Abrir menu principal

Saneamento Básico, o Filme

filme de 2007 dirigido por Jorge Furtado
Saneamento Básico, o Filme
 Brasil
2007 •  cor •  112 min 
Direção Jorge Furtado
Roteiro Jorge Furtado
Elenco Fernanda Torres
Wagner Moura
Camila Pitanga
Bruno Garcia
Lázaro Ramos
Tonico Pereira
Paulo José
Lúcio Mauro Filho
Zéu Brito
Janaína Kremer
Género comédia
Lançamento 20 de julho de 2007[1]
Idioma português

Saneamento Básico, o Filme é um filme brasileiro de 2007 do gênero comédia, dirigido e escrito por Jorge Furtado, produzido pela Casa de Cinema de Porto Alegre e distribuído pela Columbia Pictures do Brasil.

Índice

SinopseEditar

Os moradores da fictícia Linha Cristal, uma pequena vila de descendentes de colonos italianos localizada na Serra Gaúcha, reúnem-se para tomar providências a respeito da construção de uma fossa para o tratamento do esgoto. Eles elegem uma comissão, que é responsável em fazer o pedido junto à subprefeitura. A secretária do prefeito reconhece a necessidade da obra, mas informa que não há verba para realizá-la. Entretanto, a prefeitura dispõe de quase R$ 10.000 para a produção de um filme. Este dinheiro foi dado pelo governo federal e, se não for usado, será devolvido em breve. Surge então a ideia de usar a quantia para realizar a obra e rodar um filme sobre a própria obra. Porém, a retirada da quantia depende da apresentação de um roteiro e de um projeto do filme, além de haver a exigência que ele seja de ficção. Desta forma os moradores se reúnem para elaborar um filme barato, que conta a história de um monstro que vive nas obras de construção de uma fossa.

ElencoEditar

ProduçãoEditar

 
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações (desde junho de 2017). Ajude a melhorar este artigo inserindo fontes.

Jorge Furtado trabalhou durante dois anos no roteiro. A cidade de Monte Belo do Sul, no Rio Grande do Sul, na comunidade de Nossa senhora da Saúde, serviu de locação para as cenas da Vila Cristal, onde também se situava a Movelaria. A cidade de Bento Gonçalves, no Rio Grande do Sul, serviu de locação para algumas cenas do filme. A cidade de Santa Tereza, no Rio Grande do Sul, serviu de locação para as cenas com as autoridades municipais. As filmagens ocorreram entre 11 de julho e 13 de agosto de 2006.

RecepçãoEditar

De acordo com Ana Paula Sousa, da revista Carta Capital, o filme é "engraçado como poucos títulos brasileiros recentes têm conseguido ser".[2] Já Dayanne Mikevis, da Folha de S.Paulo, afirma que o filme é "uma diversão leve e pode ser visto como uma comédia ingênua" e que "o destaque é o elenco".[3]


Referências

  1. «ESTRÉIA - Comédia "Saneamento Básico" ironiza jeitinho brasileiro». UOL Cinema. 19 de julho de 2007. Consultado em 11 de maio de 2015 
  2. «Cópia arquivada». Consultado em 13 de outubro de 2007. Arquivado do original em 25 de junho de 2007 
  3. http://www1.folha.uol.com.br/folha/ilustrada/ult90u313425.shtml

Ligações externasEditar