Lista de tenistas número 1 do Brasil (simples masculino)

artigo de lista da Wikimedia

O tênis nunca foi um dos esportes mais tradicionais do Brasil, ainda assim tenistas brasileiros já conquistaram 10 vezes torneios de Grand Slam.

A tradição brasileira no tênis começou no feminino com a paulista Maria Esther Bueno, 4 vezes campeã do US Open e 3 vezes campeã em Wimbledon.

O Brasil ainda voltou a vencer Grand Slam com o catarinense Gustavo Kuerten, 3 vezes campeão em Roland Garros.

A seguir é apresentada a lista de brasileiros que lideraram o Ranking Nacional Masculino de Simples desde a criação do Ranking Mundial da ATP, em 1973.

Número 1 do ranking brasileiroEditar

Ano Líder do ranking # Ranking mundial
1973   Edison Mandarino 104
1974   Thomaz Koch 24
1975   Thomaz Koch 62
1976   Thomaz Koch 58
1977   Carlos Alberto Kirmayr 120
1978   Carlos Alberto Kirmayr 78
1979   Carlos Alberto Kirmayr 57
1980   Marcos Hocevar 50
1981   Carlos Alberto Kirmayr 36
1982   Marcos Hocevar 37
1983   Cássio Motta 80
1984   Givaldo Barbosa 83
1985   Júlio Góes 96
1986   Cássio Motta 49
1987   Luiz Mattar 38
1988   Luiz Mattar 44
1989   Luiz Mattar 68
1990   Luiz Mattar 43
1991   Jaime Oncins 64
1992   Jaime Oncins 48
1993   Luiz Mattar 70
1994   Luiz Mattar 73
1995   Fernando Meligeni 64
1996   Gustavo Kuerten 88
1997   Gustavo Kuerten 14
1998   Gustavo Kuerten 23
1999   Gustavo Kuerten 5
2000   Gustavo Kuerten 1
2001   Gustavo Kuerten 2
2002   Gustavo Kuerten 37
2003   Gustavo Kuerten 16
2004   Gustavo Kuerten 40
2005   Marcos Daniel 94
2006   Thiago Alves 106
2007   Marcos Daniel 118
2008   Thomaz Bellucci 85
2009   Thomaz Bellucci 36
2010   Thomaz Bellucci 31
2011   Thomaz Bellucci 37
2012   Thomaz Bellucci 33
2013   Thomaz Bellucci 126
2014   Thomaz Bellucci 65
2015   Thomaz Bellucci 37
2016   Thomaz Bellucci 61
2017   Rogério Dutra Silva 101
2018   Thiago Monteiro 120
2019   Thiago Monteiro 89
2020   Thiago Monteiro 84

Melhores colocações no ranking mundialEditar

Considerando apenas os tenistas brasileiros que conseguiram estar entre os 50 melhores do mundo.

  • Atualizado em 15/12/2020
#   Brasileiros Melhor posição Quando atingiu a marca
1.   Gustavo Kuerten 1 4 de dezembro de 2000
2.   Thomaz Bellucci 21 26 de julho de 2010
3.   Thomaz Koch 24 20 de dezembro de 1974
4.   Fernando Meligeni 25 11 de outubro de 1999
5.   Luiz Mattar 29 1 de maio de 1989
6.   Marcos Hocevar 30 20 de junho de 1983
7.   Jaime Oncins 34 3 de maio de 1993
8.   Carlos Alberto Kirmayr 36 10 de agosto de 1981
9.   Flávio Saretta 44 15 de setembro de 2003
10.   Cássio Motta 48 8 de dezembro de 1986
11.   Ricardo Mello 50 25 de julho de 2005

Títulos brasileiros no ATPEditar

Tenista # Títulos
  Gustavo Kuerten 20 1997:   Roland-Garros / 1998:   Aberto de Stuttgart / 1998:   Aberto de Mallorca / 1999:   Aberto de Monte Carlo /
1999:   Aberto de Roma / 2000:   Aberto de Santiago / 2000:   Aberto de Hamburgo / 2000:   Roland-Garros /
2000:   Aberto de Indianápolis / 2000:   Masters Cup / 2001:   Aberto de Buenos Aires / 2001:   Aberto de Acapulco /
2001:   Aberto de Monte Carlo / 2001:   Roland-Garros / 2001:   Aberto de Stuttgart / 2001:   Aberto de Cincinnati /
2002:   Brasil Open / 2003:   Aberto de Auckland / 2003:   Aberto de St. Petersburg / 2004:   Brasil Open
  Luiz Mattar 7 1987:   Torneio do Guarujá de Tênis / 1988:   Torneio do Guarujá de Tênis / 1989:   Torneio do Guarujá de Tênis /
1989:   Aberto do Rio de Janeiro de Tênis / 1990:   Aberto do Rio de Janeiro de Tênis / 1992:   Torneio de São Paulo de Tênis /
1994:   Delray Beach Open
  Thomaz Bellucci 4 2009:   Aberto de Gstaad / 2010:   Aberto de Santiago / 2012:   Aberto de Gstaad / 2015:   Aberto de Genebra
  Fernando Meligeni 3 1995:   Aberto de Bastad / 1996:   Aberto de Pinehurst / 1998:   «Aberto de Praga» (em inglês) 
  Thomaz Koch 2 1969:   Aberto de Caracas / 1971:   Aberto de Caracas
  Jaime Oncins 2 1992:   Aberto de Búzios de Tênis / 1992:   «Aberto de Bologna» (em inglês) 
  José Edison Mandarino 1 1962:   Aberto de Munique
  Ricardo Mello 1 2004:   Delray Beach Open
  Thiago Seyboth Wild 1 2020:   Chile Open

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar