Abrir menu principal

Cahiers du Cinéma é uma revista sobre cinema editada na França e criada em março de 1951 por Jacques Doniol-Valcroze, André Bazin e Lo Duca.[1] É uma das mais importantes revistas de cinema do mundo.[2]

Se trata, na verdade, de uma união entre a originária revista intitulada Revue du Cinéma e a participação dos membros dos cineclubes parisinos: Ciné-Club du Quartier Latin e Objectif 49 (no qual contribuiam nomes como Bresson, Cocteau e Alexandre Astruc, entre outros). Nesta união, foram somados à equipe de edição (que era inicialmente composta por Éric Rohmer e Maurice Scherer) outros colaboradores: Jacques Rivette, Jean-Luc Godard, Claude Chabrol e François Truffaut.

Estes jovens colaboradores estavam recém incursionando à direção de filmes nos fins dos anos 1950, depois de ter desempenhado a profissão de roteiristas durante os anos anteriores. A revista defendia a política dos autores.

Desde 10 de maio de 2007, esta revista, que já conta com edições em vários idiomas, é editada também na Espanha (em espanhol) pela Caimán Ediciones.

Referências

  1. Itzkoff, Dave (9 de fevereiro de 2009). «Cahiers Du Cinéma Will Continue to Publish». The New York Times (em inglês). ISSN 0362-4331 
  2. Hessel, Marcelo (7 de março de 2007). «Cahiers du Cinéma ganha versão em inglês». Omelete. Consultado em 28 de julho de 2019 
  Este artigo sobre uma revista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.