Abrir menu principal
Question book-4.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde abril de 2012). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Rachel Martins
Nome completo Rachel Loyola Martins
Outros nomes Raquel Martins
Nascimento 21 de julho de 1912
São Paulo, SP
Nacionalidade brasileira
Morte 2 de dezembro de 1974 (62 anos)
São Paulo, SP

Rachel Loyola Martins, conhecida como Rachel Martins (São Paulo, 21 de julho de 1912 - São Paulo, 2 de dezembro de 1974) foi uma atriz, dubladora e comediante brasileira.[1]

BiografiaEditar

Rachel Martins desde cedo quis ser atriz. Nasceu na capital paulista em 1912 e aos 16 anos de idade foi trabalhar no circo para ajudar sua família.

Rachel Martins foi se especializando em comédia. Como comediante, fez grande sucesso nos anos 40 e 50, participando de diversos programas de rádio, dentre as quais a Rádio Cultura de São Paulo que era chamada de Palácio do Rádio e que fazia grande parte de sua programação ao vivo, no auditório da emissora. Ali, Rachel Martins reinava.

Depois, Rachel Martins foi para a televisão. Na TV Paulista, ela participou dos programas de Manoel da Nóbrega, maior nome do humor na época.

Trabalhou em três emissoras : TV Paulista (atual Rede Globo), TV Excelsior, e TV Tupi.

Rachel também fez vários filmes, tendo participado até de uma produção norte-americana.

Faleceu em 1974, em decorrência de um tumor, estava atuando na novela A Barba-Azul na trama ela era a personagem Zazá e sua personagem desapareceu da trama.

RádioEditar

TelevisãoEditar

Ano Título Papel
1957 Praça da Alegria Vovó Romena
1965 O Céu É de Todos Calinda
Ainda Resta uma Esperança Conceição
A Deusa Vencida Vina
1966 Anjo Marcado Deusa
1968 A Pequena Órfã Amazília
1969 A Cabana do Pai Tomás Dona Marta
1970 Pigmalião 70 Carola Von Rolambach
A Próxima Atração Lourdes
1971 Minha Doce Namorada Virgínia
Caso Especial (episódio N° 1)
1973 Os ossos do barão Rosa
1974 A Barba-Azul Zazá

CinemaEditar

Ano Título Papel
1952 Simão, o Caolho Marcolina
1954 O Circo Chegou à Cidade Dona Maricota[2]
Mulher de Verdade
1955 Senhora Clara
1957 A Doutora é Muito Viva
1963 Crime no Sacopã
1968 A Noite do Meu Bem Mãe de Dolores

Referências