Arquidiocese de Santiago do Chile

Arquidiocese de Santiago do Chile
Archidiœcesis Sancti Iacobi in Chile
Localização
País Chile
Território Arquidiócesis de Santiago de Chile.svg
Dioceses sufragâneas Diocese de Linares
Diocese de Melipilla
Diocese de Rancagua
Diocese de San Bernardo
Diocese de San Felipe
Diocese de Talca
Diocese de Valparaíso
Estatísticas
População 6 292 372
4 209 755 católicos (2 017)
Área 9 132 km²
Paróquias 214
Sacerdotes 782
Informação
Rito romano
Criação da diocese 27 de junho de 1561
Elevação a arquidiocese 21 de maio de 1840
Catedral Catedral Metropolitana de Santiago
Padroeiro São Tiago Maior
Governo da arquidiocese
Arcebispo Celestino Aós Braco O.F.M.Cap.
Bispo auxiliar
  • Andrés Arteaga Manieu
  • Pedro Mario Ossandón Buljevic
  • Cristián Carlos Roncagliolo Pacheco
  • Alberto Ricardo Lorenzelli Rossi, S.D.B.
  • Julio Esteban Larrondo Yáñez
Arcebispo emérito Francisco Javier Errázuriz Ossa
Ricardo Ezzati Andrello
Jurisdição Arquidiocese Metropolitana
Contatos
Página oficial www.iglesiadesantiago.cl
dados em catholic-hierarchy.org

A Arquidiocese de Santiago do Chile (em latim: Archidioecesis Sancti Iacobi in Chile) é uma circunscrição eclesiástica da Igreja Católica no Chile. É a sé metropolitana da Província Eclesiástica de mesmo nome e a Sé Primacial do Chile. Seu atual arcebispo é Celestino Aós Braco, O.F.M. Cap. Sua é a Catedral Metropolitana de Santiago.

Possui 214 paróquias servidas por 782 padres, abrangendo uma população de 6 292 372 habitantes, com 66,9% da dessa população jurisdicionada batizada (4 209 755 católicos).[1]

HistóriaEditar

A Diocese de Santiago do Chile foi erigida em 27 de junho de 1561 com a bula Super specula do Papa Pio IV, obtendo o território da diocese de La Plata ou Charcas (hoje Arquidiocese de Sucre) e da Arquidiocese de Lima, da qual era originalmente sufragânea.[2]

Em 22 de março de 1564 e 10 de maio de 1570, cedeu partes de seu território para o benefício da ereção das dioceses de La Imperial (atual Arquidiocese de Concepción) e de Tucumán (atual Arquidiocese de Córdoba).

Dom Diego de Medellín foi o primeiro organizador da diocese, que a dividiu em 4 paróquias e 26 missões para os índios. Em 1584 ele estabeleceu o seminário episcopal e dois anos depois celebrou o primeiro sínodo diocesano.[3]

Em 1745, Dom Juan González Melgarejo deu início à construção da atual catedral, que foi concluída antes do final do século, durante o episcopado de Manuel de Alday.[3]

Em 28 de maio de 1806, cedeu uma parte de seu território em benefício da ereção da diocese de Salta (hoje arquidiocese).

O século XIX assistiu a sérias turbulências políticas após a independência do Chile; o clero foi dividido entre partidários da monarquia espanhola e partidários da independência. Depois de 1810, houve de fato uma parada na evangelização. O bispo José Santiago Rodríguez Zorrilla, eleito em 1815, não era apreciado pelas autoridades civis e foi exilado duas vezes. Com a sua morte em 1832, a diocese pôde ter um novo pároco, Manuel Vicuña Larraín, que restabeleceu o seminário que tinha sido encerrado nos anos anteriores. O próprio bispo fundará o jornal La Revista Católica, com o qual apoiará as reivindicações do governo chileno de manter o patrocínio às dioceses chilenas, ao mesmo tempo que conserva o direito de apresentação dos bispos que antes havia sido concedido aos reis da Espanha.[3]

Em 21 de maio de 1840 a diocese foi elevada à categoria de arquidiocese metropolitana pelo Papa Gregório XVI com a bula Beneficentissimo Divinæ Providentiæ.[4]

Posteriormente, cedeu repetidamente outras partes do território em proveito da ereção de novas circunscrições eclesiásticas:

Enquanto isso, em 21 de junho de 1880, foi fundada a Universidade Católica, que ainda é uma das universidades mais importantes do país.[3]

Em 26 de abril de 1908 foi erigido o Santuário da Imaculada Conceição sobre a colina de San Cristóbal. No mesmo ano, Juan Ignacio González Eyzaguirre sucedeu ao arcebispado, que prestou atenção aos problemas sociais dos trabalhadores, seguindo a encíclica Rerum Novarum do Papa Leão XIII. Em 1915 consagrou a Arquidiocese ao Sagrado Coração de Jesus.[3]

Em 1950 a Santa Sé concede aos arcebispos de Santiago o título de Primaz do Chile.

Em 18 de junho 1970 em virtude do decreto Maiori Christifidelium da Congregação para os Bispos adquiriu o departamento de Maipo, que era parte da Diocese de Rancagua.[5]

Em 1987, o Papa João Paulo II visitou o Chile em uma extensa visita apostólica durante a qual elevou a freira carmelita Teresa dos Andes à categoria de beata em uma grande e polêmica celebração realizada no Parque O'Higgins.[6]

O Papa Francisco também realizou uma visita apostólica em 2018, sendo uma viagem para reforçar os laços com a Igreja Católica, já que a influência do catolicismo no país diminuiu significativamente nas últimas décadas, sofrendo duro golpe após os escândalos de pedofilia entre alguns sacerdotes, que levou mais tarde à resignação coletiva do Clero chileno.[7]

PreladosEditar

Nome Período Notas
Arcebispos
13º Celestino Aós Braco, O.F.M.Cap. 2019-atual
12º Ricardo Ezzati Andrello, S.D.B. 2010-2019 arcebispo-emérito
11º Francisco Javier Errázuriz Ossa, P. Schönstatt 1998-2010 arcebispo-emérito
10º Carlos Oviedo Cavada, O. de M. 1990-1998
Juan Francisco Fresno Larraín 1983-1990
Raúl Silva Henríquez, S.D.B. † 1961-1983
José María Caro Rodríguez 1939-1958
José Horacio Campillo Infante † 1931-1939
Crescente Errázuriz Valdivieso † 1918-1931
Juan Ignacio González Eyzaguirre † 1908-1918
Mariano Jaime Casanova Casanova † 1886-1908
Rafael Valentín Valdivieso y Zañartu † 1847-1878
Manuel Vicuña Larraín † 1840-1843
Bispos-auxiliares
Julio Esteban Larrondo Yáñez 2020-atual
Alberto Ricardo Lorenzelli Rossi, S.D.B. 2019-atual
Cristián Carlos Roncagliolo Pacheco 2017-atual
Jorge Enrique Concha Cayuqueo, O.F.M. 2015-2020 Nomeado Bispo de Osorno
Galo Fernández Villaseca 2014-2021 Nomeado Bispo de Talca
Luis Fernando Ramos Pérez 2014-2019 Nomeado Arcebispo de Puerto Montt
Pedro Mario Ossandón Buljevic 2012-atual
Fernando Natalio Chomalí Garib 2006-2011 Nomeado Arcebispo de Concepción
Cristián Contreras Villarroel 2003-2014 Nomeado Bispo de Melipilla
Ricardo Ezzati Andrello, S.D.B. 2001-2006 Nomeado Arcebispo de Concepción
Andrés Arteaga Manieu 2001-atual
Horacio del Carmen Valenzuela Abarca 1995-1996 Nomeado Bispo de Talca
Cristián Caro Cordero 1991-2001 Nomeado Arcebispo de Puerto Montt
Antonio Moreno Casamitjana 1986-1989 Nomeado Arcebispo de Concepción
Patricio Infante Alfonso 1984-1990 Nomeado Arcebispo de Antofagasta
Manuel Camilo Vial Risopatrón, P. Schönstatt 1980-1983 Nomeado Bispo de San Felipe
Enrique Alvear Urrutia 1974-1982
Jorge Maria Hourton Poisson 1974-1992 Nomeado Bispo-auxiliar de Temuco
Sergio Valech Aldunate 1973-2003
Fernando Errázuriz Gandarillas 1969-1973
Fernando Ariztía Ruiz 1967-1976 Nomeado Bispo de Copiapó
Gabriel Larraín Valdivieso 1966-1968
Emilio Tagle Covarrubias 1958-1961 Nomeado Bispo de Valparaíso
Pio Alberto Fariña Fariña 1946-1971
Augusto Osvaldo Salinas Fuenzalida, SS.CC. 1941-1950 Nomeado Bispo de San Carlos de Ancud
Antonio José Luis Castro Alvarez, SS.CC. 1926-1935
Rafael Edwards Salas 1921-1938
Miguel Claro Vásquez 1921
Rafael Fernández Concha 1901-1912
José Ramón Astorga Salinas 1899-1906
Jorge Montes Solar 1892-1900
Joaquín Larraín Gandarillas 1877-1897
José Miguel Arístegui Aróstegui 1869-1876
José Ignacio Cienfuegos Arteaga 1828-1832 Nomeado Bispo de Concepción
Manuel Vicuña Larraín 1828-1832 Elevado a Bispo
Bispos
21º Manuel Vicuña Larraín † 1832-1840
20º José Santiago Rodríguez Zorrilla † 1815-1832
19º Francisco José Marán † 1794-1807
18º Blas Manuel Sobrino y Minayo † 1788-1794 Nomeado Bispo de Trujillo
17º Manuel de Alday y Aspée † 1753-1788
16º Juan González Melgarejo † 1743-1753 Nomeado Bispo de Arequipa
15º Juan Bravo del Rivero y Correa † 1734-1743 Nomeado Bispo de Arequipa
14º José Manuel de Sarricolea y Olea † 1730-1734 Nomeado Bispo de Cuzco
13º Alonso del Pozo y Silva † 1723-1730 Nomeado Arcebispo de Sucre
12º Alejo Fernando de Rojas y Acevedo † 1718-1723 Nomeado Bispo de La Paz
11º Luis Francisco Romero † 1705-1717
10º Francisco de la Puebla González † 1694-1704
Bernardo de Carrasco y Saavedra, O.P. 1678-1694 Nomeado Bispo de La Paz
Diego de Humanzoro Carantia, O.F.M. † 1660-1676
Gaspar de Villarroel, O.E.S.A. 1637-1651 Nomeado Bispo de Arequipa
Francisco González de Salcedo Castro † 1622-1634
Juan Pérez de Espinosa, O.F.M. Obs. † 1600-1622
Pedro de Azuaga, O.F.M. † 1596-1597
Diego de Medellín, O.F.M. Obs. † 1574-1592
Fernando de Barrionuevo, O.F.M. Obs. † 1566-1571
Rodrigo González de Marmolejo † 1561-1564
Administrador Apostólico
Celestino Aós Braco, O.F.M.Cap. 2019 Bispo-emérito de Copiapó
Emilio Tagle Covarrubias 1959-1961 Bispo-auxiliar

Referências

  1. Dados atualizados no Catholic Hierarchy
  2. Bula Super specula, em La provincia eclesiástica chilena: erección de sus obispados y división en parroquias, Friburgo em Brisgóvia, 1895, pp. 517-520 (em latim)
  3. a b c d e «Nuestra Historia» (em espanhol). Site da Arquidiocese 
  4. Bula Beneficentissimo Divinae Providentiae, em Francisco Javier Hernáez, Colección de bulas, breves y otros documentos relativos a la iglesia de América y Filipinas, vol. II, Bruxelas, 1879, pp. 293–295 (em latim)
  5. Decreto Maiori Christifidelium, AAS 62 (1970), p. 545 (em latim)
  6. «Misa de beatificación de Sor Teresa de los Andes, Chile (3 de abril de 1987)» (em espanhol). Viaje apostólico a Uruguay, Chile y Argentina (31 de marzo-12 de abril de 1987) 
  7. «Programa da Viagem Apostólica do Santo Padre ao Chile e Peru (15-22 de janeiro de 2018)» 

Ligações externasEditar