Abrir menu principal

Fórum para o Progresso e Desenvolvimento da América do Sul

organização intergovernamental
(Redirecionado de Prosul)
Mapa dos países signatários do documento da reunião de 22 de março de 2019

Fórum para o Progresso e Desenvolvimento da América do Sul (PROSUL; em castelhano: Foro para el Progreso y Desarrollo de América del Sur) é um projeto, idealizado pelo presidente chileno Sebastián Piñera, de criação de um bloco "aberto a todos os países da América do Sul e sem ideologias" e "uma estrutura flexível, leve, barata, com regras de funcionamento claras e com um mecanismo ágil de tomada de decisões",[1] para substituir a União de Nações Sul-Americanas (Unasul), sem um secretário-geral designado desde 2017. Todos os países do subcontinente sul-americano, exceto Venezuela,[2] foram convidados ao evento e à formação do bloco. Oito deles ratificaram sua participação: Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Guiana, Equador, Paraguai e Peru. Já os líderes da Bolívia, do Uruguai e do Suriname não compareceram à cúpula, mas enviaram representantes, que apenas observaram a reunião sem assinarem o documento; a chancelaria chilena informou que estes podem vir a assinar depois, se desejarem[3]

Ver tambémEditar

Referências