Oséas

futebolista brasileiro

Oséas Reis dos Santos (Salvador, 14 de maio de 1971[1]) é um ex-futebolista brasileiro que atuava como atacante.[2]

Oséas
Oséas
Oséas em 2005
Informações pessoais
Nome completo Oséas Reis dos Santos
Data de nascimento 14 de maio de 1971 (52 anos)
Local de nascimento Salvador, Bahia, Brasil
Altura 1,86 m
destro
Informações profissionais
Clube atual aposentado
Posição atacante
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1990–1992
1993–1994
1994–1995
1995
1995–1997
1997–1999
2000–2001
2002
2002–2003
2004
2004
2005
Galícia
Juvenil de Ponteareas
Maruinense
Uberlândia
Atlético Paranaense
Palmeiras
Cruzeiro
Santos (emp.)
Vissel Kobe (emp.)
Internacional
Albirex Niigata
Brasiliense





0172 000(65)
0130 000(55)
0011 0000(3)
Seleção nacional
1996 Brasil

Carreira editar

Oseas é um dos oito filhos de Manoel e Ana Reis dos Santos e começou jogando no campo de várzea do bairro Alto da Teresinha, de onde um olheiro o levou para o Galícia, depois de se recusar a fazer teste em três oportunidades.[3]

Teve uma breve passagem pelo futebol galego, atuando pelo Sociedad Deportiva Juvenil de Ponteareas[4][5], que disputava a terceira divisão do Campeonato Espanhol.[3]

Depois passou pelo futebol sergipano, atuando por empréstimo pelo Maruinense.[3] Em Sergipe, teve grandes atuações pelo campeonato estadual. Depois foi negociado ao Uberlândia para receber R$ 1.000 mensais.[3]

Projetou-se nacionalmente jogando pelo Atlético Paranaense, onde foi Campeão Brasileiro[6] e artilheiro da série B em 1995, com 14 gols. Ao lado de Paulo Rink[7], foi destaque do Campeonato Brasileiro da série A em 1996 e seus gols e atuações lhe valeram a convocação[8] para três amistosos da Seleção Brasileira em 1996: Camarões, Bósnia e Polônia.

Tornou-se ídolo no Atlético-PR, mas em seguida, foi contratado a peso de ouro pelo Palmeiras em 1997.

Fez gol nas finais da Copa Mercosul de 1998 e marcou na final contra o Deportivo Cáli na Copa Libertadores da América de 1999.[3][9] Também é lembrado por ter marcado um gol contra, de cabeça, num clássico contra o Corinthians em 15 de março de 1998.[10][11] Entre 1997 e 1999, marcou 65 gols em 172 jogos durante sua passagem pelo clube.[9]

Foi comprado pelo Cruzeiro[12] por 3,6 milhões de dólares em 21 de dezembro de 1999.[13] Estreou em 15 de janeiro de 2000, na vitória sobre o Ipatinga FC por 3x1 em Ipatinga, marcando 1 dos gols.

Pelo clube mineiro, voltou a ser campeão da Copa do Brasil em 2000, onde terminou a competição como artilheiro, com 10 gols.[3]

No início de 2002, atuou por empréstimo no Santos[14][15], mas já no final de março chegou a uma rescisão amigável do contrato que terminaria no dia 31 de maio.[16] Fez apenas 11 jogos e marcou 3 gols pelo clube.[16]

Depois dessa passagem pelo Santos, foi a vez de Oséas tentar a sorte do outro lado do mundo, no Vissel Kobe.[17]

Passou ainda pelo Internacional[18], onde ganhou o seu único campeonato estadual, em 2004.

Voltou ao Japão, agora pelo Albirex Niigata.

Depois de tantos anos atuando por grandes equipes do futebol nacional, em 2005 Oséas encerrou a carreira atuando pelo Brasiliense[19].[3]

Títulos editar

 
Oséas, com a camisa do Maruinense de Sergipe.
Atlético Paranaense
Palmeiras
Cruzeiro
Internacional

Outras Conquistas editar

Palmeiras
  • II Taça da Amizade: 1997
  • Troféu Naranja: 1997
  • Troféu Província de Lucca: 1999
  • Taça Valle d'Aosta: 1999

Artilharias editar

Atlético Paranaense
Cruzeiro

Referências

  1. br.sambafoot.com: Detalhes do ex-jogador
  2. «Que fim levou? OSÉAS... Ex-atacante do Palmeiras, Cruzeiro e Atlético-PR». Terceiro Tempo. Consultado em 1 de março de 2023 
  3. a b c d e f g «Amuleto verde: Artilheiro de decisões nos anos 90, Oseas diz por que acredita no tri do Palmeiras na Libertadores de 2021». www.uol.com.br. Consultado em 21 de agosto de 2023 
  4. Hermida, Xosé (15 de novembro de 1996). «El astro que nadie vio». El País (em espanhol). Consultado em 11 de abril de 2021 
  5. «El Juvenil de Ponteareas juega a ritmo de samba». La Voz de Galicia (em espanhol): 48. 19 de janeiro de 1993 
  6. «A boa passagem de Oséas pelo Athletico Paranaense». Consultado em 21 de agosto de 2023 
  7. Abril, Editora (dezembro de 1996). Placar Magazine. [S.l.]: Editora Abril 
  8. «Em 1996, Oséas, do Atlético-PR, é convocado para a Seleção Brasileira». ge. Consultado em 21 de agosto de 2023 
  9. a b «Oséas recorda gols nas finais de Copa do Brasil e Libertadores pelo Palmeiras - Gazeta Esportiva». www.gazetaesportiva.com. Consultado em 21 de agosto de 2023 
  10. «Folha de S.Paulo - Gol contra atordoa Oséas, que até erra de vestiário - 16/03/98». www1.folha.uol.com.br. Consultado em 21 de agosto de 2023 
  11. «Folha de S.Paulo - Futebol: Palmeiras estuda "amnésia' de Oséas - 18/03/98». www1.folha.uol.com.br. Consultado em 21 de agosto de 2023 
  12. Abril, Editora (fevereiro de 2000). Placar Magazine. [S.l.]: Editora Abril 
  13. «Folha de S.Paulo - Futebol: "Era Parmalat" vive maior desmanche - 23/12/1999». www1.folha.uol.com.br. Consultado em 21 de agosto de 2023 
  14. «Folha de S.Paulo - Futebol: Santos cogita estrear Oséas hoje contra o Corinthians - 30/01/2002». www1.folha.uol.com.br. Consultado em 21 de agosto de 2023 
  15. «Oseás é apresentado ao Santos - Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: esportes». Jornal Diário do Grande ABC. Consultado em 21 de agosto de 2023 
  16. a b «Oséas não é mais jogador do Santos». Estadão. Consultado em 21 de agosto de 2023 
  17. Ne10 (12 de agosto de 2002). «Oséas vai para o futebol japonês». JC. Consultado em 21 de agosto de 2023 
  18. «Folha Online - Esporte - Internacional anuncia contratação do atacante Oséas - 31/01/2004». www1.folha.uol.com.br. Consultado em 21 de agosto de 2023 
  19. «Oséas é o novo reforço do Brasiliense». NSC Total. Consultado em 21 de agosto de 2023 

Ligações externas editar