Ana Beatriz Chagas

jogadora de voleibol brasileira
Bia
bicampeã do campeonato sul-americano
Voleibol
Nome completo Ana Beatriz Francisco das Chagas
Apelido Bia
Modalidade Voleibol indoor
Nascimento 18 de outubro de 1971 (48 anos)
Rio de Janeiro, RS
Nacionalidade brasileira
Compleição Peso: 62 kg Altura: 1,79 m
Clube Aposentada
Período em atividade Seleção 1997-2004
Medalhas
Competidora do Bandeira do Brasil Brasil
Copa do Mundo de Voleibol
Prata Japão 2003 Equipe
Grand Prix de Voleibol
Ouro Reggio di Calabria 2004 Equipe
Campeonato Sul-Americano
Ouro Lima 1997 Equipe
Ouro Bogotá 2003 Equipe
Competidora de Sollo/Tietê
Campeonato Sul-Americano de Clubes
Ouro Lima 1996 Equipe
Competidora de BCN/Osasco
Salonpas Cup
Ouro Fortaleza 2002 Equipe
Competidora de Finasa/Osasco
Salonpas Cup
Ouro São Paulo 2005 Equipe
Prata São Paulo 2004 Equipe
Top Volley
Bronze Basileia 2005 Equipe
Ouro Basileia 2004 Equipe

Ana Beatriz Francisco das Chagas (Rio de Janeiro, 18 de outubro de 1971) é uma ex-voleibolista indoor brasileira, que atuou na posição de Ponta e Oposta, com marca de 296 cm de alcance no ataque e 286 no bloqueio, possui passagens em clubes nacionais e internacionais; representou também a Seleção Brasileira e por esta foi bicampeã do Campeonato Sul-Americano nos anos de 1997 e 2003, medalhista de prata na Copa do Mundo no Japão, medalhista de ouro na edição do Grand Prix de 2004 na Itália e foi semifinalista nos Jogos Olímpicos de Verão de Atenas de 2004.Em clubes possui o título do Campeonato Sul-=Americano de Clubes de 1996 no Peru, além do extinto Torneio Internacional Salonpas Cup de 2002[1] e em 2005, tendo um vice-campeonato nesta competição no ano de 2004 e também traz em seu currículo duas medalhas no Torneio Internacional Top Volley na Suíça, ouro em 2004 e bronze no ao seguinte.

CarreiraEditar

Bia inicia sua trajetória aos 11 anos de idade em sua cidade natal, incentivada por seu professor quando estava no Colégio São Tomás de Aquino[2] e chegou na AABB/Tijuca/RJ em 1989[3].Bia atuou profissionalmente pela equipe do Sollo/Tietê na temporada 1994-95, quando disputou sua primeira Superliga Brasileira A, ocasião que alcançou a quinta posição[4] e não marcando nenhum ponto[5] .Por esse cube disputou a Superliga Brasileira A 1995-96, alcançando o bronze nesta edição[4] e novamente não marcou nenhum ponto[5]

Atuando na posição de Ponteira, porém escondida do passe, foi campeã do Campeonato Paulista no ano de 1996[5] pela equipe BCN/Osasco, e por este disputou a Superliga Brasileira A 1996-97, contribuindo com 137 pontos, sendo 102 de ataques, 18 de bloqueios e 17 de saques[5] alcançando o bronze nesta edição[4].

Em 1997 foi convocada pela primeira vez para Seleção Brasileira cujo técnico era Bernardo Rezende e disputou o Campeonato Sul-Americano na capital peruana, ocasião que conquistou a medalha de ouro[1] e no mesmo ano disputou pela seleção principal o Torneio Classificatório para o Campeonato Mundial de 1998 no Japão[6], a qualificação foi obtida nas cidades de : Buenos Aires -Argentina e em Arequipa -Peru[7].

Nas competições de 1997-98 foi contratada pelo Mappin/Pinheiros [1] e representando-o competiu na correspondente Superliga Brasileira A, avançando as semifinais e encerrando na quarta posição[4][8], edição na qual registrou um total de 193 pontos, destes 155 foram de ataques, 25 de bloqueios e 13 provenientes de saques[5].

Reforçou no período esportivo de 1998-99 a equipe da UnG[9], disputou o Campeonato Paulista de 1998[10], e por equipe atuou na referente Superliga Brasileira A, avançando as semifinais e encerra na quarta posição novamente[4][11] atingindo a marca de 409 pontos nesta edição, destes 358 foram de ataques, 41 de bloqueios e 10 de saques[5].

Foi atleta do Flamengo [6][12] e foi campeã do Campeonato Carioca em 1999[13]; e por este avançou a segunda fase da Superliga Brasileira A 1999-00[14][15] encerrando na quinta posição [4], individualmente contribuiu com 182 pontos, 155 de ataques, 23 de bloqueios e 4 provenientes de saques[5].

Transferiu-se na temporada seguinte para o MRV Minas e disputou a Liga Sul-Americana de Clubes Campeões de 2000, Copa Bradesco Saúde, torneio disputado em Joinville em substituição ao Campeonato Sul-Americano de Clubes [16] ocasião que conquistou o título[17].Foi campeã da Supercopa dos Campeões em Ipatinga-MG[6].Nessa jornada seu clube representou a cidade de São Bernardo do Campo com a alcunha MRV/São Bernardo nas competições do Estado de São Paulo[18], e nesta parceria foi vice-campeã da Copa São Paulo em 2000[19] .

Conquistou também pelo MRV/São Bernardo o título do Campeonato Paulista de 2000[20] e no mesmo ano foi vice-campeã dos Jogos Abertos do Interior, sediados em Santos[21], alcançou o bronze na Superliga Brasileira A 2000-01[4][6][22] registrando 250 pontos, destes foram 209 de ataques, 35 de bloqueios e 6 de saques[5].

Na temporada 2001-02, Bia defendeu o Macaé Nuceng e competiu no Campeonato Carioca de 2001 avançando a final da edição[23] sagrando-se vice-campeã carioca de 2001[24]; já na correspondente Superliga Brasileira A [25] encerrando na quinta posição na Superliga Brasileira A correspondente[4] quando marcou 290 pontos, destes 261 foram de ataques, 23 de bloqueios e 6 de saques[5].

No período esportivo seguinte reforça a equipe do BCN/Osasco cujo técnico era Zé Roberto Guimarães, e em 2002 conquistou o ouro nos Jogos Regionais de Caieiras[26], e também no extinto Torneio Internacional Salonpas Cup, este sediado em Fortaleza-Brasil[27], mesmo resultado obtido nos Jogos Abertos do Interior , realizados na cidade de Franca-SP [28].

Ainda pelo BCN/Osasco disputou [29] e alcançou o título do Campeonato Paulista de 2002[30].No mesmo ano obteve o vice-campeonato do Grand Prix de Clubes [31]; e sagrou-se campeã da Superliga Brasileira A de 2002-03 e seu desempenho rendeu-lhe o prêmio de Melhor Atacante[32] , contribuindo com 315 pontos, destes foram 282 de ataques, 30 de bloqueios e 3 provenientes de saques[5], e também foi eleita a Melhor Jogadora da edição[33][34]

O rendimento de Bia na temporada 2002-03 e o convívio com o técnico Zé Roberto Guimarães, época que já era o técnico da Seleção Brasileira, foi “coroada” com a convocação em 2003, retornando a seleção aos 32 anos e sagrando-se bicampeã no Campeonato Sul-Americano realizado em Bogotá-Colômbia e esteve na equipe brasileira que disputou a Copa do Mundo de 2003 no Japão e com excelente campanha com apenas uma derrota para as chinesas, conquistam a medalha de prata e a qualificação do país para edição dos Jogos Olímpicos de Verão de Atenas 2004[1].

Na referida Copa do Mundo, ela disputou apenas metade dos jogos pela seleção principal, por causa de uma contusão, mas se recuperou em tempo para atuar na jornada seguinte, quando o BCN/Osasco passou a utilizar a alcunha: Finasa/Osasco.E por esse clube conquistou o vice-campeonato dos Jogos Abertos do Interior em Santos de 2003[35]; obteve o título do Campeonato Paulista de 2003[36], competindo também na Superliga Brasileira A 2003-04, alcançando o bicampeonato consecutivo nesta edição[1][4], com um desempenho de 290 pontos, sendo 257 de ataques, 23 de bloqueios e 10 de saques, salientando que foi nesta edição que atingiu e superou a marca dos 2 mil pontos na história da competição[5].

Voltou a vestir a camisa da seleção principal em 2004 quando foi convocada pelo técnico Zé Roberto Guimarães para disputar o Grand Prix de 2004, nesta edição vestiu a camisa#11[37] conquistou a medalha de ouro na competição e individualmente “brigando” por uma vaga na equipe para realizar o sonho de disputar a Olimpíada de Atenas no mesmo ano[38].Novamente foi convocada pelo técnico Zé Roberto, desta vez para disputar sua primeira edição dos Jogos Olímpicos de Verão,e esteve na equipe em Atenas 2004, participou de quatro jogos na fase preliminar, da vitória sobre a Seleção dos Estados Unidos nas quartas de final, da eliminação histórica para Seleção Russa na semifinal e derrota para Seleção Cubana na disputa da medalha de bronze, esta partida Bia atuou quase o tempo todo, mas com a equipe abatida devido a traumática eliminação a terminou na quarta colocação neste evento[39].

Renovou com o Finasa/Osasco para a temporada 2004-05, e por este conquistou o tricampeonato consecutivo do Campeonato Paulista em 2004 [40] e no mesmo ano a medalha de ouro do Torneio Internacional Top Volley na Basiléia[41], também foi vice-campeã do Salonpas Cup 2004[42].Pelo Finasa/Osaco também foi tricampeã da Superliga Brasileira A 2004-05[4] , marcando 352 pontos, 313 de ataques, 30 de bloqueios e 9 de saques[5].

Na jornada 2005-06 permanece no Finasa/Osasco e conquistou em 2005 o vice-campeonato dos Jogos Abertos do Interior em Botucatu[43], também foi medalhista de bronze no Torneio Top Volley de 2005 na Suíça [44], também sagrou-se campeã invicta do Campeonato Paulista de 2005[45].Além disso conquistou os títulos do Torneio Internacional Salonpas Cup[46], da Copa São Paulo e dos Jogos Regionais de Praia Grande[47].Já na Superliga Brasileira A 2005-06 foi vice-campeã[4].

Em 2006 negociou com o voleibol turco e se transferiu para defender as cores do Fenerbahçe Acıbadem na temporada 2006-07 sagrando-se vice-campeã da Liga A Turca[48] e não renovando com esta equipe para a temporada 2007-08, optando em atuar no voleibol espanhol pela equipe do Ícaro Palma[49], onde foi vice-campeã da Superliga Espanhola A 2007-08[50] e disputou a XXXIII Copa da Rainha da Espanha2008[51] na qual conquistou o bronze[52].

Bia pensava em 2008 no encerramento da carreira, quando tudo estava encaminhado, recebeu uma proposta e foi repatriada pelo Mackenzie/ Cia. do Terno [1][53] estava há seis meses sem jogar e seu clube representou o Botafogo/ Cia. do Ternono Campeonato Carioca de 2008[54] e foi vice-campeã nesta edição[55] e pelo Mackenzie conquistou o título do Campeonato Mineiro deste ano[56] e disputou por este a Superliga Brasileira A na temporada 2008-09[57] quando avançou às quartas de final desta competição[58] e encerrou na sexta posição sob o comando do técnico Sérgio Vera[59].Não renovou com o clube para a temporada 2009-10[60].

Títulos e resultadosEditar

Premiações individuaisEditar

Referências

  1. a b c d e f g h CBV-Confederação Brasileira de Voleibol (4 de fevereiro de 2005). «PERFIL DO FINASA/OSASCO - TRICAMPEÃO DA SUPERLIGA». Consultado em 3 de setembro de 2013 [ligação inativa]
  2. Veja (4 de fevereiro de 2005). «Delegação brasileira e Atenas 2004- Ana Beatriz Francisco das Chagas». Consultado em 31 de outubro de 2013 
  3. FIVB-Federação Internacional de Voleibol. «Profile Bia-FIVB» (em inglês). Consultado em 3 de setembro de 2013 
  4. a b c d e f g h i j k l m n o CBV-Confederação Brasileira de Voleibol (27 de outubro de 2008). «SUPERLIGA 08/09: Histórico da Superliga». Consultado em 31 de outubro de 2014. Arquivado do original em 17 de outubro de 2014 
  5. a b c d e f g h i j k l m CBV-Confederação Brasileira de Voleibol. «Ficha do Atleta-5–Bia-Equipe:FINASA/OSASCO». Consultado em 31 de outubro de 2014 [ligação inativa]
  6. a b c d e f ZDL. «Olimpíada 2004-Vôlei- Ana Beatriz Francisco das Chagas (Bia)». Consultado em 31 de outubro de 2014 [ligação inativa]
  7. Todor66. «Women Volleyball World Championship 1998 South America Qualification played 1997» (em inglês). Consultado em 31 de outubro de 2014 
  8. a b UOL Esportes (8 de maio de 1998). «Superliga 97-98». Consultado em 3 de setembro de 2013 
  9. Diário ABC (23 de abril de 1999). «Vôlei: ranking e patrocínio vao definir destino de atletas». Consultado em 31 de outubro de 2014 
  10. Folha Campinas (14 de agosto de 1998). «VÔLEI FEMININO-Equipe de Jundiaí derrotou a UnG, por 3 sets a 1». Consultado em 31 de outubro de 2014 
  11. a b UOL Esportes (18 de abril de 1999). «Superliga 98-99». Consultado em 3 de setembro de 2013. Arquivado do original em 15 de setembro de 2012 
  12. Melhor do Vôlei (14 de setembro de 1999). «Isabel é destaque na nova equipe de vôlei do Flamengo». Consultado em 27 de março de 2016 
  13. a b FVR-Federação de Volley-Ball do Rio de Janeiro. «GALERIA CAMPEÕES - ADULTO». Consultado em 8 de março de 2016. Arquivado do original em 28 de janeiro de 2015 
  14. Diário do ABC (10 de dezembro de 1999). «Flamengo x Rexona define líder da Superliga de vôlei». Consultado em 31 de outubro de 2014 
  15. UOL Esportes (15 de abril de 2000). «Superliga 99-00». Consultado em 3 de setembro de 2013. Arquivado do original em 8 de setembro de 2014 
  16. Diário do ABC (20 de abril de 2000). «Liga Sul-Americana Feminina de vôlei terá seis equipes». Consultado em 31 de outubro de 2014 
  17. Photo&Grafial (30 de abril de 2002). «INFORMAÇÕES DO MINAS TÊNIS CLUBE». Consultado em 31 de outubro de 2014 
  18. Photo&Grafial (26 de junho de 2000). «MRV / SÃO BERNARDO APRESENTA EQUIPE EM JULHO». Consultado em 31 de outubro de 2014 
  19. a b Photo&Grafial (26 de julho de 2000). «BLUE LIFE / PINHEIROS DERROTA O MRV / SÃO BERNARDO E É CAMPEÃO INVICTO». Consultado em 31 de outubro de 2014 
  20. a b Diário do ABC (7 de novembro de 2000). «MRV/Sao Bernardo é campeao paulista de vôlei feminino». Consultado em 31 de outubro de 2014 
  21. a b Photo&Grafial (16 de novembro de 2000). «VÔLEI DO BCN / OSASCO VENCE CAMPEÃO PAULISTA E É BI DOS JOGOS ABERTOS». Consultado em 31 de outubro de 2014 
  22. Photo&Grafial (3 de março de 2001). «VÔLEI - OBJETIVO ATINGIDO-BCN / OSASCO VENCE CLÁSSICO E FICA MAIS PERTO DO SONHADO QUARTO LUGAR». Consultado em 31 de outubro de 2014 
  23. Photo&Grafial (26 de outubro de 2001). «Rexona busca o terceiro lugar no Campeonato Carioca». Consultado em 31 de outubro de 2014. Arquivado do original em 1 de novembro de 2014 
  24. UOL Esportes. «GALERIA CAMPEÕES – ADULTO». Consultado em 31 de outubro de 2014. Arquivado do original em 28 de janeiro de 2015 
  25. Melhor do Vôlei (14 de março de 2008). «Superliga 2001-2002- Macaé/Nuceng». Consultado em 31 de outubro de 2014 
  26. a b Photo&Grafial (13 de julho de 2002). «AÇÚCAR UNIÃO SÃO CAETANO FICA COM A PRATA». Consultado em 31 de outubro de 2014 
  27. UOL Esportes (4 de agosto de 2002). «BCN/Osasco derrota MRV/Minas na final da Salonpas Cup». Consultado em 31 de outubro de 2014 
  28. a b Photo&Grafial (28 de setembro de 2002). «AÇÚCAR UNIÃO SÃO CAETANO FICA COM A PRATA DOS JOGOS ABERTOS». Consultado em 31 de outubro de 2014 
  29. FPV- Federação Paulista de Voleyball. «Divisão Especial 2002- ASSOC. DESP. CLASS. BCN». Consultado em 31 de outubro de 2014 
  30. a b Photo&Grafial (7 de novembro de 2002). «AÇÚCAR UNIÃO SÃO CAETANO FICA COM A PRATA». Consultado em 31 de outubro de 2014 
  31. a b Photo&Grafial (16 de outubro de 2002). «AUTOMÓVEL CLUBE DE CAMPOS FATURA O TÍTULO». Consultado em 31 de outubro de 2014 
  32. a b CBV-Confederação Brasileira de Voleibol (27 de outubro de 2008). «SUPERLIGA 08/09: Os melhores em cada fundamento na história». Consultado em 31 de outubro de 2014. Arquivado do original em 31 de dezembro de 2012 
  33. a b UOL Esportes. «Superliga 02-03». Consultado em 3 de setembro de 2013 
  34. a b CBV-Confederação Brasileira de Voleibol. «A HISTÓRIA DA SUPERLIGA». Consultado em 3 de setembro de 2013. Arquivado do original em 2 de novembro de 2014 
  35. a b Photo&Grafial (17 de outubro de 2003). «MRV / SÃO BERNARDO É CAMPEÃO DOS JOGOS ABERTOS». Consultado em 31 de outubro de 2014 
  36. a b Mariana Lajolo (8 de novembro de 2003). «BCN/Osasco conquista o Campeonato Paulista feminino de vôlei». Consultado em 31 de outubro de 2014 
  37. FIVB-Federação Internacional de Voleibol. «2004 FIVB World Grand Prix- BRA - Team Composition» (em inglês). Consultado em 3 de setembro de 2013 
  38. FIVB-Federação Internacional de Voleibol. «2004 FIVB World Grand Prix» (em inglês). Consultado em 3 de setembro de 2013 
  39. a b UOL Esportes. «Olimpíada de 2004». Consultado em 3 de setembro de 2013 
  40. a b FPV-Federação Paulista de Volleyball (11 de novembro de 2004). «FINASA/OSASCO CONQUISTA O HEXACAMPEONATO PAULISTA». Consultado em 31 de outubro de 2014 
  41. UOL Esportes (29 de dezembro de 2004). «Finasa/Osasco vence donas da casa e fica com título na Suíça». Consultado em 31 de outubro de 2014 
  42. FPV-Federação Paulista de Voleyball (10 de outubro de 2004). «REXONA/ADES É CAMPEÃO DA SALONPAS CUP 2004». Consultado em 31 de outubro de 2014 
  43. a b FPV-Federação Paulista de Volleyball (20 de outubro de 2005). «BRASIL TELECOM/SÃO BERNARDO É CAMPEÃO DOS JOGOS ABERTOS». Consultado em 8 de junho de 2014 
  44. FPV-Federação Paulista de Volleyball (30 de dezembro de 2005). «Finasa vence Voléro Zurique e termina em terceiro na Suíça». Consultado em 31 de outubro de 2014 
  45. a b Terra Esportes (29 de novembro de 2005). «Finasa é campeão paulista feminino». Consultado em 31 de outubro de 2014 
  46. FPV-Federação Paulista de Volleyball (3 de setembro de 2005). «FINASA CONQUISTA O TRICAMPEONATO DA SALONPAS CUP». Consultado em 31 de outubro de 2014 
  47. a b c FPV-Federação Paulista de Volleyball (6 de dezembro de 2005). «FINASA, PRONTO PARA LUTAR PELO TETRACAMPEONATO DA SUPERLIGA». Consultado em 31 de outubro de 2014 
  48. a b Wikipédia. «Fenerbahçe Acıbadem» (em inglês). Consultado em 3 de setembro de 2013 
  49. GloboEsporte.com (30 de novembro de 2007). «Bia deixa o vôlei da Turquia- Oposto brasileira sai do Fenerbahçe e vai para o Icaro Palma, da Espanha». Consultado em 31 de outubro de 2014 
  50. a b RFEVB - Real Federación Española de Voleibol. «SFV Palmarés-TEMPORADA 07/08» (em espanhol). Consultado em 31 de outubro de 2014 
  51. RFEVB - Real Federación Española de Voleibol. «XXXIII COPA DE LA REINA 2008- ÍCARO PALMA» (em espanhol). Consultado em 31 de outubro de 2014. Arquivado do original em 2 de novembro de 2014 
  52. a b RFEVB - Real Federación Española de Voleibol. «Copa dela Reina- Palmarés -CLASIFICACION FINAL-AÑO 2008» (em espanhol). Consultado em 31 de outubro de 2014 
  53. GloboEsporte.com (8 de novembro de 2011). «Duelo particular das duas maiores pontuadoras da história da Superliga-Elisângela, pelo Brusque, e Bia, no Mackenzie, estarão frente a frente». Consultado em 31 de outubro de 2014 
  54. IG Esporte (16 de outubro de 2008). «Mackenzie repatria experiente Bia». Consultado em 31 de outubro de 2014 
  55. a b IG Esporte (25 de outubro de 2008). «Rexona derrota Botafogo e fatura Campeonato Carioca». Consultado em 31 de outubro de 2014 
  56. a b Ivan Drummond (26 de setembro de 2012). «Três décadas de expectativa». Consultado em 31 de outubro de 2014 
  57. CBV-Confederação Brasileira de Voleibol. «SUPERLIGA 2008/2009- FICHA COMPLETA - ESCALAÇÃO SUPERLIGA FEMININA-MACKENZIE/ CIA. DO TERNO». Consultado em 31 de outubro de 2014. Arquivado do original em 27 de fevereiro de 2018 
  58. Inside Volleycountry (10 de março de 2009). «SuperLiga Women's Brazilian 2008/2009-Pág.04» (em inglês). Consultado em 31 de outubro de 2014 
  59. a b Mackenzie Esporte Clube. «História do Mackenzie na Super Liga». Consultado em 31 de outubro de 2014. Arquivado do original em 16 de abril de 2014 
  60. Cardioesporte. «SUPERLIGA 09/10 INFORMAÇÕES SOBRE OS CLUBES E A COMPETIÇÃO». Consultado em 31 de outubro de 2014 

Ligações externasEditar