 .4 .0 11.4
Carreira 39 29 29.9 .427 .337 .800 4.5 2.6 .6 .3 10.4

EuroLeagueEditar

Ano Equipe PJ PT MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
2006–07 Le Mans 12 2 13.5 .500 .273 .769 1.7 .7 .8 .4 4.3
2007–08 Le Mans 13 13 26.6 .453 .290 .667 3.5 2.7 1.5 .5 8.5
2011–12 Nancy 6 6 37.6 .415 .333 .818 6.7 5.2 1.7 .7 15.8
Carreira 31 21 23.6 .449 .298 .765 3.4 2.4 1.2 .5 8.3

Vida pessoalEditar

Seu pai, Richard, de origem camaronesa, foi jogador profissional de basquete na França.[34][35] Richard morreu durante um jogo em 1991 após sofrer um aneurisma.[36] Batum tem uma irmã mais nova chamada Pauline.[37]

Em março de 2017, Batum tornou-se acionista da Infinity Nine Sports, empresa de propriedade de Tony Parker, que dirige o clube de basquete francês ASVEL Basket, e assumiu o cargo de diretor de operações de basquete da ASVEL.

Referências

  1. «Official NBA bio of Nicolas Batum». NBA.com (em inglês). Consultado em 25 de setembro de 2020 
  2. «DraftExpress - Nicolas Batum DraftExpress Profile: Stats, Comparisons, and Outlook». DraftExpress (em inglês). Consultado em 25 de setembro de 2020 
  3. «L'Équipe - L'actualité du sport en continu.». L'Équipe (em francês). Consultado em 25 de setembro de 2020 
  4. «L'Équipe - L'actualité du sport en continu.». L'Équipe (em francês). Consultado em 25 de setembro de 2020 
  5. «2008 NBA Draft». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 25 de setembro de 2020 
  6. «Nicolas Batum's Shoulder Surgery». ESPN.com (em inglês). 26 de outubro de 2009. Consultado em 25 de setembro de 2020 
  7. «Trail Blazers vs. Timberwolves - Box Score - February 27, 2010 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 25 de setembro de 2020 
  8. «Trail Blazers Extend Qualifying Offer To Nicolas Batum». web.archive.org. 29 de junho de 2012. Consultado em 25 de setembro de 2020 
  9. «Wolves Sign Free Agent Nicolas Batum To Offer Sheet». Minnesota Timberwolves (em inglês). Consultado em 25 de setembro de 2020 
  10. «Washington Wizards at Portland Trail Blazers Box Score, February 14, 2012». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 25 de setembro de 2020 
  11. «Hornets at Trail Blazers - December 16, 2012 - Game Preview, Play by Play, Scores and Recap on NBA.com». web.archive.org. 22 de novembro de 2015. Consultado em 25 de setembro de 2020 
  12. «Washington Wizards at Portland Trail Blazers Box Score, January 21, 2013». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 25 de setembro de 2020 
  13. «Nicolas Batum 2012-13 Game Log». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 25 de setembro de 2020 
  14. «Hornets Acquire Nicolas Batum from Portland for Gerald Henderson and Noah Vonleh». Charlotte Hornets (em inglês). Consultado em 25 de setembro de 2020 
  15. «Charlotte Hornets vs Miami Heat - October 28, 2015 - Game Preview, Play by Play, Scores and Recap on NBA.com». web.archive.org. 27 de outubro de 2015. Consultado em 25 de setembro de 2020 
  16. «Portland Trail Blazers vs Charlotte Hornets - November 15, 2015 - Game Preview, Play by Play, Scores and Recap on NBA.com». web.archive.org. 19 de janeiro de 2017. Consultado em 25 de setembro de 2020 
  17. «Hornets Guard Nicolas Batum Named Eastern Conference Player of the Week». Charlotte Hornets (em inglês). Consultado em 25 de setembro de 2020 
  18. «Miami Heat vs Charlotte Hornets - December 9, 2015 - Game Preview, Play by Play, Scores and Recap on NBA.com». web.archive.org. 9 de dezembro de 2015. Consultado em 25 de setembro de 2020 
  19. «Hornets' Nicolas Batum: Will try to play Sunday». CBSSports.com (em inglês). Consultado em 25 de setembro de 2020 
  20. Rotowire. «Nicolas Batum (toe) will not play Monday against the Kings». theScore.com. Consultado em 25 de setembro de 2020 
  21. «Charlotte Hornets vs Miami Heat - April 20, 2016 - Game Preview, Play by Play, Scores and Recap on NBA.com». web.archive.org. 20 de abril de 2016. Consultado em 25 de setembro de 2020 
  22. «Charlotte Hornets Re-Sign Guard/Forward Nicolas Batum». Charlotte Hornets (em inglês). Consultado em 25 de setembro de 2020 
  23. «Batum strikes deal to remain with Hornets». ESPN.com (em inglês). 1 de julho de 2016. Consultado em 25 de setembro de 2020 
  24. «Bulls vs. Hornets - Game Recap - December 23, 2016 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 25 de setembro de 2020 
  25. «Hornets Injury Update - 10/5/17». Charlotte Hornets (em inglês). Consultado em 25 de setembro de 2020 
  26. «Cavaliers vs. Hornets - Game Recap - November 15, 2017 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 25 de setembro de 2020 
  27. «Wizards vs. Hornets - Game Recap - November 22, 2017 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 25 de setembro de 2020 
  28. «Hornets vs. Hawks - Game Recap - January 31, 2018 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 25 de setembro de 2020 
  29. «Suns vs. Hornets - Game Recap - March 10, 2018 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 25 de setembro de 2020 
  30. «Hornets vs. Hawks - Game Recap - March 15, 2018 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 25 de setembro de 2020 
  31. «Batum Fractures Finger on Left Hand». Charlotte Hornets (em inglês). Consultado em 25 de setembro de 2020 
  32. «Blazers' Nicolas Batum punches Juan Carlos Navarro in groin in France's loss to Spain». sports.yahoo.com (em inglês). Consultado em 25 de setembro de 2020 
  33. «Irving named MVP of 2014 FIBA Basketball World Cup, headlines All-Star Five». FIBA.basketball (em inglês). Consultado em 25 de setembro de 2020 
  34. Oregonian/OregonLive, John Canzano | The (11 de janeiro de 2014). «Canzano blog: Nic Batum says he may swap France for Cameroon 'someday'». oregonlive (em inglês). Consultado em 25 de setembro de 2020 
  35. «Batum Ready to Represent Team Africa». Charlotte Hornets (em inglês). Consultado em 25 de setembro de 2020 
  36. Golliver, Ben (6 de dezembro de 2012). «Batum Talks "Terrible Memory" Of Father's Death». Blazer's Edge (em inglês). Consultado em 25 de setembro de 2020 
  37. Oregonian, Special to The (25 de novembro de 2011). «Trail Blazers forward Nicolas Batum expands his game in France». oregonlive (em inglês). Consultado em 25 de setembro de 2020 
 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Nicolas Batum