Campeonato Sul-Americano de Futebol de 1959 (Argentina)

XXVI Campeonato Sul-Americano
Argentina 1959
Dados
Participantes 7
Organização CONMEBOL
Anfitrião Argentina
Período 7 de março4 de abril
Gol(o)s 86
Partidas 21
Média 4,1 gol(o)s por partida
Campeão Argentina (12º título)
Vice-campeão Brasil
Melhor marcador Brasil Pelé – 8 gols
Melhor ataque (fase inicial) Argentina – 19 gols
Melhor defesa (fase inicial) Argentina – 5 gols
Maior goleada
(diferença)
Uruguai 7 – 0 Bolívia
Monumental de NúñezBuenos Aires
8 de março
◄◄ Peru 1957 Soccerball.svg 1959 Equador ►►

O Campeonato Sul-Americano de Futebol de 1959, foi a 26ª edição da competição entre seleções da América do Sul. Foi realizada em Buenos Aires na Argentina entre os dias 7 de março e 4 de abril de 1959.

Participaram da disputa sete seleções: Argentina, Brasil, Chile, Bolívia, Paraguai, Peru e Uruguai. As seleções jogaram entre si em turno único.

A Argentina foi campeã. Com a debandada dos jogadores locais para o futebol europeu e o fiasco da participação na Copa do Mundo FIFA de 1958, a Argentina apresentou uma geração renovada com jovens jogadores locais. No entanto, o futebol pragmático não agradou. Conforme análise da revista El Gráfico: "Se gano: falta jugar mejor". [1]

O Brasil era favorito ao título e apresentou a equipe que conquistou a Copa do Mundo FIFA de 1958. No entanto, o empate na estreia contra o Peru pesou na campanha. Embora tenha terminado invicto, por ser pontos corridos, o Brasil ficou com o vice campeonato. Pelé foi o artilheiro e melhor jogador da competição. Essa foi a única Copa América que Pelé disputou.[2]

OrganizaçãoEditar

 
Antes do torneio começar, os campeões do mundo de 1958 eram os destaques

SedeEditar

Buenos Aires
Estádio Monumental de Núñez
Capacidade: 80 000
 

ÁrbitrosEditar

  •   Luis Ventre.
  •   Alberto Da Gama Malcher.
  •   Carlos Robles.
  •   Isidro Ramírez.
  •   Alberto Tejada.
  •   Washington Rodríguez.

Seleções ParticipantesEditar

ResultadosEditar

PosiçãoEditar

Pos Seleção Pts J V E D GP GC SG
  Argentina 11 6 5 1 0 19 5 14
  Brasil 10 6 4 2 0 17 7 10
  Paraguai 6 6 3 0 3 12 12 0
  Peru 5 6 1 3 2 10 11 -1
  Chile 5 6 2 1 3 9 14 -5
  Uruguai 4 6 2 0 4 15 14 1
  Bolívia 1 6 0 1 5 4 23 -19
 
Na imprensa argentina o tema da competição era a renovação

PartidasEditar

Campeonato Sul-Americano de Futebol de 1959
 
Argentina
Campeão
(12º título)

GoleadoresEditar

Jogador Seleção Gols
Pelé  BRA 8
José Raúl Aveiro  PAR 6
Miguel Loayza  ARG 5
Paulo Valentim  BRA 5
Rubén Héctor Sosa  BRA 4
José Sasía  URU 4

Melhor jogador do torneioEditar


Referências

  1. «1959. Argentina tricampeón sudamericano». El Grafico. 9 de fevereiro de 2002. Consultado em 26 de julho de 2019 
  2. «1959: Argentina supera o Brasil de Pelé». Goal. 9 de fevereiro de 2002. Consultado em 26 de julho de 2019 
  3. «Southamerican Championship 1959 (1st Tournament)». www.rsssf.com. Consultado em 13 de março de 2018 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre futebol argentino é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.