Santino Ferrucci

piloto de automóvel estadunidense

Santino Ferrucci (Woodbury, 31 de maio de 1998) é um automobilista estadunidense.

Santino Ferrucci
Nascimento 31 de maio de 1998 (23 anos)
Woodbury
Cidadania Estados Unidos
Ocupação automobilista, automobilista
Página oficial
http://www.santinoferrucci.com/about/

CarreiraEditar

GP3 SeriesEditar

Ferrucci participou em 2016 do campeonato da GP3 Series com a equipe francesa DAMS.[1] Em fevereiro de 2017, a DAMS contratou Ferrucci para uma segunda temporada da GP3 Series.[2]

Fórmula 2Editar

Ferrucci fez sua estreia no Campeonato de Fórmula 2 da FIA na Hungria e terminou o restante da temporada com a Trident.[3] Ele continuou com a equipe para a disputa da temporada de 2018.[4][5]

No evento da Inglaterra, Ferrucci cometeu uma série de infrações que resultou em seu banimento por quatro corridas: Na primeira prova do fim de semana, no sábado, o piloto forçou o companheiro de equipe Arjun Maini para fora da pista, sendo punido com a adição de tempo ao seu resultado; No domingo, na segunda corrida da Fórmula 2 na Inglaterra, Ferrucci novamente forçou o companheiro para fora da pista na curva 4, de maneira deliberada. Ferrucci foi convocado para ver os comissários, mas não compareceu, sendo posteriormente desclassificado da prova. A própria equipe dele, Trident, depôs contra Ferrucci, afirmando que a batida foi realmente proposital. Além disso, ele acertou de propósito a traseira do companheiro na volta de desaceleração, momentos após a bandeirada da segunda corrida, e também foi flagrado transitando entre o padoque improvisado da Fórmula 2 e o pit lane sem luvas e portando celular, o que é proibido. Com base nisso, a direção de prova resolveu, além da desclassificação do evento da Inglaterra, puniu o piloto com dois eventos de suspensão (Hungria e Bélgica), com um total de quatro corridas, além de uma multa no valor de 60 mil euros (R$ 270 mil). A equipe se desculpou com o incidente, se solidarizou com Maini e afirmou que tomaria medidas legais.[6]

Em 18 de julho, Ferrucci foi demitido pela equipe Trident, citando seu comportamento e o não pagamento do dinheiro exigido por contrato. A Trident descobriu que o dinheiro tinha sido disponibilizado para a corrida do piloto na IndyCar Series de 1 a 3 de junho, ao mesmo tempo em que deixou de pagar as suas dívidas com a equipe.[7][8]

Fórmula 1Editar

Após a confirmação da entrada de Ferrucci na GP3 Series, ele se tornou piloto de testes e reserva da equipe de Fórmula 1 Haas,[9][10] juntamente com o membro da Ferrari Driver Academy e o campeão da GP3, Charles Leclerc.[11]

Ferrucci teve seu primeiro contato com um carro de Fórmula 1 em julho de 2016, quando testou para a Haas em Silverstone depois do Grande Prêmio da Grã-Bretanha de 2016.[12] Ele admitiu estar assustado durante o teste do carro em condições de chuva, mas conseguiu completar o teste sem maiores problemas.[13]

Em dezembro de 2016, a Haas confirmou que Ferrucci seria mantido para a temporada de 2017 da Fórmula 1.[14] E, em março de 2018, a Haas confirmou que Ferrucci seria mantido novamente na equipe para a temporada de 2018.[15][16]

IndyCar SeriesEditar

Em junho de 2018, Ferrucci fez sua estreia na IndyCar Series no Grande Prêmio de Detroit pela equipe Dale Coyne Racing como substituto de Pietro Fittipaldi,[17] que havia sofrido um grave acidente, em 4 de maio daquele ano, o piloto brasileiro participava de um treino classificatório das 6 Horas de Spa-Francorchamps, etapa do Campeonato Mundial de Endurance da FIA (WEC, na sua sigla em inglês).[18] Ferrucci terminou em 22º na sua primeira corrida depois de bater na 56ª volta.

Referências

  1. «DAMS puts faith in impressive all-rookie line-up for maiden GP3 Series campaign». GP3 Series. GP2 Series Limited. 28 de janeiro de 2016. Consultado em 3 de julho de 2018 
  2. «DAMS reveal 2017 line up». GP3 Series. GP2 Motorsport Limited. 28 de fevereiro de 2017. Consultado em 3 de julho de 2018 
  3. «Santino Ferrucci to join Trident for remainder of 2017 Formula 2 Season from Budapest». 26 de julho de 2017. Consultado em 3 de julho de 2018 
  4. Kalinauckas, Alex (21 de fevereiro de 2018). «Haas F1 junior drivers to race for Trident in 2018 Formula 2 season». autosport.com. Motorsport Network. Consultado em 21 de fevereiro de 2018. Cópia arquivada em 17 de março de 2018 
  5. «Ferrucci and Maini spearhead Trident's 2018 line-up - Formula 2». www.fiaformula2.com. Consultado em 22 de fevereiro de 2018 
  6. «Piloto bate em companheiro, é suspenso de corridas e deve ser expulso do time». Globoesporte. Consultado em 9 de julho de 2018 
  7. «Trident terminates banned Ferrucci's contract». Motorsport.com. Consultado em 24 de julho de 2018 
  8. «Trident Formula 2 team drops banned Haas F1 junior Santino Ferrucci». Autosport.com. Consultado em 24 de julho de 2018 
  9. «Haas acerta com Ferrucci como piloto de desenvolvimento». Motorsport.com. 10 de março de 2016. Consultado em 22 de janeiro de 2017 
  10. «F1 – Haas vai manter Ferrucci como piloto de desenvolvimento». Boa Informação. 22 de dezembro de 2016. Consultado em 22 de janeiro de 2017. Arquivado do original em 2 de fevereiro de 2017 
  11. Larson, Mike (10 de março de 2016). «Haas F1 signs American development driver». Autoweek. Consultado em 3 de julho de 2018 
  12. Collantine, Keith (6 de julho de 2016). «Haas to run American driver at Silverstone test». F1 Fanatic. Consultado em 3 de julho de 2018 
  13. Medland, Chris (12 de julho de 2016). «Ferrucci 'a little bit frightened' by wet test». en.f1i.com. Consultado em 3 de julho de 2018 
  14. Barretto, Lawrence (22 de dezembro de 2016). «Haas F1 team will keep Santino Ferrucci as development driver in 2017». Autosport. Consultado em 3 de julho de 2018 
  15. Edmondson, Laurence (28 de março de 2018). «Haas retains Santino Ferrucci as development driver». ESPN. Consultado em 3 de julho de 2018 
  16. «Haas decide manter Ferrucci apesar se suspensão na F2». Motorsport.com. Consultado em 24 de agosto de 2018 
  17. Robinson, Cooper. «FERRUCCI IMPRESSES IN OFFICIAL INDYCAR PRACTICE DEBUT». IndyCar. Consultado em 3 de julho de 2018 
  18. Edmondson, Laurence (4 de maio de 2018). «Neto de Fittipaldi tem fraturas nas duas pernas confirmadas pelo pai». UOL. Consultado em 3 de julho de 2018 

Ligações externasEditar