Aliança Democrática (2024)

coligação de centro-direita, de Portugal de 2024 a tempo presente
 Nota: Não confundir com Aliança Democrática (1979–1983).

AD — ALIANÇA DEMOCRÁTICA (PPD/PSD.CDS-PP.PPM) é uma coligação política em Portugal de centro-direita, formada pelo Partido Social Democrata (PPD/PSD), pelo CDS – Partido Popular (CDS–PP), pelo Partido Popular Monárquico (PPM) e personalidades independentes.[1][2] Teve como fundadores Luís Montenegro, Nuno Melo e Gonçalo da Câmara Pereira, bem como diversas personalidades independentes.

AD — ALIANÇA DEMOCRÁTICA
PPD/PSD.CDS-PP.PPM
Líder Luís Montenegro
Vice-presidente Nuno Melo
Fundação 2022 (Legislativas Açores)
2024 (Legislativas, exceto no círculo da Madeira)
Sede Portugal
Ideologia Reformismo
Conservadorismo liberal
Liberalismo económico
Democracia cristã
Espectro político Centro-direita a direita
Antecessor AD (1979–1983)
Afiliação nacional PPD/PSD
CDS–PP
PPM
Assembleia da República
80 / 230
Cores Laranja e azul
Símbolo eleitoral
Bandeira do partido
https://www.AD2024.pt

História editar

Tentativas anteriores editar

A primeira Aliança Democrática foi acordada entre 1979 e 1983 entre Francisco Sá Carneiro, Diogo Freitas do Amaral e Gonçalo Ribeiro Telles. A coligação terminou em 1983 e desde então tem havido sucessivas tentativas de reformular a coligação.

Em 1985, antecipando as eleições presidenciais do ano seguinte, o "espírito da AD" foi revivido para apoiar a candidatura de Freitas do Amaral, sem o apoio do Movimento dos Reformadores que as perdeu numa segunda volta que não se evitou por escassa margem.

Nas eleições legislativas de 2022, o PSD, o CDS–PP e o PPM reviveram esta coligação apenas no círculo eleitoral dos Açores.[3]

editar

A coligação foi restaurada em 21 de dezembro de 2023, abrangendo as eleições legislativas de 2024, eleições regionais dos Açores de 2024 e eleições europeias de 2024, e em sintonia com os acordos locais para as autárquicas de 2025. Esta reedição da AD inclui, além dos três partidos base, uma plataforma de independentes, como é assinalado no comunicado conjunto de constituição da coligação.[4] O uso do nome Aliança Democrática foi contestado pelo PPM[5] que denunciou as condições em que foi convidado a participar, mas no dia 3 de janeiro de 2024 o PPM aceitou as propostas e entrou para a coligação,[6] ficando assim os 3 partidos fundadores na coligação atual.

 
Logotipo da AD usado de janeiro até abril de 2024.

No âmbito das eleições legislativas de 2024, a Aliança Democrática concorrerá a todos os círculos de Portugal continental, ao círculo dos Açores e aos círculos da emigração (Europa e Fora da Europa), ficando excluído o círculo da Madeira, no qual existirá uma coligação apenas entre PPD/PSD e CDS-PP (Madeira Primeiro).[7]

Organização editar

Partidos constituintes editar

Partidos Líder Ideologia Espectro
Partido Social Democrata Luís Montenegro Conservadorismo liberal
Liberalismo económico
Centro-direita
CDS – Partido Popular Nuno Melo Democracia cristã
Conservadorismo
Liberalismo económico
Centro-direita
Partido Popular Monárquico Gonçalo Câmara Pereira Monarquismo
Tradicionalismo
Democracia cristã
Direita

Listas eleitorais por círculo eleitoral e por partido editar

     Partido Social Democrata      CDS – Partido Popular      Partido Popular Monárquico      Independente

Eleições legislativas de 2024[8] editar

# Círculo eleitoral
Av Bj Bg CB Év Lr Lx Pa Sr Sb VC VR Vs Eu Mu
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
32
33
34
35
36
37
38
39
40
41
42
43
44
45
46
47
48

Eleições europeias de 2024[9] editar

# 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21
Círculo único

Resultados Eleitorais editar

Eleições Legislativas editar

Data Líderes Cl. Votos % +/- Deputados +/- Status Notas
2024 Luís Montenegro
Nuno Melo
Gonçalo Câmara Pereira
1.º 1 814 021
28,02 / 100,00
77 / 230
Governo
75 / 230
2 / 230
0 / 230

Eleições legislativas (Açores) editar

Data Líderes Cl. Votos % +/- Deputados +/- Status Notas
2022 Rui Rio
Francisco Rodrigues dos Santos
Gonçalo da Câmara Pereira
11.º 28 520
0,51 / 100,0
2 / 230
Oposição Apenas no círculo eleitoral dos Açores
2 / 230
0 / 230
0 / 230

Eleições europeias editar

Data Cabeça de Lista Cl. Votos % +/- Deputados +/- Status Notas
2024 Sebastião Bugalho
0,00 / 100,00
0 / 21
0 / 21
0 / 21
0 / 21

Eleições regionais editar

Região Autónoma dos Açores editar

Data Líderes Cl. Votos % +/- Deputados +/- Status Notas
2024 José Manuel Bolieiro
Artur Lima
Paulo Estêvão
1.º 48 668
42,08 / 100,00
Nova
26 / 57
  Governo
23 / 57
2 / 57
1 / 57

Ver também editar

Referências

  1. «Aliança Democrática - Comissão Nacional de Eleições». Consultado em 3 de janeiro de 2024 
  2. «Visão | É oficial: vem aí uma nova AD». Visão-PT. 21 de dezembro de 2023. Consultado em 22 de dezembro de 2023 
  3. «Coligação PSD/CDS-PP/PPM nos Açores apresenta Paulo Moniz como cabeça de lista». Coligação PSD/CDS-PP/PPM nos Açores apresenta Paulo Moniz como cabeça de lista. Rádio e Televisão de Portugal. Consultado em 19 de dezembro de 2021 
  4. «Comunicado conjunto - Constituição da Aliança Democrática» (PDF). psd.pt. 21 de dezembro de 2023. Consultado em 24 de dezembro de 2023 
  5. «Partido Popular Monárquico contesta utilização de "Aliança Democrática" pela coligação PSD-CDS». Observador.pt. 22 de dezembro de 2023. Consultado em 24 de dezembro de 2023 
  6. «Afinal, PPM junta-se ao PSD e CDS e integra a Aliança Democrática». 3 de janeiro de 2024. Consultado em 3 de janeiro de 2024 
  7. «Acórdão do Tribunal Constitucional n.º 2/2024, de 8 de janeiro». 8 de janeiro de 2024. Consultado em 12 de janeiro de 2024 
  8. Partido Social Democrata. «LISTA CANDIDATOS À ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA» (PDF) 
  9. (PDF) https://www.psd.pt/sites/default/files/2024-04/lista-deputados-parlamento-europeu.pdf  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  Este artigo sobre a política de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Ligações externas editar