Oscar Isaac

ator guatemalteco radicado nos Estados Unidos

Oscar Isaac Hernández Estrada (Cidade da Guatemala, 9 de março de 1979) é um ator, músico e produtor guatemalteco. É mais conhecido por ter protagonizado o filme Inside Llewyn Davis e por papéis como o de Poe Dameron na saga Star Wars, Nathan em Ex-Machina e o Duque Leto Atreides em Dune. Desde 2022, interpreta o papel de Marc Spector / Moon Knight no Universo Cinematográfico da Marvel.[1] Nos palcos, já esteve em produções da Broadway e foi crediado como primeiro ator Latino a interpretar Hamlet em uma grande produção dos Estados Unidos.[2]

Oscar Isaac
Oscar Isaac
Oscar Isaac em 2022
Nome completo Óscar Isaac Hernández Estrada
Nascimento 9 de março de 1979 (45 anos)
Cidade da Guatemala, Guatemala
Nacionalidade guatemalteco
norte-americano
Educação Miami Dade College
Juilliard School (BFA)
Ocupação Ator e músico
Atividade 1996–presente
Cônjuge Elvira Lind ​(c. 2017)
Filho(a)(s) 2
Globos de Ouro
Melhor Ator em Minissérie ou Telefilme
2016 - Show Me a Hero
Prémios National Board of Review
Melhor Ator
2014 - A Most Violent Year

Seus reconhecimentos incluem a vitoria do Globo de Ouro de Melhor Ator em Minissérie ou Telefilme de 2016 por Show Me a Hero, além de outras duas indicações nas categorias de ator em minissérie e ator em comédia ou musical, e uma indicação ao Emmy. Também em 2016 foi considerado uma das 100 pessoas mais influentes do mundo pela revista Time.[3], em 2017 foi chamado de interprete de sua geração pela Vanity Fair[4] e em 2020 The New York Times o incluiu na lista de maiores atores do século 21[5].

Oscar é visto como um ator versátil e que, com suas decisões artísticas, ajuda na quebra de estereótipos e na representação positiva do latinos em produções norte americanas.[6][7][8]

Biografia

editar

Oscar nasceu na Guatemala, mas a sua família mudou-se para Baltimore, nos Estados Unidos poucos meses após o seu nascimento devido a um terremoto que assolou a zona onde viviam. A família ainda viveu em Nova Orleães antes de se fixar em Miami, no estado da Flórida, onde Oscar passou grande parte da infância. Seu pai, Óscar Gonzalo Hernández-Cano, é um pneumologista cubano e a sua mãe, Maria Eugenia Estrada Nicolle, era guatemalteca. Oscar tem uma irmã mais velha, Nicole Hernández Hammer que trabalha como especialista em aquecimento global[9] e um irmão mais novo, Mike Hernández que é jornalista no Miami New Times.[10]

Desde criança, era inclinado para musica e cinema, mas cresceu em um lugar descrito como"pouco propenso para artes" por conta do caráter conservador. Apesar disso, aos quatro anos já brincava de teatro no quintal com a irmã e aos 10 fez seu primeiro filme caseiro. Na quinta série escreveu sua primeira peça [11]. Oscar Gonzalo, seu pai, levava constantemente para casa, fitas de filmes para a familia assistir, e isso também incentivou-o em sua escolha de carreira.[11]

Apesar de descrever a sua educação evangelista como "bastante religiosa"[12], Oscar diz que era um arruaceiro. Aos 12 anos foi expulso de uma escola privada depois de vários incidentes que envolveram "acariciar animais exóticos, acionar um alarme de incêndio no ginásio e destruir um mural".[9] Depois da expulsão, os seus pais tinham-no inscrito noutra escola privada, porém um furacão destruiu toda a zona onde vivia, incluindo a escola para onde ia, e a família acabou por se mudar para Palm Beach.[9][10] A partir daí, frequentou uma escola pública onde começou a aprender a tocar instrumentos e se juntou a várias bandas.[13] Na mesma altura começou a participar em peças de teatro.[14] Nessa época, seus pais já haviam se divorciado e a artes o ajudaram a enfrentar o estresse da situação[15].

Quando se formou, Oscar ingressou na na Miami-Dade College, uma universidade comunitária onde completou um curso de Artes Performativas.[10][16] O jovem conciliou os estudos com os Blinking Underdogs, uma banda de ska punk fundada por ele, e com o teatro regional.[14] A banda teve algum sucesso em Miami e chegou a atuar antes dos Green Day.[17] Nessa época, fez um workshop com um diretor de casting, o que lhe rendeu um papel no filme independente Illtown, e depois disso ainda conseguiu vários papel em teatro.

Incerto sobre sua carreira, Oscar cogitou ir para a Marinha, o que inicialmente não foi aprovado por seu pai. Mesmo assim, se candidatou ao cargo de fotografia de combate, mas a posição não foi lhe oferecida, então, optou por estudar artes performáticas na Miami Dade College e continuar fazendo teatro. Durante uma passagem a Nova York com uma montagem off Broadway, decidiu candidatar-se por impulso à Juilliard, prestigiada escola de artes. Foi aceito no programa de representação, onde foi colega de sala de Jessica Chastain, e terminou o bacharel em Belas Artes no ano de 2005.[9]

Carreira

editar

Primeiros trabalhos (2005–2010)

editar

Depois de se formar em Julliard, Oscar continuou a compor e se apresentar em clubs em Nova York. Paralelo a música, conseguiu bons papeis em produções off Broadway.[18]

Em 2006, fez uma rápida participação em Law & Order: Criminal Intent e interpretou José no filme The Nativity Story. O filme foca-se na história da viagem de José e Maria para Belém antes do nascimento de Jesus. Keisha Castle-Hughes interpreta o papel de Maria. Ainda nesse ano foi um dos protagonistas de The Half Life of Timofey Berezin, um filme britânico que teve estreia no Festival Internacional de Cinema de Toronto.

Nos anos seguintes participou em vários filmes de destaque em papéis secundários. Os filmes incluem The Life Before Her Eyes (2007), Che: Part One (2008), Body of Lies (2008) e Ágora (2009). Em 2009, protagonizou o filme australiano Balibo no papel de José Ramos-Horta. O filme baseia-se em acontecimentos reais, nomeadamente na investigação do jornalista australiano Roger East, com a ajuda de Ramos-Horta, à captura e assassinato de um grupo de jornalistas em Timor-Leste pouco antes de o país ser invadido pela Indonésia.

 
Oscar Isaac na estreia de Inside Llewyn Davis em Londres

Em 2010 interpretou o papel de Príncipe João, mais tarde coroado rei João de Inglaterra no filme Robin Hood, a readaptação ao cinema de Ridley Scott da conhecida história de Robin dos Bosques. O filme é protagonizado por Russel Crowe e Cate Blanchett. No ano seguinte interpretou o papel do vilão Blue Jones em Sucker Punch, um filme de fantasia que segue a história de uma jovem internada num sanatório pelo padrasto que se refugia numa realidade alternativa para lidar com o trauma.

Revelação (2011–2014)

editar

Ainda em 2011, teve papéis secundários nos filmes Drive um thriller do realizador Nicolas Winding Refn e protagonizado por Ryan Gosling; W.E. um drama romântico realizado por Madonna que retrata o romance entre o rei Eduardo VIII do Reino Unido com a divorciada americana Wallis Simpson. Apesar do fracasso de critica, a interpretação de Isaac foi chamada de "um dos poucos pontos que valem a pena no filme"[19]; e 10 Years, uma comédia romântica sobre a reunião de um grupo de amigos 10 anos após a formatura. Em 2012 participou no filme Won't Back Down no papel de um professor de música e em For Greater Glory, no papel de El Catorce. Filme com grande elenco, tais como Andy Garcia, Catalina Sandino Moreno, Rubén Blades, Bruce Greenwood, Peter O'Toole e outros.

Em 2013 protagonizou o filme Inside Llewyn Davis, escrito e realizado pelos Irmãos Coen, em que interpreta o papel de um cantor de música folk talentoso, mas sem sucesso.

A dupla de cineastas procurava um ator musico, pois acreditavam que alguém com experiencia em atuação, mas sem bagagem musical, não seria suficiente para o papel. Em um momento porém, acreditaram que a missão seria muito dificil e testeram alguns musicos veteranos. Isaac ficou sabendo das audições e se inscreveu por acreditar que carregava a combinação procurada, suas habilidades de fato impressionaram os Coen e ele conseguiu o papel.[20][21]

Em preparação para o filme, aprendeu a Travis picking (tecnica de tocar instrumentos de corda com dedos, sem paletas, muito usada em guitarras acusticas) e trabalhou com os musicos Erik Frandsen e T Bone Burnett. O ator ainda performou 12 músicas, uma delas um dueto com Marcus Mumford, e criou arranjo de duas com T Bone[22]. O filme foi aclamado por público e critica, venceu o Grand Prix do Festival de Cinema de Cannes em 2013 e Oscar, considerado uma das grandes revelações do ano por seu trabalho na produção, foi nomeado para um Globo de Ouro na categoria de Melhor Ator num Filme Musical ou de Comédia. [23][24]

Ainda em 2013, Oscar protagonizou, com Elizabeth Olsen, Jessica Lange e Tom Felton, o filme In Secret, uma adaptação ao cinema da peça Thérèse Raquin de Émile Zola.

Em 2014 foi um dos protagonistas de The Two Faces of January, um thriller que segue a fuga de um casal e de um estranho de Atenas quando um deles é implicado num homicídio. O filme conta ainda com Viggo Mortensen e Kirsten Dunst no elenco. Ainda nesse ano protagonizou A Most Violent Year, onde interpreta o papel de Abel Morales, um empresário que tenta manter e expandir o seu negócio apesar das perdas sofridas em 1981, o ano com o maior registo de criminalidade na cidade de Nova Iorque. Jessica Chastain, antiga colega de classe em Juilliard e até hoje uma de suas amigas mais próximas, também é protagonista.[9]

Consoliidação e Sucesso (2015–2017)

editar

Em 2015 protagonizou o filme de ficção científica britânico, Ex Machina com Alicia Vikander e Domhnall Gleeson. O filme segue a história de um programador que recebe um convite do seu patrão para conduzir o Teste de Turing a um andróide com inteligência artificial. Ainda nesse ano participou no muito aguardado Star Wars: The Force Awakens no papel de Poe Dameron, o comandante dos Starfighter Corps da Resistência.[25]

Ainda em 2015, protagonizou a Show Me a Hero no canal HBO, minissérie é baseada em fatos reais em que Oscar interpreta Nick Wasicsko, um político de Nova Iorque que lutou contra a desagregação dos bairros sociais. O Tribeca News chamou Isaac de "o verdadeiro melhor ator de 2015" e destacou que apesar de grandes atores terem intregado performances dignas de reconhecimento da Academia no cinema, "nenhum deles foi tão profundo quanto Oscar Isaac em Show Me a Hero, que é uma caracterização maravilhosa e contundente que está entre as melhores atuações do cinema contemporâneo... exceto que foi ao ar na televisão"[26]. Oscar venceu o Globo de Ouro de Melhor Ator em Minissérie ou Telefilme de 2016 pela série.

Em 14 de novembro de 2014, a 20th Century Fox anunciou que Oscar iria interpretar o papel do vilão En Sabah Nur / Apocalypse no terceiro filme do reboot de X-Men, X-Men: Apocalipse. O filme estreou em 2016 com críticas mistas e foi um dos filmes menos rentáveis da saga X-Men, apesar de ter conseguido arrecadar mais de 540 milhões de euros nas bilheteiras a nível mundial.[27][28] Ainda em 2016, foi convidado a fazer parte da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas.[29]

No final de 2016, Isaac passou a maior parte do tempo cuidando de sua mãe, que estava em estagio terminal de câncer. À medida que o estado dela piorava, ele começou a ler Hamlet, de Shakespeare, cuja obra ele era fã desde a infância. Em homenagem a sua mãe, que morreu no final de fevereiro de 2017, Isaac estrelou como Príncipe Hamlet na produção de Hamlet no The Public Theatre[30]. A peça, dirigida por Sam Gold, foi exibida de julho a setembro de 2017[31]. David Rooney, do The Hollywood Reporter, elogiou Isaac como o principal trunfo da produção, e Jeremy Gerard, do Deadline Hollywood, descreveu-o como "o raro ator tanto confortável no palco quanto diante das câmeras", destacando sua "atuação comprometida e totalmente concebida".[32]

Em 2017 foi o protagonista de The Promise, com Christian Bale, um drama sobre o Genocídio Arménio.[33] No mesmo ano, faz parte do elenco de Suburbicon, uma comédia de crime realizada por George Clooney e com argumento de Joel e Ethan Coen.[34] Regressou também como Poe Dameron no oitavo episódio da saga Star Wars, Star Wars: The Last Jedi.[35]

Expansão Profissional (2018–presente)

editar

Em 2018, volta a trabalhar com o realizador de Ex Machina, Alex Garland, no filme Annihilation, protagonizado por Natalie Portman[36]. Por estar trabalhando simultaneamente em Star Wars, Oscar não teve tempo de ensaiar e creditou Portman como grande ajudante nas cenas. No mesmo ano estreou como produtor no filme Operation Finale, atuou em At Eternity's Gate, Life Itself e também dublou o Homem-Aranha 2099 no filme Spider-Man: Into the Spider-Verse.[37]

Ao terminar Star Wars: The Rise of Skywalker em outubro de 2018, Isaac pensou em tirar férias da atução, porém pouco depois já estava escalado como Duque Leto Atreides no remake de Duna, filme de Denis Villeneuve lançado no Festival de Veneza de 2021.[38] Em outubro de 2019, foi escalado para o filme de Paul Schrader, The Card Counter e estrelou o filme de ação e aventura, Triple Frontier, dirigido por J. C. Chandor como Pope, um ex-agente do CAG, e nele teve a oportunidade de voltar a trabalhar com o grande amigo Pedro Pascal, que conheceu em uma montagem de teatro antes de ambos chegarem a fama.[39] Também voltou a interpretar Poe Dameron no filme Star Wars: The Rise of Skywalker, finalizando a trilogia[40] e lançou mais um trabalho de voz, dessa como Gomez Addams em A Família Adams[41]. 2019 marcou com o lançamento da Mad Gene, produtora que fundou com a esposa, a cineasta dinamarquesa Elvira Lind.

Em 2020, foi dirigido pela esposa pela primeira vez no curta The Letter Room, no qual interpreta um carcerieiro de bom coração. O filme foi indicado ao Oscar de Melhor Curta Metragem em 2021. Em janeiro do mesmo, foi confirmado para estrelar e produzir The Great Machine, uma adaptação dos quadrinhos de Ex Machina.[42] Em junho, foi confirmado para estrelar London, um filme de ficção científica dirigido por Ben Stiller.[43] Em outubro, foi revelado que Isaac estaria em negociações para estrelar Moon Knight para o Disney+, que está sendo desenvolvida pelo Marvel Studios[44] e foi confirmado, em janeiro de 2021, no papel principal.[45] Em dezembro, foi anunciado que Isaac interpretaria Solid Snake na adaptação cinematográfica de Metal Gear Solid, dirigido por Jordan Vogt-Roberts.[46]

Em 2021, voltou a trabalhar com Jessica Chastein na minissérie de 5 episódio Scenes From a Marriage, onde além de protagonizarem, ambos são creditados como produtores[47]. A série é um remake da classica produção de mesmo nome escrita por Ingmar Bergman, na versão conteporânea porém as situações e papeis de genero são invertidas, com Mira, personagem de Jessica, saindo de casa. A série aborda casamento, monogamia, família, e Isaac performou nu frontal completo em alguns epísodios[48]. O trabalho dos dois atores e a quimica em cena foram extremante elogiados e Oscar foi indicado ao Globo de Ouro, SAG Awards e Emmy Awards.

2022 marcou a estreia de Moon Knight no Disney+. O ator, inicialmente hesitante em entrar em outra franquia, teve diversas conversas com o presidente da Marvel, Kevin Feige, antes de aceitar o papel[49]. A série estreiou com boa recepção.

Honrando sua ligação com a música, em 2023 Oscar participou do album da cantora Gaby Moreno, interpretando em dueto Luna de Xelaju, classico guatemalteco[50]. Também em 2023, Isaac estrelou como o personagem-título no revival de The Sign in Sidney Brustein's Window, de Lorraine Hansberry, ao lado de Rachel Brosnahan. A produção inciou no Brooklyn Academy of Music e pouco depois foi transferido para o James Earl Jones Theatre, da Broadway. Mais tarde, dublou o papel de Homem-Aranha 2099, uma versão do super-herói homônimo, na animação sucesso de publico e crítica Spider-Man: Across the Spider-Verse. Ele irá repetir seu papel na sequência intitulada Beyond the Spider-Verse. No mesmo ano, foi anunciado como Victor Frankeinstein no adaptação de Guillermo Del Toro para o clássico[51]

Vida Pessoal

editar

Oscar reside no Brooklyn, Nova Iorque. Primeiramente morou em um apartamento de um quarto que o próprio renovou, e após constituir familia se mudou para um espaço maior[52].

O seu papel de Poe Dameron em Star Wars fez com que se tornasse num sex symbol e fosse apelidado de "namorado da internet" por várias publicações, entre elas a revista Rolling Stone. Sobre o seu novo estatuto, Oscar disse: "A internet nunca me pareceu muito interessada em relações monogâmicas. A internet é muito promíscua".[53]

Oscar é casado com a cineasta dinamarquesa Elvira Lind, com quem começou a namorar em 2012.[54] O casal tem dois filhos: Eugene (nascido em 2017) e Mads (nascido em 2019).[55]

Eugenia, mãe do ator morreu em 2017 de câncer, um mês antes do casamento com Elvira e dois meses antes do nascimento de Eugene[56]. Segundo ele, Eugenia foi uma grande incetivadora de sua carreira e o levou em suas primeiras audições[11].

Filmografia

editar

Filmes

editar
Ano Título Papel Título em Português/ Notas
1998 Illtown Pool Boy pt: Cidade Doente
2002 All About the Benjamins Francesco br: Amigos Por Acaso

pt: Cidade Doente

2004 Lenny the Wonder Dog Detetive Fartman
2006 The Half Life of Timofey Berezin Shiv
The Nativity Story José br: Jesus - A História do Nascimento

pt: O Nascimento de Cristo

2007 The Life Before Her Eyes Marcus br/pt: Sem Medo de Morrer
2008 Che - Part 1 Intérprete br/pt: Che: O Argentino
Body of Lies Bassam br: Rede de Mentiras

pt: O Corpo da Mentira

2009 Agora Orestes br: Alexandria

pt: Ágora

Balibo José Ramos-Horta
2010 Robin Hood Príncipe João br/pt: Robin Hood
2011 Sucker Punch Blue Jones br:pt: Sucker Punch: Mundo Surreal
W.E. Evgeni br: W.E.: O Romance do Século

pt: W.E.

10 Years Reeves br: 10 Anos de Pura Amizade

pt: 10 Anos Depois

Drive Standard Gabriel br: Drive

pt: Drive - Duplo Risco

2012 For Greater Glory Victoriano "El Catorce" Ramírez br: Cristiada
Revenge for Jolly! Cecil
The Bourne Legacy Number 3 br: O Legado Bourne

pt: O Legado de Bourne

Won't Back Down Michael Perry br: A Luta Por Um Ideal

pt: Nunca Desistas

2013 Inside Llewyn Davis Llewyn Davis br: Inside Llewyn Davis: Balada de um Homem Comum

pt: A Propósito de Llewyn Davis
Globo de Ouro de Melhor Ator num Musical ou Comédia (Indicação)

In Secret Laurent LeClaire br/pt: Em Segredo
2014 The Two Faces of January Rydal Keener br/pt: As Duas Faces de Janeiro
Ticky Tacky Lucien Curta-metragem
A Most Violent Year Abel Morales

National Board of Review Award - Melhor Ator (Empatado com Michael Keaton)

2015 Ex Machina Nathan Bateman br: Ex Machina: Instinto Artificial

pt: Ex Machina

Mojave Jack
Star Wars: The Force Awakens Poe Dameron br/pt: Star Wars: O Despertar da Força
2016 X-Men: Apocalypse En Sabah Nur / Apocalypse br/pt: X-Men: Apocalipse
2017 The Promise Michael br/pt: A Promessa
Suburbicon Roger br: Suburbicon: Bem-vindos ao Paraíso
Star Wars: The Last Jedi Poe Dameron br/pt: Star Wars: Os Últimos Jedi
2018 Annihilation Marido da bióloga br/pt: Aniquilação
Life Itself Will Dempsey
Operation Finale Peter Malkin
At Eternity's Gate Paul Gauguin
Spider-Man: Into the Spider-Verse Miguel O'Hara / Homem-Aranha 2099 br: Homem-Aranha: No Aranhaverso / Voz (cena pós-créditos)
2019 Triple Frontier Santiago "Pope" Garcia
The Addams Family Gomez Addams Voz
Star Wars: The Rise of Skywalker Poe Dameron br: Star Wars: A Ascensão Skywalker

pt: Star Wars: A Ascensão de Skywalker

2020 The Letter Room Richard Curta-metragem
2021 Dune Duke Leto Atreides
Big Gold Brick Anselm Pós-produção; também como produtor executivo
The Card Counter William Tell Pós-produção
The Addams Family 2 Gomez Addams Voz
2023 Spider-Man: Across the Spider-Verse Miguel O'Hara / Homem-Aranha 2099 Voz

Televisão

editar
Ano Título Personagem Notas
2006 Law & Order: Criminal Intent Robbie Paulson Episódio: "The Healer"
2015 Show Me a Hero Nick Wasicsko 6 episódios
2018–2019 Star Wars Resistance Poe Dameron Voz; 4 episódios
2022 Scenes from a Marriage Jonathan Minissérie; produtor executivo
Moon Knight Marc Spector / Cavaleiro da Lua Pós-produção

Video games

editar
Ano Título Voz de Personagem
2015 Disney Infinity 3.0 Poe Dameron
2016 Lego Star Wars: The Force Awakens
2021 Lego Star Wars: The Skywalker Saga

Podcasts

editar
Ano Título Personagem
2016 Homecoming Walter Cruz

Teatro

editar
Ano Título Personagem Teatro
2005 The Two Gentlemen of Verona Proteus Delacorte Theater
2006 Beauty of the Father Federico García Lorca New York City Center
2007 Romeo and Juliet Romeo Montague Delacorte Theater
2008 Grace Tom Lucille Lortel Theatre
2011 We Live Here Daniel New York City Center
2017 Hamlet Príncipe Hamlet The Public Theater
2023 Sign in Sidney Brustein’s Window Sidney Brustein James Earl Jones Theatre

Referências

  1. «Oscar Isaac Says 'Moon Knight' Is the "Most Challenging" Role of His Career». Collider (em inglês). 15 de outubro de 2021. Consultado em 17 de outubro de 2021 
  2. Román, David (2018). «Hamlet by William Shakespeare, and: Hamlet by William Shakespeare». Theatre Journal (em inglês) (4): 563–568. ISSN 1086-332X. doi:10.1353/tj.2018.0113. Consultado em 9 de setembro de 2023 
  3. Haggis, Paul. «Oscar Isaac: The World's 100 Most Influential People». TIME.com. Consultado em 4 de abril de 2017 
  4. Nast, Condé (14 de julho de 2017). «As Hamlet, Oscar Isaac Proves He's the Best Actor of His Generation». Vanity Fair (em inglês). Consultado em 2 de setembro de 2023 
  5. Dargis, Manohla; Scott, A. O. (25 de novembro de 2020). «The 25 Greatest Actors of the 21st Century (So Far)». The New York Times (em inglês). ISSN 0362-4331. Consultado em 2 de setembro de 2023 
  6. Itzkoff, Dave (2 de maio de 2022). «Oscar Isaac Learned to Love Blockbusters Again in 'Moon Knight'». The New York Times (em inglês). ISSN 0362-4331. Consultado em 9 de setembro de 2023 
  7. Román, David (2018). «Hamlet by William Shakespeare, and: Hamlet by William Shakespeare (review)». Theatre Journal (4): 563–568. ISSN 1086-332X. doi:10.1353/tj.2018.0113. Consultado em 9 de setembro de 2023 
  8. Monroe, Justin. «Oscar Isaac Drops Hints About 'Star Wars VII' and 'X-Men: Apocalypse' and Talks His Role in 'Ex Machina'». Complex (em inglês). Consultado em 9 de setembro de 2023 
  9. a b c d e «The Evolution of Oscar Isaac». Details. Consultado em 19 de outubro de 2015 
  10. a b c «Before Star Wars: The Force Awakens, Actor Oscar Isaac Was Just a Miami Kid». Miami New Times. Consultado em 26 de dezembro de 2015 
  11. a b c «The Dream of Oscar Isaac». Esquire (em inglês). 30 de março de 2022. Consultado em 2 de setembro de 2023 
  12. «Reading Eagle - Pesquisa no arquivo do Google Notícias». news.google.com. Consultado em 19 de outubro de 2015 
  13. «Oscar Isaac's monumental rise from ska band member to 'Star Wars' superstar». Tech Insider. Consultado em 26 de dezembro de 2015 
  14. a b «Oscar Isaac». Interview Magazine. Consultado em 19 de outubro de 2015 
  15. «Oscar Isaac On Star Wars, Hamlet And His Path To The Top». Esquire (em inglês). 15 de novembro de 2017. Consultado em 2 de setembro de 2023 
  16. «Oscar Isaac biography and filmography | Oscar Isaac movies». Tribute.ca. plus.google.com/b/102788292646189023765. Consultado em 19 de outubro de 2015 
  17. «Oscar Isaac interview for Inside Llewyn Davis: 'I had no interest in going off the rails'». www.telegraph.co.uk. Consultado em 17 de outubro de 2021 
  18. «Oscar Isaac interview for Inside Llewyn Davis: 'I had no interest in going off the rails'». The Telegraph (em inglês). 6 de janeiro de 2014. Consultado em 9 de setembro de 2023 
  19. Taylor, Drew (1 de maio de 2014). «The Indie Roots of the New 'Star Wars' Cast». IndieWire (em inglês). Consultado em 9 de setembro de 2023 
  20. Hiatt, Brian (12 de dezembro de 2013). «How Oscar Isaac Became Llewyn Davis». Rolling Stone (em inglês). Consultado em 9 de setembro de 2023 
  21. «Oscar Isaac interview for Inside Llewyn Davis: 'I had no interest in going off the rails'». The Telegraph (em inglês). 6 de janeiro de 2014. Consultado em 9 de setembro de 2023 
  22. «Oscar Isaac Has Been Singing Long Before 'Inside Llewyn Davis'». Tribeca. 3 de dezembro de 2013. Consultado em 9 de setembro de 2023 
  23. Lewis, Hilary (27 de dezembro de 2013). «18 Breakthrough Stars of 2013: Lorde, Chiwetel Ejiofor, Tatiana Maslany and More». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 9 de setembro de 2023 
  24. «Inside Llewyn Davis - Rotten Tomatoes». www.rottentomatoes.com (em inglês). 20 de dezembro de 2013. Consultado em 9 de setembro de 2023 
  25. «Poe Dameron». StarWars.com. Consultado em 20 de dezembro de 2015 
  26. «​SHOW ME A HERO's Oscar Isaac is the Real Best Actor of 2015». Tribeca. 21 de dezembro de 2015. Consultado em 9 de setembro de 2023  zero width space character character in |titulo= at position 1 (ajuda)
  27. X-Men: Apocalypse (em inglês), consultado em 4 de abril de 2017 
  28. «X-Men: Apocalypse (2016) - Box Office Mojo». www.boxofficemojo.com (em inglês). Consultado em 4 de abril de 2017 
  29. Rich, Katey. «Oscar Isaac, Ice Cube, and Tina Fey Will Be Voting on Next Year's Oscars». HWD (em inglês) 
  30. «Hamlet». web.archive.org. 18 de agosto de 2017. Consultado em 9 de setembro de 2023 
  31. Soloski, Alexis (6 de julho de 2017). «After His Mother's Death, Oscar Isaac Turns to Shakespeare for Solace». The New York Times (em inglês). ISSN 0362-4331. Consultado em 9 de setembro de 2023 
  32. Gerard, Jeremy (14 de julho de 2017). «Reviews: Oscar Isaac's Pensive Prince Steadies Hamstrung 'Hamlet'; Sondheim's 'Assassins' At Encores!». Deadline (em inglês). Consultado em 9 de setembro de 2023 
  33. «Christian Bale, Oscar Isaac to Star in Terry George's Epic Love Story 'The Promise' (Exclusive)». TheWrap (em inglês). Consultado em 19 de outubro de 2015 
  34. «Paramount Nabs George Clooney's 'Suburbicon'». The Hollywood Reporter (em inglês) 
  35. «Why Star Wars Episode VIII Feels Like An Independent Film, According To Oscar Isaac - CINEMABLEND». CINEMABLEND. 19 de abril de 2016 
  36. Kroll, Justin; Kroll, Justin (30 de março de 2016). «Oscar Isaac to Reunite With 'Ex Machina' Director in Natalie Portman's 'Annihilation'». Variety (em inglês). Consultado em 9 de janeiro de 2021 
  37. Robinson, Joanna. «Spider-Man: Into the Spider-Verse: The End of Credits Scene, Explained». Vanity Fair (em inglês). Consultado em 9 de janeiro de 2021 
  38. «Oscar Isaac Joining Denis Villeneuve's 'Dune' | Hollywood Reporter». www.hollywoodreporter.com. Consultado em 9 de janeiro de 2021 
  39. Kroll, Justin; Kroll, Justin (29 de outubro de 2019). «Oscar Isaac to Star in Paul Schrader's Next Film 'The Card Counter' (EXCLUSIVE)». Variety (em inglês). Consultado em 9 de janeiro de 2021 
  40. «Oscar Isaac Says Fans Will Be 'Surprised' With Poe's Backstory In Star Wars: The Rise of Skywalker». CINEMABLEND. 29 de agosto de 2019. Consultado em 9 de janeiro de 2021 
  41. December 15, Maureen Lee Lenker; EST, 2017 at 06:13 PM. «Oscar Isaac in talks to voice Gomez in animated 'Addams Family' movie». EW.com (em inglês). Consultado em 9 de setembro de 2023 
  42. «Oscar Isaac to Star in, Produce Brian K. Vaughan Adaptation 'The Great Machine' (Exclusive) | Hollywood Reporter». www.hollywoodreporter.com. Consultado em 9 de janeiro de 2021 
  43. «Ben Stiller, Oscar Isaac Team for Lionsgate's 'London' | Hollywood Reporter». www.hollywoodreporter.com. Consultado em 9 de janeiro de 2021 
  44. Kroll, Justin; Kroll, Justin (26 de outubro de 2020). «'Moon Knight': Oscar Isaac Tapped To Star In Marvel And Disney+ Series». Deadline (em inglês). Consultado em 9 de janeiro de 2021 
  45. Nebens, Richard. «Marvel Studios' Moon Knight Cinematographer Confirms Oscar Isaac Casting». thedirect.com (em inglês). Consultado em 9 de janeiro de 2021 
  46. Kroll, Justin; Kroll, Justin (4 de dezembro de 2020). «Oscar Isaac To Star As Solid Snake In Sony's 'Metal Gear Solid' Movie». Deadline (em inglês). Consultado em 9 de janeiro de 2021 
  47. Soloski, Alexis (10 de setembro de 2021). «Shooting 'Scenes From a Marriage': 'I Cried Every Day'». The New York Times (em inglês). ISSN 0362-4331. Consultado em 9 de setembro de 2023 
  48. «Oscar Isaac on His Full-Frontal Moment in Scenes from a Marriage | PEOPLE.com». web.archive.org. 7 de janeiro de 2022. Consultado em 9 de setembro de 2023 
  49. Davids, Brian (23 de março de 2022). «'Moon Knight' Star Oscar Isaac Admits He Was Hesitant to Join MCU, Post-'Star Wars'». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 9 de setembro de 2023 
  50. Garcia, Thania (31 de março de 2023). «Oscar Isaac Joins Gaby Moreno in Honoring Guatemala for New 'Luna De Xelajú' Single and Video». Variety (em inglês). Consultado em 9 de setembro de 2023 
  51. Moura, Rayane (17 de março de 2023). «"Frankenstein" de Guillermo del Toro terá Andrew Garfield, Oscar Isaac e Mia Goth». Giz Brasil. Consultado em 9 de setembro de 2023 
  52. Blackmon, Freddy. «7 Interesting Facts About Oscar Isaac». https://mensvariety.com/ (em inglês). Consultado em 2 de setembro de 2023 
  53. «Oscar Isaac: The Internet's Boyfriend Becomes a Leading Man». Rolling Stone 
  54. «Not My Job: Actor Oscar Isaac On Folk Music Vs. Filk Music». NPR.org (em inglês). Consultado em 17 de outubro de 2021 
  55. October 03, Karen Mizoguchi; Pm, 2019 01:55. «Oscar Isaac and Wife Elvira Lind Welcome Second Son». PEOPLE.com (em inglês). Consultado em 17 de outubro de 2021 
  56. «Oscar Isaac misses his mom». AP News (em inglês). 18 de novembro de 2017. Consultado em 9 de setembro de 2023 

Ligações externas

editar