Sonja Jógvansdóttir

Sonja J. Jógvansdóttir (Tórshavn, Ilhas Faroe, 9 de novembro de 1977)[1][2] é uma jornalista e política das Ilhas Faroe que, até 16 de setembro de 2015, era membro do Partido Social Democrata das Ilhas Feroe. Tornou-se líder do Centro Sindical das Ilhas Feroe, sendo uma porta-voz dos direitos dos homossexuais nas Ilhas Faroe.[3][4][5]

Sonja Jógvansdóttir
Nascimento 9 de novembro de 1977
Tórshavn
Cidadania Ilhas Feroe
Alma mater
Ocupação jornalista, política

Carreira políticaEditar

Em 1 de setembro de 2015, Jógvansdóttir tornou-se a primeira faroense homossexual a ser eleita ao Parlamento local.[6][7] Recebeu a segunda maior quantidade de otos do Partido Social Democrata. Dias após a eleição e após o governo de Aksel V. Johannesen, foi divulgado que havia deixado o Partido Social Democrata. A razão pela qual ela deixou o partido baseia-se nas ideologias homofóbicas do partido. No momento de sua partida, prometeu que apoiaria o governo de Aksel V. Johannesen. Até março de 2016, continuava a ser uma política independente no Løgtingið. A coalizão partidária no Løgtingið conta com apenas 16 membros de 33 totais, após a saída de Jógvansdóttir.[8]

Projeto de lei LGBTEditar

Em 24 de setembro de 2015, Jógvansdóttir, ao lado da jornalista Bjørt Samuelsen, de Kristianna Winther Poulsen do Partido Social Democrata e de Hanna Jensen do Partido Progressista, enviaram um projeto de lei para o reconhecimento do Casamento entre pessoas do mesmo sexo no país.[9] O projeto entrou no Parlamento em 17 de novembro de 2015. A primeira leitura foi realizada em 24 de novembro de 2015 e a segunda leitura realizada em 7 de março de 2016.[10][11][12] A proposta legislativa ocorreu com sucesso, tendo o casamento homossexual legalizado em junho de 2017.[13]

Referências

  1. j.fo - Sonja Jógvansdóttir
  2. «kvindernesblaabog.dk - Sonja J. Jógvansdóttir». Consultado em 28 de março de 2018. Arquivado do original em 25 de setembro de 2015 
  3. kvf.fo - Stór undirtøka fyri LGBT Føroyar, published 3 June 2011.
  4. in.fo - Sonja Jógvansdóttir ætlar sær á ting
  5. kvf.fo - LGBT Føroyar skipar nýggja nevnd og byggir víðari
  6. kvinfo.dk - Stemmesluger Sonja Jógvansdóttir: Færøerne er klar til homo-vielser
  7. «local.fo - LGBT not mentioned in new coalition». Consultado em 28 de março de 2018. Arquivado do original em 20 de fevereiro de 2016 
  8. «Sonja tikið seg úr Javnaðarflokkinum» (em Faroese). Antares.fo. 16 de setembro de 2016. Consultado em 4 de março de 2016 
  9. Uppskot at broyta hjúnabandslógina latið tinginum
  10. 19/2015 Uppskot til rikislógartilmæli um at seta í gildi fyri Føroyar partar av broytingum í hjúnabandslógini og rættarvirknaðarlógini
  11. Dagsskráin 2015 - Týsdagur, 24. November 2015, kl. 10:00
  12. Magnason, Svein (26 de fevereiro de 2016). «Nú kemur álitið um hjúnabandslógina» (em Faroese). Kringvarp Føroya. Consultado em 4 de março de 2016 
  13. «Same-sex marriage legalised in the Faroe Islands». Faroe Islands. 15 de junho de 2016. Consultado em 27 de março de 2018