Palmitos

município brasileiro do estado de Santa Catarina
 Nota: Para o plural de palmito, veja palmito.

Palmitos é um município do estado de Santa Catarina, na região Sul do Brasil, distando 616 km da capital estadual, Florianópolis. Sua população contabilizada no Censo 2022, de acordo com o IBGE, era de 15 626 habitantes.[5] Pertence à Região Geográfica Imediata de Chapecó e à Região Geográfica Intermediária de Chapecó.

Palmitos
  Município do Brasil  
Símbolos
Bandeira de Palmitos
Bandeira
Brasão de armas de Palmitos
Brasão de armas
Hino
Gentílico palmitense
Localização
Localização de Palmitos em Santa Catarina
Localização de Palmitos em Santa Catarina
Localização de Palmitos em Santa Catarina
Palmitos está localizado em: Brasil
Palmitos
Localização de Palmitos no Brasil
Mapa
Mapa de Palmitos
Coordenadas 27° 04' 04" S 53° 09' 39" O
País Brasil
Unidade federativa Santa Catarina
Região metropolitana Região Metropolitana de Chapecó
Municípios limítrofes São Carlos, Cunhataí, Cunha Porã, Caibi, Iraí (RS) e Alpestre (RS)
Distância até a capital 612 km
História
Fundação 25 de outubro de 1926 (97 anos)
Emancipação 2 de março de 1954 (70 anos)
Administração
Prefeito(a) Dair Jocely Enge (MDB, 2021 – 2024)
Características geográficas
Área total [1] 350,69 km²
População total (Censo IBGE/2022[2]) 15 626 hab.
 • Posição SC: 82°;
Densidade 44,6 hab./km²
Clima Subtropical úmido (Cwa)
Altitude 406 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
Indicadores
IDH (PNUD/2010 [3]) 0,737 alto
 • Posição SC: 62°
PIB (IBGE/2008[4]) R$ 372 871,911 mil
PIB per capita (IBGE/2008[4]) R$ 22 520,50
Sítio palmitos.sc.gov.br (Prefeitura)
camarapalmitos.sc.gov.br (Câmara)

O município destaca-se no turismo em águas termais, compondo o Vale das Águas, região turística de Santa Catarina rica na oferta de águas termais, minerais ou sulfurosas.[6]

Etimologia

editar

A explicação mais aceitável para o nome que o município leva é pela existência no local de palmeiras nativas da Mata Atlântica, conhecidas como palmito.[7]

História

editar

Em 1926, agricultores vindos do Rio Grande do Sul começaram a construir casas, onde hoje se situa a Linha Cascalho, no sul do município. O engenheiro alemão Carlos Culmey liderava o grupo formados pelas famílias Otto, Bortolanza, Trenepol, Knapp e Daenecke entre outras, sendo que maioria destes colonos eram descendentes de alemães e italianos.[7]

O primeiro a morar na cidade foi Fernando Otto, que construiu um grande casarão, depois um grande hotel que abrigava compradores de terra do Rio Grande do Sul.[7] Em 1938, o então distrito de Chapecó passou a chamar-se Passarinhos e, em 1947, foi denominado Palmitos, sendo desmembrado de Chapecó em 1953.[7]

Em 2 de março de 1954, Palmitos tornou-se município, e teve o tenente Olavo Spaldin de Souza como prefeito nomeado pelo governo do Estado.[7] Em 3 de outubro de 1954 foi eleito o prefeito Avelino Alves Triches, comerciante de madeira, amigo de Carlos Culmey e um dos colaboradores da Companhia Sul Brasil e também foi eleita a primeira Câmara de Vereadores, composta de sete vereadores.[7]

Rodovias

editar

Palmitos fica à margem da SC-283, 16 km a oeste de São Carlos. Vindo de Chapecó pela SC-283, a distância é de 65 km. Vindo do sul pela BR-158, a distância é de 216 km. Em Palmitos também existe a Rodovia Claumir Luiz Trevisol que é um acesso até o distrito de Santa Lúcia.

Festas

editar
  • Festa do Colono e Motorista : É a festa mais tradicional da cidade e ocorre há mais de 40 anos. É comemorada no dia 25 de julho com bailes, jantares e o desfile dos colonos e dos caminhoneiros.
  • Festa do Vinho Colonial e Expoleite : Ocorre há 14 anos no Centro de Exposições da Cidade (CTG Porteira d'oeste). A festa movimenta mais de 30 mil pessoas em seus 3 dias de duração e acontece a cada 2 anos. Muitas bandas já tocaram na festa, tais como Gian e Giovani, Mercosul entre outras.

Educação

editar
Ensino superior
Ensino básico

Atividades econômicas

editar

As principais atividades econômicas são a bovinocultura de leite, produção de suínos e aves, a atividade agrícola voltada à produção de grãos, destacando-se o milho, o soja e o feijão.

Palmitos tem a segunda maior bacia leiteira do estado de Santa Catarina.

No município está a sede da Cooperativa A1, a mais antiga rede de cooperativas do estado.

Secretaria

editar

Palmitos é sede da 29ª Secretaria de Estado do Desenvolvimento Regional (SDR), secretaria vinculada ao poder executivo estadual, a qual estão vinculados os municípios de Águas de Chapecó, Cunhataí, Caibi, Mondaí, Riqueza, Cunha Porã São Carlos, além do próprio município sede.

O secretário de Estado do Desenvolvimento Regional é Élio Pedro Hoss Godoy (de São Carlos/SC), precedido por Ruben Fritz Prass (Palmitos/SC), Alencar Fiegenbaum (Palmitos/SC), Mauro de Nadal (Cunha Porã), Manfried Rutzen (Riqueza) e Adilson Zeni (Águas de Chapecó), este que implantou a SDR durante o governo de Luiz Henrique da Silveira.

Turismo

editar

Fontes de águas termais,trilhas,cachoeiras,banhos de rios,vista panorâmica do rio Uruguai,comidas e Vinhos Coloniais.Palmitos oferece tudo isso com uma ótima infraestrutura. Alguns pontos turísticos de Palmitos:

Geografia

editar

Limites

editar

Distritos

editar
  • Distrito de Sede Oldemburg
  • Distrito de Diamantina
  • Distrito de Santa Lúcia

Bairros

editar
Zona Sul
Zona Central
Zona Norte

Hidrografia

editar

Palmitos é banhado pelos rio Uruguai, rio Barra Grande e rio São Domingos (fonte de água para a cidade). Há também um pequeno rio que corta a cidade com o nome de rio Palmitos.

Rádios

editar
  • Rádio 101.5 FM
  • Rádio Comunitária Vale do Uruguai 98.7 FM
  • Rádio Entre Rios 1400 AM

Canais de televisão

editar

Atualmente o município possui quatro sinais de canal aberto:

Ver também

editar

Referências

  1. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  2. «Censo Populacional 2022». Censo Populacional 20222. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 27 de outubro de 2023. Consultado em 24 de novembro de 2023 
  3. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 25 de agosto de 2013 
  4. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  5. «Index of /Censos/Censo_Demografico_2022/Populacao_e_domicilios_Primeiros_resultados/Resultados_da_2a_apuracao_20231027». ftp.ibge.gov.br. Consultado em 25 de novembro de 2023 
  6. «Portal Municipal de Turismo de Palmitos». turismo.palmitos.sc.gov.br. Consultado em 23 de agosto de 2021 
  7. a b c d e f Prefeitura de Palmitos - História e Colonização de Palmitos, in "Histórias da Colonização de Palmitos" de Marcos Batista Schuh Acessado em 14 de abril de 2017

Ligações externas

editar
  Este artigo sobre municípios de Santa Catarina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.