Cate Blanchett

Atriz e diretora australiana

Catherine Elise "Cate" Blanchett (Melbourne, 14 de maio de 1969) é uma atriz e encenadora australiana. Ganhou vários prêmios como atriz, mais notavelmente dois Oscars, quatro Globos de Ouro, três SAG Awards e três BAFTA, assim como a Coppa Volpi no 64.º Festival Internacional de Cinema de Veneza.

Cate Blanchett
Blanchett no Festival de Cannes 2018
Nome completo Catherine Elise Blanchett
Nascimento 14 de maio de 1969 (53 anos)
Melbourne, Austrália
Nacionalidade australiana
Ocupação atriz
encenadora
Atividade 1992-presente
Cônjuge Andrew Upton (c. 1997)
Filho(s) 4
Assinatura Cate Blanchett signature (autograph).svg
Oscares da Academia
Melhor Atriz
2014 - Blue Jasmine
Melhor Atriz Coadjuvante
2005 - The Aviator
Globos de Ouro
Melhor Atriz em Cinema - Drama
1999 - Elizabeth
2014 - Blue Jasmine
2023 - Tár
Melhor Atriz Coadjuvante em Cinema
2008 - I'm Not There
Prémios Screen Actors Guild
Melhor Atriz Principal
2014 - Blue Jasmine
Melhor Atriz Coadjuvante
2005 - The Aviator
Melhor Elenco em Cinema
2004 - The Lord of the Rings: The Return of the King
César
César honorário
2022 - Pelo Conjunto da Obra
Prémios BAFTA
Melhor Atriz
1999 - Elizabeth
2014 - Blue Jasmine
Melhor Atriz Coadjuvante
2005 - The Aviator
Festival de Veneza
Coppa Volpi de Melhor Atriz
2007 - I'm Not There
2022 - Tár
Prémios National Board of Review
Melhor Atriz Coadjuvante
2001 - The Lord of the Rings: The Fellowship of the Ring
2001 - The Man Who Cried
2001 - The Shipping News
Melhor Atuação por um Elenco
2003 - The Lord of the Rings: The Return of the King
Prémios Critics' Choice
Melhor Atriz em Cinema
1999 - Elizabeth
2014 - Blue Jasmine
2023 - Tár
Melhor Elenco
2004 - The Lord of the Rings: The Return of the King

Blanchett chamou a atenção internacional em 1998 como a rainha Elisabeth I da Inglaterra, no filme Elisabeth dirigido por Shekhar Kapur. Também ficou conhecida por outros personagens como a senhora dos elfos de Lothlórien, Galadriel, da trilogia de J.R.R. Tolkien, The Lord of the Rings (br: O Senhor dos Anéis), a coronel Irina Spalko em Indiana Jones and the Kingdom of the Crystal Skull (br: Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal), Daisy em The Curious Case of Benjamin Button (br: O Curioso Caso de Benjamin Button) e Katharine Hepburn no filme de Martin Scorsese, The Aviator (br: O Aviador), papel pelo qual recebeu o Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante.[1][2][3] Em 2014, ganhou o Oscar de Melhor Atriz por Blue Jasmine, de Woody Allen e em 2016 foi nomeada na categoria de Melhor Atriz por sua performance em Carol.

Blanchett é uma das poucas atrizes a terem conquistado um Oscar de Melhor Atriz e um Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante. Além dela, apenas Ingrid Bergman, Helen Hayes, Maggie Smith, Meryl Streep, Jessica Lange e Renée Zellweger alcançaram esse feito.

BiografiaEditar

Blanchett nasceu em Ivanhoe, um subúrbio de Melbourne, em Victoria, na Austrália. É filha de June, australiana e professora, e de Robert "Bob" Blanchett, texano de ascendência francesa e oficial da marinha americana, que mais tarde trabalhou como executivo de publicidade. Seus pais se conheceram quando Bob pertencia à guarnição do navio USS Arneb em Melbourne. O pai de Blanchett morreu vítima de um ataque cardíaco quando ela tinha dez anos de idade. Tem dois irmãos; o mais velho, Bob, é um engenheiro de sistemas informáticos, e a mais nova, Genevieve, trabalhou como designer em um teatro e recebeu seu Bacharelado em Design de Arquitetura, em abril de 2008.

Blanchett frequentou a escola primária em Melbourne na Ivanhoe East Primary School, antes de completar o ensino secundário na Methodist Ladies' College, uma escola metodista feminina, onde começou a explorar sua paixão pela atuação. Ela estudou Economia e Belas Artes na Universidade de Melbourne antes de sair da Austrália para viajar pelo exterior. Quando ela tinha dezoito anos, e passava férias no Egito, um hóspede do hotel onde ela estava hospedada no Cairo perguntou se ela queria ser figurante em um filme, no dia seguinte ela encontrou-se em uma cena no meio de uma multidão torcendo para um pugilista americano que perdia para um pugilista egípcio no filme Kaboria, estrelado pelo falecido ator egípcio Ahmad Zaki. Blanchett retornou para a Austrália e mais tarde mudou-se para Sydney para estudar no Instituto Nacional de Arte Dramática. Formou-se em 1992, começando sua carreira nos palcos.

Seu marido é o dramaturgo e roteirista Andrew Upton, que ela conheceu em 1996 enquanto atuava na produção da peça dele The Seagull. Não foi amor à primeira vista, no entanto, "Ele me achou boba e eu o achei arrogante", comentou Blanchett mais tarde. Os dois se casaram em 29 de dezembro de 1997. O primeiro filho deles, Dashiell John, nasceu em 3 de dezembro de 2001, o segundo, Roman Robert, em 23 de abril de 2004 e o terceiro, Ignatius Martin, em 13 de abril de 2008. Ela e seu marido são diretores artísticos da Sydney Theatre Company.

Depois de fazer de Brighton, Inglaterra, seu principal lar, ela e seu marido voltaram a residir na Austrália. Em novembro de 2006, Blanchett afirmou que a mudança era devido a uma vontade de dar um lar permanente para seus filhos, e para estar mais próxima de sua família, bem como um sentimento de pertencer a uma comunidade teatral australiana. Ela e sua família vivem em "Bulwarra", uma mansão no subúrbio de Sydney Harbourside Hunters Hill, que foi comprada por 10,2 milhões de dólares australianos em 2004 e submetida a uma extensa reforma, em 2007, a fim de se tornar mais "ecologicamente correta".

Blanchett é patrona do Festival de Cinema de Sydney. Em 2007 Blanchett tornou-se a embaixadora para a Australian Conservation Foundation, uma campanha on-line que tenta mobilizar os australianos para expressar as suas preocupações sobre as alterações climáticas. Também é patrona da instituição de caridade SolarAid. Na abertura do 9.º Congresso Mundial de Metrópoles em 2008, realizado em Sydney, Blanchett disse: "A única coisa que todas as grandes cidades têm em comum é que todas elas são diferentes".

No início de 2009, Blanchett apareceu em uma série de selos postais para a edição especial chamada "Australian Legends of the Screen", com atores australianos reconhecidos pela "notável contribuição que deram para o entretenimento e cultura australianos". Ela, Geoffrey Rush, Russell Crowe e Nicole Kidman aparecem duas vezes em cada uma das séries: uma vez como eles próprios e uma vez em personagens; Blanchett está representada na personagem Elizabeth I de Elizabeth: The Golden Age (br: Elizabeth: A Era de Ouro).

Em 2015, Blanchett adotou uma menina Vivienne, realizando, assim, o sonho de ter uma filha.[4] Em maio de 2015, revelou que já se relacionou, porém não sexualmente, com outras mulheres.[5][6] Na mesma ocasião ela disse que valoriza sua privacidade.

CarreiraEditar

 
Blanchett dando autógrafos em Berlim (2005).

Seu primeiro grande papel principal foi no palco na peça Oleanna, de 1993, dirigida por David Mamet, contracenando com Geoffrey Rush, para o qual ela ganhou o prêmio Sydney Theatre Critics de melhor estreia. Também apareceu como Ofélia na produção de 1994 – 1995 de Hamlet, dirigida por Neil Armfield co-estrelando com Richard Roxburgh e novamente com Geoffrey Rush. Blanchett apareceu na minissérie Heartland, contracenando com Ernie Dingo, e na minissérie Bordertown, com Hugo Weaving, e em um episódio de Police Rescue intitulado "The Loaded Boy". Apareceu em 1994 em Police Rescue, filme para a televisão, como uma professora refém de bandidos armados e nos 50 minutos de drama Parklands de 1996, que recebeu um lançamento limitado nos cinemas australianos.

Blanchett fez sua estreia internacional no cinema em 1997 com um papel de apoio como uma enfermeira australiana capturada pelo Exército japonês durante a Segunda Guerra Mundial, no filme Paradise Road (br: Um Canto de Esperança), dirigido por Bruce Beresford e estrelado por Glenn Close e Frances McDormand. Seu primeiro papel principal, também em 1997, foi como "Lucinda Leplastrier" na produção Oscar and Lucinda (br: Oscar e Lucinda), contracenando com Ralph Fiennes. Coincidentemente, Peter Carey, o autor de Oscar e Lucinda, tinha conhecido o pai de Blanchett, Bob, quando ambos trabalhavam com publicidade em Melbourne. Blanchett foi indicada para o seu primeiro prêmio, o Australian Film Institute Awards de melhor atriz por este papel, mas perdeu para Pamela Rabe em The Well. Ela, no entanto, ganhou o prêmio AFI de melhor atriz coadjuvante no mesmo ano por seu papel como Lizzie na comédia romântica Thank God He Met Lizzie (br: Ainda Bem Que Ele Conheceu Lizzie), co-estrelada por Richard Roxburgh e Frances O'Connor.

Seu primeiro grande papel de visibilidade internacional foi como Elizabeth I da Inglaterra, em 1998 no filme Elizabeth, por esse papel, ela recebeu uma indicação ao Oscar de melhor atriz. Blanchett perdeu para Gwyneth Paltrow por seu papel em Shakespeare in Love (br: Shakespeare Apaixonado), mas ganhou um British Academy Award (BAFTA) e um Globo de Ouro de melhor atriz em filme de drama. No ano seguinte, Blanchett foi indicada a um outro prêmio BAFTA por seu papel de apoio em The Talented Mr. Ripley (br: O Talentoso Ripley).

Em 2001 apareceu em The Lord of the Rings: The Fellowship of the Ring (br: O Senhor dos Anéis: A Sociedade do Anel), de Peter Jackson. Ela desempenhou o papel de Galadriel em todos os três filmes. A trilogia detém o recorde como a mais alta trilogia cinematográfica de todos os tempos.

Mais tarde, em 2005, ganhou o Oscar de melhor atriz coadjuvante por seu papel de Katharine Hepburn no filme The Aviator (br: O Aviador), de Martin Scorsese.

Em 2006 estrelou Babel ao lado de Brad Pitt, e Notes on a Scandal (br: Notas Sobre um Escândalo), interpretando Sheba Hart e contracenando com Dame Judi Dench. Coincidentemente, Dench ganhou o Oscar de melhor atriz coadjuvante por interpretar a rainha inglesa Elizabeth I, no mesmo ano, Blanchett perdeu por interpretar a mesma figura histórica, embora em uma categoria diferente. Blanchett recebeu sua terceira indicação ao Oscar por seu desempenho no filme (Dench também foi indicada ao Oscar).

Em 2007, ganhou o prêmio Volpi Cup de melhor atriz no Festival de Cinema de Veneza e um Globo de Ouro de melhor atriz coadjuvante, por retratar uma das seis encarnações de Bob Dylan no filme I'm Not There (br: Não Estou Lá) de Todd Haynes e reprisou o seu papel como Elizabeth I na sequência de Elizabeth intitulada Elizabeth: The Golden Age (br: Elizabeth: A Era de Ouro). Na 80.ª cerimônia do Oscar, Blanchett recebeu duas indicações, incluindo Melhor Atriz por Elizabeth: The Golden Age (br: Elizabeth: A Era de Ouro) e Melhor Atriz Coadjuvante por I'm Not There (br: Não Estou Lá), tornando-se apenas o 11.º ator a receber duas candidaturas no mesmo ano, e a primeira atriz a receber outra indicação por reprisar um papel.

 
A estrela de Blanchett na Calçada da Fama.

Em 2007 Blanchett foi nomeada pela revista TIME como uma das 100 pessoas mais influentes em todo o mundo e também uma das mais bem sucedidas atrizes pela revista Forbes. Atuou no filme Indiana Jones and the Kingdom of the Crystal Skull (br: Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal), como a agente da KGB Cel. Dr.ª Irina Spalko.

Blanchett e seu marido assinaram contrato de três anos como co-diretores artísticos da Sydney Theatre Company, em janeiro de 2008. Seus contratos incluíam uma cláusula que permitia que qualquer um deles pudesse ter três meses de cada ano para exercer outras atividades.

Blanchett apareceu no cinema com Brad Pitt, pela segunda vez em The Curious Case of Benjamin Button (br: O Curioso Caso de Benjamin Button), de David Fincher, no final de 2008. Blanchett emprestou sua voz para o filme Gake no ue no Ponyo no papel de Gran Mamare.

Em 5 de dezembro de 2008 Blanchett foi honrada com uma estrela na Calçada da Fama no Hollywood Boulevard, em frente ao Grauman's Egyptian Theatre.

Depois de interpretar a vilã russa Irina Spalko em Indiana Jones and the Kingdom of the Crystal Skull (br: Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal), membros do Partido Comunista Russo declararam que Blanchett deveria "estar sob ameaça de desemprego por aceitar o papel no filme" e que ela e Harrison Ford eram "atores de segunda categoria".[7]

Em 2014, Blanchett ganhou o Oscar de Melhor Atriz por sua atuação em Blue Jasmine Em 2017, Blanchett interpretou a vilã Hela em filme Thor: Ragnarok.

FilmografiaEditar

Filmes
Ano Título Papel Notas
1994 Police Rescue Vivian
1996 Parklands Rosie
1997 Oscar and Lucinda Lucinda Leplastrier br: Oscar e Lucinda
Thank God He Met Lizzie Lizzie br: Ainda Bem que Ele Conheceu Lizzie
Paradise Road Susan Macarthy br: Um Canto de Esperança
1998 Elizabeth Elizabeth I br: Elizabeth
1999 The Talented Mr. Ripley Meredith Logue br: O Talentoso Ripley
Pushing Tin Connie Falzone br: Alto Controle
An Ideal Husband Lady Gertrude Chiltern br: O Marido Ideal
Bangers Julie–Anne
2000 The Gift Annabelle "Annie" Wilson br: O Dom da Premonição
The Man Who Cried Lola br: Porque os Homens Choram
2001 The Shipping News Petal br: Chegadas e Partidas
Charlotte Gray Charlotte Gray br: Charlotte Gray - Paixão Sem Fronteiras
The Lord of the Rings: The Fellowship of the Ring Galadriel br: O Senhor dos Anéis: A Sociedade do Anel
Bandits Kate Wheeler br: Vida Bandida
2002 The Lord of the Rings: The Two Towers Galadriel br: O Senhor dos Anéis: As Duas Torres
Heaven Philippa br: Paraíso
2003 The Lord of the Rings: The Return of the King Galadriel br: O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei
The Missing Magdalena Gilkeson br: Desaparecidas
Coffee and Cigarettes Cate / Shelly br: Sobre Café e Cigarros
Veronica Guerin Veronica Guerin br: O Custo da Coragem
2004 The Aviator Katharine Hepburn br: O Aviador
The Life Aquatic with Steve Zissou Jane Winslett–Richardson br: A Vida Marinha com Steve Zissou
2005 Little Fish Tracy br: Sob o Efeito da Água
2006 Notes on a Scandal Sheba Hart br: Notas Sobre um Escândalo
The Good German Lena Brandt br: O Segredo de Berlim
Babel Susan Jones br: Babel
Stories of Lost Souls Julie–Anne
2007 Elizabeth: The Golden Age Rainha Elizabeth I br: Elizabeth: A Era de Ouro
I'm Not There Jude br: Não Estou Lá
Hot Fuzz Jeanine br: Chumbo Grosso
2008 The Curious Case of Benjamin Button Daisy br: O Curioso Caso de Benjamin Button
Gake no ue no Ponyo Gran Mamare (voz)
Indiana Jones and the Kingdom of the Crystal Skull Irina Spalko br: Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal
2010 Robin Hood Lady Marion Loxley br: Robin Hood
2011 Hanna Marissa Wiegler br: Hanna
2012 The Hobbit: An Unexpected Journey Galadriel br: O Hobbit: Uma Jornada Inesperada
2013 Blue Jasmine Jeanette "Jasmine" Francis br: Blue Jasmine
The Hobbit: The Desolation of Smaug Galadriel br: O Hobbit: A Desolação de Smaug
2014 How to Train Your Dragon 2 Valka (voz) br: Como Treinar o Seu Dragão 2
The Hobbit: The Battle of the Five Armies Galadriel br: O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos
2015 Knight of Cups Nancy br: Cavaleiro de Copas
Cinderella Madrasta br: Cinderella
Carol Carol Aird br: Carol
2017 Song to Song Amanda
Thor: Ragnarok Hela br: Thor: Ragnarok
2018 Ocean's 8 Lou br: Oito Mulheres e Um Segredo
The House with a Clock in Its Walls Florence Zimmerman br: O Mistério do Relógio na Parede
Mowgli: Legend of the Jungle Kaa br: Mogli: Entre Dois Mundos
2019 How to Train Your Dragon 3 Valka (voz) br: Como Treinar o Seu Dragão 3
Where'd You Go, Bernadette Bernadette Fox
2021 Don't Look Up Brie Evantee br: Não Olhe Para Cima
2022 Tár Lydia Tár
Televisão
Ano Título Papel Notas
1993 Police Rescue Mrs. Haines 1 episódio
1994 G. P. Janie Morris
Heartland Elizabeth Ashton Mini-série
1995 Bordertown Bianca
2020 Mrs. America Phyllis Schlafly Mini-Série

Prêmios e indicaçõesEditar

ÓscarEditar

Ano Categoria Indicação Notas
1999 Melhor Atriz Elizabeth Indicado
2005 Melhor Atriz Coadjuvante The Aviator Venceu
2007 Notes on a Scandal Indicado
2008 I'm Not There Indicado
Melhor Atriz Elizabeth: The Golden Age Indicado
2014 Blue Jasmine Venceu
2016 Carol Indicado
2023 Tár Pendente

Emmy AwardsEditar

Ano Categoria Indicação Notas
2020 Melhor Atriz em Minissérie ou Telefilme Mrs. America Indicado
Melhor Minissérie (como produtora) Indicado

Tony AwardsEditar

Ano Categoria Indicação Notas
2017 Melhor Atriz Principal no Teatro The Present Indicado

Globo de OuroEditar

Ano Categoria Indicação Notas
1999 Melhor Atriz em Cinema - Drama Elizabeth Venceu
2002 Melhor Atriz em Cinema - Comédia ou Musical Bandits Indicado
2004 Melhor Atriz em Cinema - Drama Veronica Guerin Indicado
2005 Melhor Atriz Coadjuvante em Cinema The Aviator Indicado
2007 Notes on a Scandal Indicado
2008 I'm Not There Venceu
Melhor Atriz em Cinema - Drama Elizabeth: The Golden Age Indicado
2014 Blue Jasmine Venceu
2016 Carol Indicado
2020 Melhor Atriz em Cinema - Comédia ou Musical Where'd You Go, Bernadette Indicado
2021 Melhor Atriz em Minissérie ou Telefilme Mrs. America Indicado
2023 Melhor Atriz em Cinema - Drama Tár Venceu

BAFTAEditar

Ano Categoria Indicação Notas
1999 Melhor Atriz Elizabeth Venceu
2000 Melhor Atriz Coadjuvante The Talented Mr. Ripley Indicado
2005 The Aviator Venceu
2008 I'm Not There Indicado
Melhor Atriz Elizabeth: The Golden Age Indicado
2014 Blue Jasmine Venceu
2016 Carol Indicado
2023 Tár Pendente

SAG AwardsEditar

Ano Categoria Indicação Notas
1999 Melhor Atriz Principal Elizabeth Indicado
2002 Melhor Atriz Coadjuvante Bandits Indicado
Melhor Elenco em Cinema The Lord of the Rings: The Fellowship of the Ring Indicado
2003 The Lord of the Rings: The Two Towers Indicado
2004 The Lord of the Rings: The Return of the King Venceu
2005 The Aviator Indicado
Melhor Atriz Coadjuvante Venceu
2007 Notes on a Scandal Indicado
Melhor Elenco em Cinema Babel Indicado
2008 Melhor Atriz Principal Elizabeth: The Golden Age Indicado
Melhor Atriz Coadjuvante I'm Not There Indicado
2009 Melhor Elenco em Cinema The Curious Case of Benjamin Button Indicado
2014 Melhor Atriz Principal Blue Jasmine Venceu
2016 Carol Indicado
2021 Melhor Atriz em Minissérie ou Telefilme Mrs. America Indicado
2022 Melhor Atriz Coadjuvante Nightmare Alley Indicado
Melhor Elenco em Cinema Don't Look Up Indicado
2023 Melhor Atriz Principal Tár Pendente

Television Critics' Association AwardsEditar

Ano Categoria Indicação Notas
2020 Melhor Performance Individual em Drama Mrs. America Indicado

Critics' Choice AwardsEditar

Ano Categoria Indicação Notas
1999 Melhor Atriz em Cinema Elizabeth Venceu
2004 Melhor Elenco The Lord of the Rings: The Return of the King Venceu
2014 Melhor Atriz em Cinema Blue Jasmine Venceu
2023 Melhor Atriz em Cinema Tár Venceu

Referências

  1. «Audrey Hepburn 'most beautiful woman of all time'» (em inglês). Sydney Morning Herald. Consultado em 21 de outubro de 2008 
  2. «Cate Blanchett». Revista People (em inglês). People.com. Consultado em 21 de outubro de 2008 
  3. «The most beautiful women?». Londres. The Times (em inglês). Consultado em 21 de outubro de 2008 
  4. «Cate Blanchett adota bebê e é flagrada com a criança no aeroporto». Revista Monet. 6 de março de 2015. Consultado em 6 de março de 2015 
  5. «Título ainda não informado (favor adicionar)». Folha de S. Paulo 
  6. «Título ainda não informado (favor adicionar)». Twitter 
  7. «Russos Pedem que Indiana Jones Seja Banido do País». Omelete 

Ligações externasEditar