União de Médicos Escritores e Artistas Lusófonos

(Redirecionado de UMEAL)
União de Médicos Escritores e Artistas Lusófonos

A União de Médicos Escritores e Artistas Lusófonos (UMEAL) é uma entidade que congrega médicos escritores e artistas que falam a língua portuguesa.

Foi fundada, em uma reunião preparatória em 24 de setembro de 1992, na localidade de Curia, Portugal. Nasceu com a finalidade de integrar médicos de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné, Moçambique, Portugal e São Tomé e Príncipe, além de membros médicos espalhados pelo mundo que falem o idioma português e se dediquem à literatura ou a outra arte.

A UMEAL congrega as associações de médicos escritores de Portugal (Sociedade Portuguesa de Escritores e Artistas Médicos - SOPEAM), do Brasil (Sociedade Brasileira de Médicos Escritores - SOBRAMES) e de Moçambique (Associação Moçambicana de Escritores e Artistas Médicos - AMEAM).

PresidentesEditar

A atual Diretoria da UMEAL, eleita em Assembléia por ocasião do XI Congresso, realizado em Macau, China, em 2017, está assim composta:

CongressosEditar

A UMEAL já promoveu dez congressos internacionais de médicos escritores lusófonos.

Sessão de abertura feita no Teatro Valdemar de Oliveira, visitas ao Forte do Brum (com exibição de coreografias e folclore local), ao Real Hospital Português de Beneficência, à cidade de Olinda, à Fundação Gilberto Freyre.
Nesse congresso houve a outorga do Prêmio Hebron de Literatura, constante nas efemérides da Academia Pernambucana de Letras como promovido por ela. O congressista premiado foi Luís Lourenço.
Incluídos passeios turísticos ao Centro e ao Norte do país e parte de Lisboa.
Com visitas à Lagoa do Abaeté, Ilha de Itaparica, Fundação Jorge Amado e igrejas.
  • O IV Congresso foi realizado em Leiria, Portugal.
Com visitas turísticas aos mosteiros de Alcobaça e da Batalha, Castelos de Leiria e Tomar, Nazaré e praias da região.
  • O V Congresso foi realizado no Recife.
Realizado no Recife Monte Hotel. Novos passeios turísticos pela capital pernambucana e cidades vizinhas.
Congregou, além de escritores do Nordeste brasileiro, médicos de Portugal e de Cabo Verde.
Realizou-se em associação com o II Congresso das Academias de Letras do Nordeste, patrocinado pela Rede de Integração das Academias de Letras do Nordeste.[2]
Neste congresso houve um concurso literário, e o tema atual foi Livro inédito de contos. Foi entregue o Prêmio Hebron de Literatura, e o vencedor foi o médico escritor Flávio Alencar, tendo recebido Menção Honrosa os médicos Milton Lins e Paulo Camelo.
Realizou-se simultaneamente com a Reunião de outono da SOPEAM.
Participaram médicos escritores do Brasil, Portugal, Moçambique e São Tomé e Príncipe, além de escritores não médicos do Brasil.
Realizou-se simultaneamente ao XXIV Congresso Brasileiro de Médicos Escritores.
Participaram médicos escritores do Brasil, Portugal, Angola e Moçambique.
Participaram médicos e escritores do Brasil, Portugal e Moçambique.
Participaram médicos escritores de Portugal, Brasil, Moçambique e Macau.
Participaram médicos de Portugal, Moçambique e Macau. Houve apenas uma representação brasileira, da Sobrames de São Paulo.

O XII Congresso, programado para ser realizado em setembro de 2020, em Fortaleza, Ceará, Brasil, foi suspenso. Como alternativa, foi realizado, em 5 de setembro, um evento virtual, com coordenação em Macau e Jundiaí, com apresentações de trabalhos literários e artísticos.[7][nota 2]

Notas

  1. O VIII Congresso estava programado para ser realizado em São Tomé e Príncipe, porém seu promotor, o ex-primeiro ministro saotomeense Carlos Graça, por motivos pessoais, abdicou de tal função, sendo, então, transferido para Curitiba, Brasil. Carlos Graça veio a falecer em abril de 2013.
  2. No I Encontro Virtual havia médicos escritores de Macau, Brasil, Portugal, Moçambique, Angola e Cabo Verde, com as representações da Sobrames (Brasil), SOPEAM (Portugal), AMEAM (Moçambique) e AMLPL (Macau).

Referências

Ligações externasEditar