Abrir menu principal
Tour de France 2015 Cycling (road) pictogram.svg
20150705 Tour onder de Dom-30.jpg
Detalhes
Corrida102. Tour de France
Válida paraUCI World Tour de 2015 2.UWT
Etapas21
Data4 – 26 julho 2015
Distância3 360 km
PaísesFRA França
NED Países Baixos
BEL Bélgica
PartidaUtrecht
ChegadaParis
Nº de equipes22
Ciclistas que iniciaram198
Ciclistas que finalizaram160
Velocidade média39,567 km/h
Classificação final
VencedorGBR Chris Froome (Sky)
SegundoCOL Nairo Quintana (Movistar)
TerceiroESP Alejandro Valverde (Movistar)
Prêmio por pontosSVK Peter Sagan (Tinkoff-Saxo)
Prêmio de montanhaGBR Chris Froome (Sky)
JuventudeCOL Nairo Quintana (Movistar)
DisputaFRA Romain Bardet (AG2R La Mondiale)
EquipesESP Movistar
2015 Tour de France map.png
◀ 20142016 ▶
Documentação Wikidata-logo S.svg

A 102.ª edição do Tour de France foi disputada entre 4 e 26 de julho de 2015. O percurso é constituído, à semelhança das edições anteriores, por 21 etapas. O Tour começou na cidade de Utrecht (Holanda) com um contrarrelógio individual de 14 quilómetros, tem oito finais em ascensão, seis das quais em alta montanha, além de um contrarrelógio por equipas de 28 quilómetros (etapa nove), e o pavés estará também presente (etapa quatro) com sete sectores e uma distância total de 13,3 quilómetros. Esta edição marca o regresso das bonificações — desde o Tour de France 2007 — em todas as etapas em linha.

A Holanda acolheu a saída do Tour pela sexta vez após Amesterdão (1954), Scheveningen (1973), Leida (1978), s'Hertogenbosch (1996) e Roterdão (2010).[1]

O vencedor foi Chris Froome, da equipa Team Sky, com Nairo Quintana em segundo e Alejandro Valverde em terceiro.

Resumo da ProvaEditar

Rohan Dennis venceu o contra-relógio individual de abertura, estabelecendo o recorde para a velocidade média mais rápida de um contra-relógio no Tour, com 55,446 kmh. André Greipel venceu a segunda etapa e a camisola amarela mudou para as mãos de Fabian Cancellara, pois os ventos fortes que se sentiram na etapa dividiram o pelotão em vários grupos provocando vários cortes. Na terceira etapa, a corrida foi neutralizada momentaneamente após dois grandes acidentes em rápida sucessão que colocou vários ciclistas fora do evento, incluindo o líder da corrida Cancellara. Após a corrida ter sido retomada, o pelotão continuou a famosa subida curta mas íngreme de Mur de Huy, (que ficou famosa pela clássica La Flèche Wallonne). Joaquim Rodríguez venceu a etapa e Chris Froome assegurou a liderança da prova. Froome ampliou sua vantagem sobre os outros favoritos à vitória e se tornou o terceiro piloto a usar a amarela, ficando à frente de Tony Martin por um segundo. Foi o terceiro dia consecutivo que Martin terminou em segundo lugar no geral, atrás de três lideres diferentes.

Na quarta etapa, que contou com sete setores de paralelepípedos (pavé), Martin conseguiu finalmente vencer e arrecadar a tão almejada camisola amarela ao atacar a liderança do grupo a 3 km da chegada. A quinta etapa, resultou numa chegada ao sprint e Greipel levou a melhor sobre Peter Sagan e Mark Cavendish. Na sexta etapa, o companheiro de equipa de Cavendish, Zdeněk Stybar venceu a etapa depois de escapar na pequena subida concluída em Le Havre. Nesta etapa, o ciclista da Eritreia, Daniel Teklehaimanot (MTN Qhubeka) tornou-se no primeiro ciclista africano a liderar a classificação da montanha. A etapa ficou marcada por uma grande queda colectiva na qual o líder Martin sofreu uma fractura da clavícula e teve que desistir do Tour, sendo o segundo camisola amarela de 2015 a abandonar após Cancellara.

Com a recusa de Froome (segundo classificado) em envergar a amarela, a sétima etapa decorreu sem que alguém utilizasse a camisola de líder. Cavendish venceu etapa numa chegada ao sprint. Após o final da etapa, foi anunciado que Luca Paolini (Team Katusha) havia testado positivo para cocaína e foi excluído da prova. A oitava etapa, terminando no topo Mûr-de-Bretagne, viu a primeira vitória francesa do Tour, com o ciclista da Ag2r-La Mondiale, Alexis Vuillermoz lançar um ataque dentro do quilómetro final. Os favoritos à geral terminaram no mesmo grupo, excepto Vincenzo Nibali (vencedor de 2014) que perdeu dez segundos. A BMC Racing Team venceu o contra-relógio por equipas da etapa nove por um segundo sobre a Team Sky. A 12 de julho, primeiro dia de descanso em Pau, foi anunciado que Ivan Basso da Tinkoff-Saxo abandonaria o Tour após ter sido diagnosticado um cancro testicular.

Com a etapa 10 assistiu-se à primeira chegada em altitude em La Pierre-Saint-Martin. A etapa foi ganha de forma sensacional por Christopher Froome, com um enorme avanço sobre os outros candidato à geral: 1m04s sobre Nairo Quintana (terceiro atrás de Richie Porte, companheiro de equipa de Froome), 2m01s sobre Alejandro Valverde, 2m28s para Tejay van Garderen, 2m50s para Alberto Contador e mais de quatro minutos para o vencedor de 2014, Vincenzo Nibali. O britânico ampliou sua vantagem na classificação geral para 2m52s sobre van Garderen, dando um enorme passo para a vitória final.

Equipas participantesEditar

A 14 de janeiro de 2015 a Amaury Sport Organisation confirmou as 22 equipas que disputarão a corrida, as 17 equipas de categoria UCI ProTeam mais 5 equipas de categoria Profissional Continental convidadas pela organização.[2]

Equipa Cód.

UCI

Categoria Chefe(s) de filas
  Ag2r-La Mondiale ALM UCI ProTeam   Jean-Christophe Péraud   Romain Bardet
  Astana AST UCI ProTeam   Vincenzo Nibali
  BMC Racing Team BMC UCI ProTeam   Tejay van Garderen
  Etixx-Quick Step EQS UCI ProTeam   Mark Cavendish   Tony Martin
  FDJ FDJ UCI ProTeam   Thibaut Pinot
  IAM Cycling IAM UCI ProTeam   Mathias Frank
  Team Katusha KAT UCI ProTeam   Joaquim Rodriguez
  Lampre-Merida LAM UCI ProTeam   Rui Costa
  Lotto Soudal LTS UCI ProTeam   Tony Gallopin   André Greipel
  Movistar Team MOV UCI ProTeam   Nairo Quintana   Alejandro Valverde
  Orica-GreenEDGE OGE UCI ProTeam   Simon Gerrans   Michael Matthews
  Team Sky SKY UCI ProTeam   Chris Froome
  Cannondale–Garmin TCG UCI ProTeam   Andrew Talansky   Ryder Hesjedal
  Tinkoff-Saxo TCS UCI ProTeam   Alberto Contador
  Trek Factory Racing TFR UCI ProTeam   Bauke Mollema
  Team Giant–Alpecin TGA UCI ProTeam   John Degenkolb
  LottoNL-Jumbo TLJ UCI ProTeam   Robert Gesink
  Bretagne-Séché Environnement BSE Profissional Continental   Eduardo Sepúlveda
  Bora-Argon 18 BOA Profissional Continental   Dominik Nerz   Sam Bennett
  Cofidis COF Profissional Continental   Nacer Bouhanni
  MTN Qhubeka MTN Profissional Continental   Edvald Boasson Hagen   Tyler Farrar
  Team Europcar EUC Profissional Continental   Pierre Rolland

EtapasEditar

Lista de etapas[3]
Etapa Data Percurso Distância Tipo Vencedor Líder geral
1 4 de Julho   Utrecht  Utrecht 13,8 km   CRI (Plano)   Rohan Dennis   Rohan Dennis
2 5 de Julho   Utrecht  Neeltje-Jans 166 km   Plano   André Greipel   Fabian Cancellara
3 6 de Julho   Antuérpia  Huy 159,5 km   Intermediário   Joaquim Rodríguez   Chris Froome
4 7 de Julho   SeraingCambrai 223,5 km   Acidentado   Tony Martin   Tony Martin
5 8 de Julho ArrasAmiens 189,5 km   Plano   André Greipel   Tony Martin
6 9 de Julho AbbevilleEl Havre 191,5 km   Plano   Zdeněk Štybar   Tony Martin
7 10 de Julho LivarotFougères 190,5 km   Plano   Mark Cavendish   Chris Froome
8 11 de Julho RennesMûr-de-Bretagne 181,5 km   Intermediário   Alexis Vuillermoz   Chris Froome
9 12 de Julho VannesPlumelec 28 km   CRE (Acidentado)   BMC Racing Team   Chris Froome
13 de Julho   Dia de descanso (Pau)
10 14 de Julho TarbesLa Pierre-Saint-Martin 167 km   Montanha   Chris Froome   Chris Froome
11 15 de Julho PauCauterets 188 km   Montanha   Rafal Majka   Chris Froome
12 16 de Julho LannemezanPlateau de Beille 195 km   Montanha   Joaquim Rodríguez   Chris Froome
13 17 de Julho MuretRodez 198,5 km   Intermediário   Greg Van Avermaet   Chris Froome
14 18 de Julho RodezMende 178,5 km   Intermediário   Steve Cummings   Chris Froome
15 19 de Julho MendeValence 183 km   Acidentado   André Greipel   Chris Froome
16 20 de Julho Bourg-de-PéageGap 201 km   Intermediário   Rubén Plaza   Chris Froome
21 de Julho   Dia de descanso (Gap)
17 22 de Julho Digne-les-BainsPra-Loup 161 km   Montanha   Simon Geschke   Chris Froome
18 23 de Julho GapSaint-Jean-de-Maurienne 186,5 km   Montanha   Romain Bardet   Chris Froome
19 24 de Julho Saint-Jean-de-MaurienneLa Toussuire (Les Sybelles) 138 km   Montanha   Vincenzo Nibali   Chris Froome
20 25 de Julho ModaneAlpe d'Huez 110,5 km   Montanha   Thibaut Pinot   Chris Froome
21 26 de Julho SèvresParis 109,5 km   Plano   André Greipel   Chris Froome
Total 3 360,3 km (2 088 mi)

Evolução das classificaçõesEditar

Etapa
(Vencedor)
Classificação geral
 
Maillot jaune
Classificação por pontos
 
Maillot vert
Classificação de montanha
 
Maillot à pois rouges
Classificação dos jovens
 
Maillot blanc
Classificação por equipas
 
Classement par équipe
Prémio de combatividade
 
Prix de combativité
1.ª etapa   (CRI)
(Rohan Dennis)
Rohan Dennis Rohan Dennis não foi entregue Rohan Dennis LottoNL-Jumbo não foi entregue
2.ª etapa
(André Greipel)
Fabian Cancellara André Greipel Tom Dumoulin BMC Michał Kwiatkowski
3.ª etapa  
(Joaquim Rodríguez)
Chris Froome Joaquim Rodríguez Peter Sagan Jan Bárta
4.ª etapa
(Tony Martin)
Tony Martin Vincenzo Nibali
5.ª etapa
(André Greipel)
Michael Matthews
6.ª etapa
(Zdeněk Štybar)
Daniel Teklehaimanot Perrig Quemeneur
7.ª etapa
(Mark Cavendish)
Chris Froome Anthony Delaplace
8.ª etapa  
(Alexis Vuillermoz)
Peter Sagan Bartosz Huzarski
9.ª etapa   (CRE)
(BMC)
não foi entregue
10.ª etapa  
(Chris Froome)
André Greipel Chris Froome Nairo Quintana Sky Kenneth Vanbilsen
11.ª etapa  
(Rafal Majka)
Peter Sagan Daniel Martin
12.ª etapa  
(Joaquim Rodríguez)
Movistar Michal Kwiatkowski
13.ª etapa  
(Greg Van Avermaet)
Thomas De Gendt
14.ª etapa  
(Steve Cummings)
Pierre-Luc Périchon
15.ª etapa
(André Greipel)
Peter Sagan
16.ª etapa  
(Rubén Plaza)
17.ª etapa  
(Simon Geschke)
Simon Geschke
18.ª etapa  
(Romain Bardet)
Joaquim Rodríguez Romain Bardet
19.ª etapa  
(Vincenzo Nibali)
Romain Bardet Pierre Rolland
20.ª etapa  
(Thibaut Pinot)
Chris Froome Alexandre Geniez
21.ª etapa
(André Greipel)
não foi entregue
Final Chris Froome Peter Sagan Chris Froome Nairo Quintana Movistar Romain Bardet

Classificações finaisEditar

Legenda
      Denota o líder da Classificação geral       Denota o líder da Classificação de montanha
      Denota o líder da Classificação por pontos       Denota o líder da Classificação dos jovens
      Denota o líder da Classificação por equipas       Denota o vencedor do Prémio de combatividade

Classificação geralEditar

Pos. Ciclista Equipa Tempo
1   Chris Froome (GBR)     Team Sky 84h 46' 14"
2   Nairo Quintana (COL)     Movistar Team + 1' 12"
3   Alejandro Valverde (ESP)   Movistar Team + 5' 25"
4   Vincenzo Nibali (ITA) Astana + 8' 36"
5   Alberto Contador (ESP) Tinkoff-Saxo + 9' 48"
6   Robert Gesink (NED) LottoNL-Jumbo + 10' 47"
7   Bauke Mollema (NED) Trek Factory Racing + 15' 14"
8   Mathias Frank (SUI) IAM Cycling + 15' 39"
9   Romain Bardet (FRA)   Ag2r-La Mondiale + 16' 00"
10   Pierre Rolland (FRA) Team Europcar + 17' 30"

Classificação por pontosEditar

Pos. Ciclista Equipa Pontos
1   Peter Sagan (SVK)   Tinkoff-Saxo 432
2   André Greipel (GER) Lotto Soudal 366
3   John Degenkolb (GER) Team Giant–Alpecin 298
4   Mark Cavendish (GBR) Etixx-Quick Step 206
5   Bryan Coquard (FRA) Team Europcar 152
6   Chris Froome (GBR)     Team Sky 139
7   Thibaut Pinot (FRA) FDJ 113
8   Alejandro Valverde (ESP)   Movistar Team 103
9   Thomas de Gendt (BEL) Lotto Soudal 90
10   Alexander Kristoff (NOR) Team Katusha 90

Classificação de montanhaEditar

Pos. Ciclista Equipa Pontos
1   Chris Froome (GBR)     Team Sky 119
2   Nairo Quintana (COL)     Movistar Team 108
3   Romain Bardet (FRA)   Ag2r-La Mondiale 90
4   Thibaut Pinot (FRA) FDJ 82
5   Joaquim Rodríguez (ESP) Team Katusha 78
6   Pierre Rolland (FRA) Team Europcar 74
7   Alejandro Valverde (ESP)   Movistar Team 72
8   Jakob Fuglsang (DEN) Astana 64
9   Richie Porte (AUS) Team Sky 58
10   Serge Pauwels (BEL) MTN Qhubeka 55

Classificação dos jovensEditar

Pos. Ciclista Equipa Tempo
1   Nairo Quintana (COL)     Movistar Team 84h 47' 26"
2   Romain Bardet (FRA)   Ag2r-La Mondiale + 14' 48"
3   Warren Barguil (FRA) Team Giant–Alpecin + 30' 03"
4   Thibaut Pinot (FRA) FDJ + 37' 40"
5   Bob Jungels (LUX) Trek Factory Racing + 1h 32' 09"
6   Peter Sagan (SVK)   Tinkoff-Saxo + 2h 13' 43"
7   Adam Yates (GBR) Orica-GreenEDGE + 2h 15' 24"
8   Wilco Kelderman (NED) LottoNL-Jumbo + 3h 02' 55"
9   Emanuel Buchmann (GER) Rádio Popular-Boavista + 3h 07' 35"
10   Merhawi Kudus (ERI) Team Giant–Alpecin + 3h 09' 24"

Classificação por equipasEditar

Pos. Equipa Tempo
1 Movistar Team   255h 24' 24"
2 Team Sky + 57' 23"
3 Tinkoff-Saxo + 1h 00' 12"
4 Astana + 1h 12' 09"
5 MTN Qhubeka + 1h 14' 32"
6 Ag2r-La Mondiale + 1h 24' 22"
7 Team Europcar + 1h 48' 51"
8 BMC Racing Team + 2h 41' 46"
9 IAM Cycling + 2h 42' 16"
10 LottoNL-Jumbo + 2h 46' 59"

AbandonosEditar

Etapa Data Percurso km Ciclista Equipa
3.ª
6 de Julho
  Antuérpia  Huy  
154
Simon Gerrans Orica GreenEDGE
3.ª
6 de Julho
  Antuérpia  Huy  
154
Fabian Cancellara Trek Factory Racing
3.ª
6 de Julho
  Antuérpia  Huy  
154
Tom Dumoulin Giant-Alpecin
6.ª
9 de Julho
AbbevilleLe Havre
191
Tony Martin Etixx-Quick Step
10.ª
14 de Julho
TarbesLa Pierre-Saint-Martin  
167
Ivan Basso Tinkoff-Saxo
11.ª
15 de Julho
PauCauterets  
188
Daniele Bennati Tinkoff-Saxo
17.ª
22 de Julho
Digne-les-BainsPra-Loup  
161
Tejay Van Garderen BMC Racing Team

Referências

  1. O Tour 2015 dispensa do contrarrelógio com finais em alta (Perfis, etapas, mapa e vídeo) biciciclismo.com
  2. «El Tour de Francia hace públicas sus invitaciones para 2015» (em espanhol) 
  3. «Percurso de 2015» (em inglês). Le Tour. Consultado em 13 maio 2015. Arquivado do original em 9 de julho de 2015 

Ligações externasEditar

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
  Imagens e media no Commons