The Star-Spangled Banner

Hino nacional dos Estados Unidos da América

"The Star-Spangled Banner" (em português: "A Bandeira Estrelada") é o hino nacional dos Estados Unidos. A letra vem de "Defesa de Fort M'Henry",[1] um poema escrito em 14 de setembro de 1814, pelo advogado e poeta amador Francis Scott Key, de 35 anos, após testemunhar o bombardeio de Fort McHenry por navios britânicos da Marinha Real em Baltimore Harbour durante a Batalha de Baltimore na Guerra de 1812. Key foi inspirado pela grande bandeira dos EUA, com 15 estrelas e 15 listras, conhecida como "Star-Spangled Banner", voando triunfalmente acima do forte durante a vitória dos EUA.

The Star-Spangled Banner
Português:  A Bandeira Estrelada
Cópia do poema Defence of Fort McHenry onde está contido a letra original do hino.

Hino Nacional dos
 Estados Unidos

Letra Francis Scott Key, 1814
Composição John Stafford Smith, 1780
Adotado 3 de março de 1931
Letra do hino (Wikisource)
Wikisource-logo.svg The Star-Spangled Banner

O poema foi definido ao som de uma popular canção britânica escrita por John Stafford Smith para a Sociedade Anacreôntica, um clube social masculino em Londres. "To Anacreon in Heaven" (ou "The Anacreontic Song"), com várias letras, já era popular nos Estados Unidos. Renomeado para "The Star-Spangled Banner", logo se tornou uma conhecida canção patriótica dos EUA. Com um alcance de dezenove semitons, é conhecido por ser muito difícil de cantar. Embora o poema tenha quatro estrofes, apenas a primeira é comumente cantada hoje.

"The Star-Spangled Banner" foi reconhecido para uso oficial pela Marinha dos Estados Unidos em 1889, e pelo presidente dos EUA Woodrow Wilson em 1916, e foi feito o hino nacional por uma resolução do Congresso em 3 de março de 1931 (46 Stat. 1508, codificado em 36 U.S.C. § 301), que foi assinado pelo presidente Herbert Hoover.

Antes de 1931, outras canções serviam como hinos da oficialidade americana. "Hail, Columbia" serviu a esse propósito em funções oficiais durante a maior parte do século XIX. "My Country, 'Tis of Thee", cuja melodia é idêntica a "God Save the Queen", o hino nacional do Reino Unido,[2] também serviu como hino nacional de facto.[3] Após a Guerra de 1812 e subsequentes guerras dos Estados Unidos, outras canções surgiram para disputar popularidade em eventos públicos, entre elas "America the Beautiful", que já estava sendo considerada antes de 1931 como candidata a se tornar o hino nacional dos Estados Unidos.[4]

TraduçõesEditar

Como resultado da imigração para os Estados Unidos e da incorporação de pessoas que não falam inglês no país, as letras da música foram traduzidas para outros idiomas. Em 1861, foi traduzido para o alemão.[5] A Biblioteca do Congresso também tem registro de uma versão em espanhol de 1919.[6] Desde então, foi traduzido para hebraico[7] e iídiche por imigrantes judeus,[8] espanhol latino-americano (com uma versão popularizada durante protestos pela reforma da imigração em 2006,[9] francês por acadianos de Luisiana,[10] samoano,[11] e irlandês.[12] O terceiro verso do hino também foi traduzido para o latim.[13]

No que diz respeito às línguas indígenas da América do Norte, existem versões em navajo[14][15] e cherokee.[16]

Referências

  1. «Defence of Fort M'Henry | Library of Congress». Loc.gov. Consultado em 18 de abril de 2017 
  2. «My country 'tis of thee [Song Collection]». The Library of Congress. Consultado em 20 de janeiro de 2009 
  3. Snyder, Lois Leo (1990). Encyclopedia of Nationalism. [S.l.]: Paragon House. p. 13. ISBN 1-55778-167-2 
  4. Estrella, Espie (2 de setembro de 2018). «Who Wrote "America the Beautiful"? The History of America's Unofficial National Anthem». thoughtco.com. ThoughtCo. Consultado em 14 de novembro de 2018. Muitos consideram "America the Beautiful" o hino nacional não oficial dos Estados Unidos. Na verdade, foi uma das músicas consideradas como um hino nacional dos EUA antes de "Star Spangled Banner" ser oficialmente escolhido 
  5. Das Star-Spangled Banner, US Library of Congress. Retrieved September 14, 2007.
  6. La Bandera de las Estrellas, US Library of Congress. Retrieved May 31, 2005.
  7. Hebrew Version
  8. Abraham Asen, The Star Spangled Banner in pool, 1745, Joe Fishstein Collection of Yiddish Poetry, McGill University Digital Collections Programme. Retrieved September 14, 2007.
  9. Day to Day. «A Spanish Version of 'The Star-Spangled Banner'». NPR.org. NPR. Consultado em 14 de junho de 2010 
  10. David Émile Marcantel, La Bannière Étoilée Arquivado maio 17, 2013, no Wayback Machine on Musique Acadienne. Retrieved September 14, 2007.
  11. Zimmer, Benjamin (29 de abril de 2006). «The Samoa News reporting of a Samoan version». Itre.cis.upenn.edu. Consultado em 14 de junho de 2010 
  12. «An Bhratach Gheal-Réaltach – Irish version». Daltai.com. Consultado em 14 de junho de 2010. Arquivado do original em 10 de dezembro de 2010 
  13. Christopher M. Brunelle, Third Verse in Latin, 1999
  14. «Gallup Independent, 25 March 2005». Gallupindependent.com. 25 de março de 2005. Consultado em 14 de junho de 2010. Arquivado do original em 3 de fevereiro de 2010 
  15. «Schedule for the Presidential Inauguration 2007, Navajo Nation Government». Navajo.org. 9 de janeiro de 2007. Consultado em 14 de junho de 2010. Arquivado do original em 2 de dezembro de 2008 
  16. «Cherokee Phoenix, Accessed 2009-08-15». Cherokeephoenix.org. Consultado em 14 de junho de 2010. Arquivado do original em 8 de setembro de 2009 

BibliografiaEditar

Ligações externasEditar

O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre The Star-Spangled Banner
 
A Wikisource contém fontes primárias relacionadas com The Star-Spangled Banner
 
O Wikcionário tem os verbetes haughty e rampart.

Áudio históricoEditar