Abrir menu principal

Althair & Alexandre

(Redirecionado de Ataíde & Alexandre)


Ataide & Alexandre
Informação geral
Origem Belo Horizonte, Minas Gerais
País Brasil
Gênero(s) Sertanejo
Período em atividade 1983-1992
1996 - presente
Gravadora(s) Chantecler
Integrantes Althaír
Alexandre (Laudarcy Ricardo de Oliveira)[1]
Ex-integrantes Ataíde (Nelson Amado de Ataíde).[2] & Xande
Página oficial althaitealexandre.com.br

Althair & Alexandre (antes chamados de Ataíde & Alexandre) é uma dupla de cantores de música sertaneja do Brasil formada pelos irmãos Nelson Amado de Oliveira, o Ataíde (Belo Horizonte, 13 de fevereiro de 1964) e Laudarcy Ricardo de Oliveira, o Alexandre (Carmo do Rio Claro, 26 de julho de 1962).[2] A dupla começou no princípio dos anos 80.

Ataíde começou a tocar viola com oito anos de idade. Alexandre começou a cantar aos 15 anos, e aprendeu a tocar violão de forma autodidata. Em 1982, ele participou do programa "Linha Sertaneja Classe A", na Rádio Record, do qual participavam muitos nomes importantes na época. Em 1983, lançaram pela RCA o primeiro disco, onde se destacou a composição "Fingindo Dormir", de Marciano e Darci Rossi. Com o sucesso obtido, receberam o troféu "Meninos da Porteira", como dupla revelação do ano.[2] Em 1984, gravaram o segundo disco, desta vez pela gravadora Continental. Em 1985, alcançaram sucesso com a composição "Você Marcou Pra Mim", mesmo nome de seu terceiro disco, e com o qual ganharam o primeiro disco de ouro. Em 1990, a dupla se desfez, com a saída de Ataíde. Alexandre formou durante dois meses uma dupla com Zezé di Camargo, que não foi adiante. Com a volta de Zezé di Camargo para Goiânia, Alexandre acabou procurando seu irmão de nome também Ataíde, e que já fizera parte da banda que acompanhava a dupla anterior, fazendo backing vocals. Em 1991, lançaram o LP "Rosas e Versos", pela Continental.

Em 1996, o músico Althair foi integrado à dupla e a nova formação lançou o primeiro disco, pela gravadora Velas, com destaque para as composições "Não Brinque Comigo" e "Página Rasgada", parcerias de Alexandre e Rick, da dupla Rick & Renner, e João Paulo, da então dupla João Paulo & Daniel. Alexandre tornou-se um dos compositores de maior sucesso no mundo sertanejo nos anos 90, tendo diversas composições gravadas por variados artistas, entre as quais "Cicatriz", com Renê & Ronaldo, "Paixão", com Gilberto & Gilmar, "De mal com você", com Rick & Renner, "Página de Amigos", com Chitãozinho & Xororó e "E Deus Por nós", com Zezé di Camargo & Luciano. Nos anos 1990 e 2000, fizeram shows por todo o Brasil e apresentaram-se em programas de alta audiência em quase todos os canais da TV aberta, tais como Domingão do Faustão, Viola, Minha Viola e Programa Raul Gil.

Em março de 2010, participaram da gravação do DVD "Direito de Viver", no Credicard Hall, em São Paulo, em homenagem aos 10 anos do projeto do Hospital do Câncer de Barretos, que leva o mesmo nome do disco. Da gravação, participaram artistas consagrados como Amado Batista, Bruno & Marrone, César Menotti & Fabiano, Cezar & Paulinho, Chitãozinho & Xororó, Daniel, Edson, Eduardo Costa, Fábio Jr, Fernando & Sorocaba, Gian & Giovani, Gino & Geno, Guilherme & Santiago, Hudson & Rolemax, Hugo & Tiago, Jorge & Mateus, Juliano Cezar, KLB, Leonardo, Milionário & José Rico, Rick & Renner, Rionegro & Solimões, Roberta Miranda, Sérgio Reis, Teodoro & Sampaio, Victor & Leo e Zé Henrique & Gabriel. Em 2012, gravaram o DVD “Ataíde & Alexandre – Ao Vivo em Vitória”, o 25º da carreira, e que teve participações de Ricardo Chaves e Grupo Forró Namoro Novo, além de um depoimento de Zezé di Camargo. Como compositor, Alexandre fixou-se como um dos principais da música sertaneja moderna, com cerca de 1500 composições gravadas por diversos artistas da música sertaneja (tendo Rick da dupla Rick & Renner como um de seus principais parceiros), muitos deles sucessos, como "Página de Amigos", com Chitãozinho e Xororó, "Deus Me livre", pelo grupo Raça Negra, "Hoje Eu Sei", por João Paulo & Daniel, "Cara de Pau, por Rick & Renner, "Apaziguar", por Bruno & Marrone, "Nóis Namora", por Zezé di Camargo & Luciano, "Ô de Casa, Ô de Fora", por Rionegro & Solimões, "Amor de Violeiro", por Eduardo Costa, "Quem Disse Que Esqueci", por Milionário & José Rico, e "Apaixonado por Você", por Gino & Geno, entre muitas outras.

Em agosto de 2016, a dupla passou a se chamar Althair & Alexandre [3] O motivo da troca de nome é referente a uma ação judicial que Ataíde, ex-integrante abriu, na qual não utilizasse mais seu nome.[4]

Alguns de seus grandes sucessos são "Deus Me Livre", "Tá Nervoso...Vai Pescá", "Laço Aberto", "Doces Palavras", "Rosas e Versos", "Luzes da Ribalta", "Táxi", Madrugada Amiga", "Estrada do Amor", "Você Marcou pra Mim", "Amor Carrapicho", entre outros. A música "Deus Me Livre" foi regravada pelo grupo Raça Negra.

DiscografiaEditar

  • 1983 - Meu Caminho
  • 1984 - Marcas de Batom
  • 1986 - Ataíde e Alexandre - Volume 3
  • 1988 - Ataíde e Alexandre - Volume 4
  • 1989 - Ataíde e Alexandre - Volume 5
  • 1991 - Rosas e Versos
  • 1996 - De Cara Nova
  • 1998 - Deus Me Livre
  • 1999 - Popularidade
  • 2000 - Laço Aberto
  • 2001 - Estrada do Amor
  • 2002 - Bailão do Ataíde e Alexandre
  • 2002 - Versão Acústica
  • 2003 - Tá Nervoso... Vai Pescá!
  • 2003 - Momento Especial
  • 2004 - Amor de Arrepiar
  • 2005 - Festa de Sucessos
  • 2006 - Recomeçar
  • 2007 - Do Jeito Que a Galera Gosta
  • 2008 - Portas e Janelas
  • 2009 - Ataíde e Alexandre - Ao Vivo
  • 2010 - Amadurecidos
  • 2010 - Momento Especial II
  • 2012 - Ao Vivo em Vitória
  • 2013 - Intuição
  • 2014 - Nos Bares da Vida
  • 2016 - Majestade a Mulher

ParticipaçõesEditar

  • Com Jay Ruiz em Culpados (Culpables) Jay Ruiz vs Alexandre/Ray Robson (Robson Santos Bachata)



Referências

  1. «Título de Cidadania Espírito Santense ao Senhor Laudarcy Ricardo de Oliveira». Assembleia Legislativa do Estado de Espírito Santo. 22 de outubro de 2007. Consultado em 13 de fevereiro de 2014. Arquivado do original em 22 de fevereiro de 2014 
  2. a b c Dicionário Cravo Albin da Música Popular Brasileira. «Althair e Alexandre». Consultado em 27 de outubro de 2013 
  3. «Nota de Esclarecimento – ATAIDE & ALEXANDRE (agora Althair e Alexandre)». TV Sertanejo. 3 de agosto de 2016. Consultado em 30 de junho de 2017. Arquivado do original em 28 de setembro de 2017 
  4. Cristiane Bomfim (3 de agosto de 2016). «Dupla Ataíde e Alexandre troca de nome e grava DVD na próxima semana». Música Popular Sertaneja. Consultado em 30 de junho de 2017 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre músico é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.