Abrir menu principal

Wilson Rodrigues de Moura Júnior

futebolista brasileiro

Wilson Rodrigues de Moura Júnior,[1][2][3][4] conhecido simplesmente como Wilson (Santo André, 31 de janeiro de 1984), é um futebolista brasileiro que atua como goleiro. Atualmente joga pelo Atlético Mineiro, emprestado pelo Coritiba.

Wilson
Informações pessoais
Nome completo Wilson Rodrigues de Moura Júnior
Data de nasc. 31 de janeiro de 1984 (35 anos)
Local de nasc. Santo André, (SP), Brasil
Nacionalidade brasileira
Altura 1, 85 m[1][2]
Destro
Apelido Goleiro Artilheiro
Paredão alviverde
Taffarilson
Informações profissionais
Período em atividade 2003presente (16 anos)
Clube atual Atlético Mineiro
Número 84
Posição Goleiro
Clubes de juventude
1994
1995
1996
1997
1998
1999
20002003
Brás de Pina Country Clube (Futsal)
Fluminense (Futsal)
Tio Sam (Futsal)
Social Ramos Clube (Futsal)
Vasco (Futsal)
CSE (Futsal)
Flamengo (Futsal)
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
20032005
2006
2006
20072012
20132015
2015
2019
Flamengo
Portuguesa-RJ (emp.)
Olaria (emp.)
Figueirense
Vitória
Coritiba
Atlético Mineiro (emp.)
0007 0000(0)
0000 0000(0)
0000 0000(0)
0331 0000(3)
0096 0000(0)
0210 000(10)
0003 0000(0)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 13 de outubro de 2019.

CarreiraEditar

InícioEditar

Após quase dez anos nas categorias de base do Flamengo, se profissionalizou no clube em 2005. Teve rápidas passagens por Portuguesa-RJ e Olaria, ambos do Rio de Janeiro, e chegou ao Figueirense no início de 2007, inicialmente por empréstimo.

FigueirenseEditar

Estreou no clássico contra o Avaí, vencido pelo alvinegro por 3 a 0.[5] Devido às suas grandes atuações, tornou-se rapidamente um dos grandes ídolos recentes da torcida do Figueira. Chegou a marcar inclusive três gols com a camisa do Figueirense, dois de pênalti e um de falta. Wilson passou por bons e maus momentos o clube, mas sempre contou com o apoio da torcida, que sempre acreditou no seu potencial, e viu o goleiro ser um dos principais protagonistas na campanha do retorno à Série A em 2011.

Após um entrevero judicial com o clube por conta de três meses de salários atrasados,[6] Wilson rescindiu seu contrato com o Figueirense em fevereiro de 2013, somando mais de 300 partidas pelo clube no total, e superando a marca do também goleiro e ex-treinador Peçanha, que fez 304 jogos.[7] Como atleta, ocupa a quinta colocação dentre os recordistas, ficando atrás apenas de Pinga (483), Casagrande (430), Fernandes (403) e Balduíno (335).

Alguns dias depois, mais precisamente em 25 de fevereiro de 2013, Wilson fechou com o Vitória para a temporada.[8]

VitóriaEditar

No dia 25 de fevereiro de 2013, Wilson foi anunciado como novo reforço do Vitória. Inicialmente contratado para ser o reserva do goleiro Deola (que tinha grande identificação com a torcida e com o clube), Wilson fez sua estréia no empate sem gols contra o Salgueiro pela segunda fase da Copa do Brasil, onde o Leão poupou alguns jogadores titulares.[9]

No entanto, a melhor chance de Wilson com a camisa do Vitória veio no dia 18 de Maio, um dia antes do Ba-Vi decisivo da grande final do Campeonato Baiano, quando o goleiro Deola se contundiu durante um treinamento. Wilson estreou no 2 ª clássico Ba-Vi da Final empatando em 1 x 1. Quando o Vitória venceu o Bahia pelo placar de 7 x 3 o titular ainda era o Deola no 1º Ba-Vi da Final do Campeonato Baiano de 2013. Assim, tornou-se Campeão Baiano ao empatar o clássico por 1 x 1 no Barradão.[10] [11] [12]

No Brasileirão Wilson foi mais além. O arqueiro rubro-negro foi um dos destaques do Vitória e do campeonato, sendo o goleiro com mais defesas difíceis, 81 no total. Wilson bateu também o recorde de partidas,[13] superando Elkeson que havia feito 34 jogos, e se tornando o jogador que mais vestiu a camisa do Vitória em uma mesma edição de Campeonato Brasileiro desde 2003, quando o campeonato começou a ser disputado por pontos corridos.

CoritibaEditar

Em 18 de junho de 2015, Wilson foi contratado pelo Coritiba para a disputa da Série A do Campeonato Brasileiro.[14]

Wilson em Noite heróica defendeu dois pênaltis, e fez um gol, eliminando o Belgrano da Argentina na Copa Sul Americana 2016.

Gol salvador

No ano seguinte, em 25 de fevereiro, Wilson foi protagonista num jogo do Campeonato Paranaense, contra o Rio Branco. No início do jogo, porém, havia sido vilão ao pegar com as mãos uma bola, para ele chutada pelo atacante adversário, mas que na verdade foi recuada pelo seu próprio companheiro de equipe, falta que resultou no primeiro gol do Rio Branco. Já aos 51 minutos do segundo tempo, Wilson deixou sua meta e foi até a área adversária para, com um gol de cabeça, decretar o empate em 3 a 3. Um desfecho incomum e de redenção ao camisa 84 do Coxa.

Na 31ª rodada do Brasileirão 2017, Wilson teve grande atuação contra o Sport na Ilha do Retiro. Wilson defendeu dois pênaltis de Diego Souza, e fez várias defesas difíceis, ajudando o coxa a vencer fora de casa por 4 a 3.[15] Na vitória do coxa sobre o Avaí por 4 a 0 no Couto Pereira, a torcida pediu para Wilson cobrar a penalidade. E ele fez seu segundo gol pelo Coritiba, batendo forte no meio do gol.[16] Contra o São Paulo fez mais um gol de pênalti, batendo com categoria no canto de Sidão. Mas não pode evitar a vitória de virada do tricolor.[17] No ano de 2018 continuou ajudando o time com suas grandes defesas e fazendo gols, mas não o suficiente para reerguer o coxa novamente para série A.

Em 3 de setembro de 2019, foi anunciada a transferência por empréstimo de Wilson para o Atlético Mineiro até o fim da temporada de 2019.[18]

PênaltisEditar

Coritiba

Jogos Data Competição Defendidos Cobrador
Belgrano x Coritiba 28/09/2016 Copa Sul Americana 2 Luna, Gastón Suárez
Coritiba x Atlético Mineiro 30/07/2017 Campeonato Brasileiro 1 Cazares
Sport x Coritiba 29/10/2017 Campeonato Brasileiro 2 Diego Souza

TítulosEditar

Referências

  1. a b «Perfil». ecvitoria.com.br. Consultado em 10 de maio de 2013 
  2. a b ogol.com.br: Dados pessoais de Wilson
  3. Biografia wilson1.com.br
  4. «Football : Wilson» (em inglês). footballdatabase.eu. Consultado em 10 de maio de 2013 
  5. «Figueirense vence Avaí e deixa a lanterna do Catarinense». esporte.uol.com.br. Consultado em 14 de fevereiro de 2007 
  6. «Goleiro Wilson ganha na Justiça, e contrato com o Figueirense é quebrado». esporte.uol.com.br. Consultado em 19 de fevereiro de 2013 
  7. «Wilson se iguala a Peçanha». consuldofigueirense.com.br. Consultado em 10 de maio de 2013 
  8. «Com Wilson em campo, Vitória faz treino físico na Toca do Leão». globoesporte.globo.com. Consultado em 25 de fevereiro de 2013 
  9. http://globoesporte.globo.com/futebol/times/vitoria/noticia/2013/05/com-atletas-poupados-vitoria-tera-estreia-do-goleiro-wilson-nesta-quarta.html
  10. http://m.atarde.uol.com.br/iphone/noticia/index.jsf?id=5910059&canalId=1023
  11. http://www.bahiatododia.com.br/index.php?artigo=31172
  12. http://www.futebolbahiano.com/2013/05/vitoria-e-o-campeao-baiano-de-2013.html?m=1
  13. http://www.criativaonline.com.br/index/noticias/id-28979/goleiro_wilson_bate_recorde_de_jogos_pelo_vitoria_na_serie_a
  14. «Goleiro Wilson rescinde com o Vitória e acerta transferência para o Coritiba». Globo Esporte. 18 de junho de 2015. Consultado em 18 de junho de 2015 
  15. «Sport x Coritiba - Campeonato Brasileiro 2017-2017 - globoesporte.com». globoesporte.com. Consultado em 31 de outubro de 2017 
  16. «Coritiba x Avaí - Campeonato Brasileiro 2017-2017 - Ao vivo - globoesporte.com». globoesporte.com. Consultado em 5 de novembro de 2017 
  17. «ATUAÇÕES: Shaylon e Wilson são os melhores de Coritiba x São Paulo». Terra 
  18. «Coritiba confirma empréstimo de Wilson ao Atlético-MG até o fim de 2019: "Decisão dele"». Globoesporte 

Ligações externasEditar