Abrir menu principal
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita referências, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde maio de 2012). Ajude a inserir fontes confiáveis e independentes. Material controverso que esteja sem fontes deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Claudia Barthel
Nascimento 19 de março de 1972 (47 anos)
Palmitos, Santa Catarina
Nacionalidade Brasil brasileira
Ocupação jornalista

Claudia Barthel (Palmitos, Santa Catarina, 19 de março de 1972) é uma jornalista brasileira.

BiografiaEditar

Claudia está no ar desde 1990, quando começou a trabalhar como apresentadora em uma afiliada da antiga Rede Manchete, a TV Cabrália, em Itabuna, sul da Bahia. Na mesma cidade ela ainda trabalhou na afiliada da Rede Globo, a TV Santa Cruz, como editora, produtora, repórter e apresentadora. O trabalho nessa região rendeu à jornalista um Troféu Imprensa como melhor apresentadora da Bahia.

Assim que sua primeira filha nasceu, ela voltou a morar em Santa Catarina, onde nasceu. Em Chapecó, oeste do estado, trabalhou na RBS (afiliada da Rede Globo) chefiando o Jornal do Almoço. Graças a esse trabalho, em 1996 recebeu um convite da Rede Globo no Rio de Janeiro para ser repórter especial da editoria local e apresentar o Globo Comunidade. Suas reportagens sobre cultura e o dia a dia eram exibidas no Jornal da Globo, Bom Dia Brasil, Bom Dia Rio e RJTV.

O próximo passo foi na Rede Manchete, também no Rio, onde apresentou vários jornais, entre eles, Edição da Tarde e Jornal da Manchete, no lugar de Márcia Peltier. Mais tarde dividiu a bancada com Augusto Xavier, no mesmo jornal. Em 1999 recebeu uma homenagem de Chico Buarque que compos a canção "Sonhos sonhos são", de seu CD As Cidades, em sua homenagem.[1]

Durante a transição da Rede Manchete para RedeTV!, a chamada TV!, apresentou o Primeira Edição. Em 2000 passou uma temporada em Seattle, nos Estados Unidos, onde estagiou na KOMO-TV.[carece de fontes?] De volta ao Brasil em 2001 foi chamada por Alberico de Sousa Cruz, então superintendente da Rede TV!, para apresentar o Jornal da TV em São Paulo. Em 2004 deu à luz sua segunda filha.

Em junho do mesmo ano, voltou da licença maternidade, mas agora passando a apresentar o TV Esporte Notícias no mesmo canal, ao lado respectivamente de Fernando Vanucci (junho a setembro de 2004), Cristina Lyra (setembro de 2004 a abril de 2005), José Carlos Bernardi (abril a junho de 2005) e, enfim, do velho companheiro Augusto Xavier (junho de 2005 até novembro de 2008). Também apresentou, por curto período, o noturno Leitura Dinâmica.

Em 2008 sofreu um grave acidente de moto, e teve de se afastar da apresentação do TV Esporte Notícias, sendo substituida por Flávia Noronha.

Em 2010 voltou ao horário nobre da televisão passando a apresentar ao lado de Augusto Xavier o RedeTV! News. No mesmo ano recebeu o prêmio Super Cap de Ouro, como destaque na apresentação de telejornal. Em dezembro de 2012 chegou a entrar para a lista de funcionários dispensados da RedeTV! por causa de grandes cortes da emissora[2], mas teve o seu contrato com a emissora renegociado[3]. Entre julho de 2013 e abril de 2016, Claudia apresentou o Good News, programa semanal jornalistico da Rede TV. A Jornalista é Torcedora do Grêmio.[4].[5],

Referências

  1. O público masculino está encantado com a volta do Jornal da Manchete. ISTOÉ Gente, 27 de janeiro de 1999 (visitado em 9-3-2010).
  2. Rede TV! e Record promovem novos cortes de apresentadores e produtores no fim de ano. Na TV, 13 de dezembro de 2012, visitado em 17 de dezembro de 2012.
  3. Cláudia Barthel continua na Rede TV! UOL Televisão, 19 de dezembro de 2012, visitado em 27 de janeiro de 2013.
  4. Barthel assume a apresentação do Good News, na Rede TV!. TV Foco, 13 de julho de 2013, visitado em 6 de novembro de 2016.
  5. RedeTV! estreia novos programas e cancela o “Good News”. RD1, 13 de abril de 2016, visitado em 6 de novembro de 2016.
  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.