Assunção (Paraíba)

Disambig grey.svg Nota: Para outros significados de Assunção, veja Assunção (desambiguação).
Assunção
  Município do Brasil  
Símbolos
Bandeira de Assunção
Bandeira
Hino
Gentílico assunçãoense
Localização
Localização de Assunção na Paraíba
Localização de Assunção na Paraíba
Mapa de Assunção
Coordenadas 7° 04' 26" S 36° 43' 51" O
País Brasil
Unidade federativa Paraíba
Região intermediária[1] Campina Grande
Região imediata[1] Taperoá
Municípios limítrofes norte: Junco do Seridó e Tenório, leste: Juazeirinho, sul: Taperoá e Oeste: Junco do Seridó e Salgadinho.[2]
Distância até a capital 250[2] km
História
Fundação 17 de janeiro de 1959
Emancipação 29 de abril de 1994
Administração
Prefeito(a) Luiz Waldvogel de Oliveira Santos[3] (PTB, 2017 – 2020)
Características geográficas
Área total [4] 126,427 km²
População total (IBGE/2010[5]) 3 522 hab.
Densidade 27,9 hab./km²
Clima semiárido[2] (Bsh)
Altitude 574[2] m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
Indicadores
IDH (PNUD/2000[6]) 0,611 médio
PIB (IBGE/2008[7]) R$ 13 950,968 mil
PIB per capita (IBGE/2008[7]) R$ 4 072,09
Website assuncao.pb.gov.br (Prefeitura)

Assunção é um município brasileiro do estado da Paraíba, localizado na região do sertão do Cariri próximo a cidade de Taperoá(a qual pertencia). De acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), no ano de 2009 sua população era estimada em 3.471 habitantes. Área territorial de 126 km². Um grande problema enfrentado na cidade diz respeito ao abastecimento de água, uma vez que ainda não existe distribuição de água encanada.

História[8]Editar

As terras que constituem o atual município de Assunção originaram-se das sesmarias da família Oliveira Ledo, tendo Ana de Oliveira, pertencente a esta família, fixado uma fazenda na região[9].

O povoamento do local deu-se no entroncamento da estrada que ligava Taperoá e Salgadinho (Paraíba) à estrada para Patos. Segundo registros, os primeiros habitantes foram José Pedro Diniz e Pio Salvador de Maria.

O distrito foi criado com a denominação de Assunção, pela lei estadual nº 1954, de 17 de janeiro de 1959, subordinado ao município de Taperoá e parte da área chamada Estaca Zero pertecia ao município de Juazeirinho. A emancipação política ocorreu lei estadual nº 5895, de 29 de abril de 1994, desmembrado de Taperoá e Juazerinho. É constituído do distrito sede e a instalação ocorreu em 1 de janeiro de 1997.

GeografiaEditar

ClimaEditar

O município está incluído na área geográfica de abrangência do semiárido brasileiro, definida pelo Ministério da Integração Nacional em 2005.[10] Esta delimitação tem como critérios o índice pluviométrico, o índice de aridez e o risco de seca. Segundo a divisão do Estado da Paraíba em regiões bioclimáticas o município possui bioclima sub-desértico quente de tendência tropical.[2]

A precipitação média anual é de 522mm (Período 1962-1985), 81% das quais concentradas de fevereiro a maio. As temperaturas médias são da ordem de 25 graus.[2]

VegetaçãoEditar

A vegetação nativa é a caatinga hiperxerófila do Seridó.[2]

HidrografiaEditar

O município de Assunção está inserido nos domínios da bacia hidrográfica do rio Paraíba, sub-bacia Taperoá.

Seus principais tributários são os riachos do Junco, dos Frades, Catolé, da Cachoeira, Mucutu, da Canoa, Capim-Açu, dos Ferros, Olho da Serrinha e Quixelô, a maioria de regime intermitente. Conta com os açudes Seridozinho e as lagoas da Maçaranduba, dos Frades, da Serra Branca, do Cavalo e dos Tanques.[2]

EconomiaEditar

A base econômica do município é a agricultura e a pecuária. Os principais produtos agrícolas são o caju, manga,acerola e umbu. Na pecuária, destacam-se as criações de caprinos e bovinos. Há também uma extração de Caulim como contribuição na economia e uma participação menor da ovinocultura .avicultura.


Referências

  1. a b Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2017). «Base de dados por municípios das Regiões Geográficas Imediatas e Intermediárias do Brasil». Consultado em 10 de fevereiro de 2018 
  2. a b c d e f g h «Ministério das Minas e Energia, 2005. Diagnóstico do Município de Assunção, Paraíba» (PDF). Consultado em 3 de outubro de 2009 
  3. «Eleições 2016. Portal G1» 
  4. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  5. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  6. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  7. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  8. «IBGE. Documentação Territorial do Brasil» (PDF) 
  9. Página da Prefeitura
  10. «Ministério da Integração Nacional, 2005. Nova delimitação do semiárido brasileiro.» 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre municípios da Paraíba é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.