Abrir menu principal
Disambig grey.svg Nota: Se procura por a categoria de corridas de Fórmula 2, veja Fórmula 2. Se procura por a antiga competição, veja Campeonato de Fórmula Dois da FIA (2009–2012). Se procura por a GP2 Series, veja GP2 Series.

O Campeonato de Fórmula 2 da FIA[1] é uma categoria de automobilismo criada em 2017, após a renomeação da competição que até então ocupava seu lugar, a GP2 Series.[2]

Campeonato de Fórmula 2 da FIA
Nome da competição Campeonato de Fórmula 2 da FIA de 2019
FIA Formula 2 Championship logo.jpg
Categoria Monoposto
País ou região Internacional
Temporada inaugural 2017
Pilotos 20
Equipes 10
Construtores Dallara
Fornecedores dos motores Mecachrome
Fornecedores dos pneus Pirelli
Último piloto campeão Reino Unido George Russell
Última equipe campeã Reino Unido Carlin
Site oficial www.fiaformula2.com

A Fórmula 2 foi concebida para tornar a corrida acessível para as equipas e para oferecer um ambiente de treinamento perfeito para a vida na Fórmula 1, sendo obrigatório para todas as equipes usar o mesmo chassi, motor e fornecedor de pneus para refletir a verdadeira capacidade do piloto. As corridas da categoria são realizadas principalmente em circuitos europeus, mas também são disputadas em outros circuítos internacionais, bem como com as suas mais recentes corridas na temporada de 2017 no Circuito Internacional do Bahrein, no Bahrein, e no Circuito de Yas Marina, nos Emirados Árabes Unidos.

Sistema de numeraçãoEditar

O sistema de numeração empregado atualmente no Campeonato de Fórmula 2 da FIA se baseia na classificação das equipes da temporada anterior (semelhante ao sistema de numeração da Fórmula 1 entre 1996 e 2013), sistema este que é usado desde a criação da GP2 Series em 2005.

Fim de semana de corridaEditar

Na sexta-feira, os pilotos têm uma sessão de treinos livres de 45 minutos e uma sessão de qualificação de 30 minutos. A sessão de qualificação decide a ordem do grid de largada para a corrida de sábado que tem um comprimento de 180 quilômetros (112 milhas).

Durante a corrida de sábado, cada piloto tem que fazer um pit stop em que pelo menos dois pneus têm de ser trocados.

No domingo, há uma corrida de sprint de 120 quilômetros (75 milhas). A grelha é decidida pelo resultado de sábado com o top 8 sendo invertido, assim que o excitador que terminou 8º em sábado começará da posição de pole e o vencedor começará de 8º lugar.

Sistema de pontuaçãoEditar

A corrida mais longa recebe pontuação similar a da Fórmula 1:

Pontos na corrida longa
10º
25 18 15 12 10 8 6 4 2 1

O top 8 na corrida mais curta recebe os pontos da seguinte forma:

Pontos na corrida de sprint
15 12 10 8 6 4 2 1

A pole position da corrida mais longa vale 4 pontos e 2 pontos são dados pela volta mais rápida de cada corrida. O maior número de pontos que um piloto pode marcar em um fim de semana é 48.

O piloto que marcar a volta mais rápida tem que cumprir pelo menos 90% das voltas da corrida e deve terminar a corrida no top 10 para ser elegível aos pontos da volta mais rápida.

CampeõesEditar

PilotosEditar

Temporada Piloto Equipe Poles Vitórias Pódios Voltas rápidas Pontos Conquistado Margem
2017   Charles Leclerc   Prema Racing 8 7 10 4 282 Corrida 19 de 22 72
2018   George Russell   ART Grand Prix 5 7 11 6 287 Corrida 23 de 24 68

EquipesEditar

Temporada Equipe Poles Vitórias Pódios Voltas rápidas Pontos Conquistado Margem
2017   Russian Time 1 6 14 6 395 Corrida 22 de 22 15
2018   Carlin 2 1 17 2 383 Corrida 23 de 24 33

Tragédia em Spa-FrancorchampsEditar

Em 31 de agosto de 2019, foi registrado um gravíssimo acidente que culminou na morte do piloto Anthoine Hubert. O francês de 22 anos foi atingido pelo carro de Juan Manuel Correa durante a primeira prova do fim de semana da categoria realizada no circuito de Spa-Francorchamps, na Bélgica; um comunicado da FIA informou que Hubert foi levado ao centro médico do circuito após a batida e morreu às 18:35 no horário local (13:35 no horário de Brasília). Correa foi levado ao hospital em condição estável.[3][4]

Ver tambémEditar

Referências

  1. «Newly renamed F2 series to feature at 10 Grands Prix». Formula 1 – The Official F1® Website (em inglês). Consultado em 20 de maio de 2017 
  2. «Após reunião da FIA, GP2 muda de nome e passa a ser Fórmula 2». ESPN. 20 de abril de 2017. Consultado em 12 de março de 2017 
  3. «Piloto francês morre após grave acidente em corrida da Fórmula 2 na Bélgica». Globo Esporte. 31 de agosto de 2019. Consultado em 31 de agosto de 2019 
  4. «Acidente forte provoca encerramento da corrida da F2 na Bélgica com apenas 2 voltas». Grande Prêmio. 31 de agosto de 2019. Consultado em 31 de agosto de 2019 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre Automobilismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.