Cravo e Canela (canção)

Canção de Anitta
"Cravo e Canela"
Single de Anitta com a participação de Vitin
do álbum Bang!
Lançamento 5 de maio de 2016[1]
Formato(s) Download digital
Gênero(s)
Duração 3:20
Gravadora(s) Warner Music
Composição
  • Jhama
  • Pablo Luiz Bispo
Produção
Cronologia de singles de Anitta
"Ginza"
(2016)
"Sim ou Não"
(2016)
Cronologia de singles de Vitin
"João e Grazi"
(2012)
Lista de faixas de Bang!
"Deixa Ele Sofrer"
(2)
"Parei"
(4)

"Cravo e Canela" é uma canção gravada pela artista musical brasileira Anitta, contida em seu terceiro álbum de estúdio Bang! (2015).[2] Foi lançada em 5 de maio de 2016 como quarto e último single do disco.[3] A faixa conta com a participação do cantor Vitin da banda Onze:20, sendo composta por Jhama juntamente com Pablo Luiz Bispo, e produzida por Umberto Tavares e Mãozinha. Ambas as vozes dos artistas foram gravadas no Studio Fibra, localizado no Rio de Janeiro.

Em outubro de 2016, entrou para a trilha sonora do filme É Fada!.

ComposiçãoEditar

"Cravo e Canela" foi composta por Jhama e Pablo Luiz Bispo, sendo produzida por Umberto Tavares e Mãozinha e gravada no Studio Fibra, no Rio de Janeiro.[4] A letra da canção fala sobre uma pessoa intensamente apaixonada por uma moça citada como extremamente bela e cuja pele tem cheiro de "cravo, canela e alecrim". Durante a composição várias referências e localidades são dadas, como os arcos da Lapa, no Rio de Janeiro, a cidade francesa Cannes, onde acontece um dos maiores prêmios de cinema e o prêmio Óscar ("Vamos vencer o Oscar / Rumo à Cannes nessa cena"), a romantização da personagem Cinderela ("Cinderela, volta pro castelo bem mais tarde"), a marca Nutella comparada ao doce da pessoa ("Você tão doce, sobremesa feita de Nutella") e o poeta Carlos Drummond de Andrade ("E num poema de Drummond dizer: Te amo, sim").[5]

Recepção da críticaEditar

"Cravo e Canela" recebeu críticas positivas dos críticos de música. Luís Lima, da revista Veja, disse que incluir a faixa foi uma escolha acertada, acrescentando que o ponto forte é a composição refinada "bastante imagética, com menções que vão dos arcos da Lapa, no Rio de Janeiro, à sobremesa feita de Nutella e que lembrava "Cobertor".[5] Mauro Ferreira, do Notas Musicais, disse que a faixa tem "tempero pop" e exala "cheiro da felicidade romântica".[6] Gabriel Vaquer, do Arautu Online, avaliou a maturidade de Anitta, sendo positivo sobre o carisma da cantora e capacidade de fazer músicas que "grudam na cabeça", citando "Cravo e Canela" como exemplo.[7] Para Silvestre Mendes, do site Pop de Botequim, a faixa é um "love hit" criado especialmente para os fãs que gostam de canções românticas de Anitta.[8] No entanto Rodrigo Ortega e Braulio Lorentz, do portal G1, foram negativos, dizendo que a canção era "abominável" e parecia um material descartado do cantor Seu Jorge.[9]

Desempenho comercialEditar

Em março de 2016, ainda antes de ser lançada oficialmente, "Cravo e Canela" começou a tocar nas rádios do Rio de Janeiro informalmente, fechando o mês entre as setenta mais tocadas no estado, acumulando em torno de mil execuções.[10]

Vídeo musicalEditar

Produção e roteiroEditar

Anitta começou a trabalhar no videoclipe da faixa em março.[11] A direção geral foi feita por Bruno Ilogti e a direção artística por Giovanni Bianco, repetindo a parceria com os dois profissionais de "Bang" e "Essa Mina É Louca".[12] O trabalho foi lançado de surpresa à meia-noite do dia 13 de maio de 2016, sem nenhuma prévia ou anuncio anterior.[13] No vídeo, Anitta está presa em um engarrafamento no trânsito durante uma tempestade e acaba se interessando pelo rapaz do carro ao lado, anotando seu número de telefone em um pedaço de papel e mostrando para ele pela janela, fazendo com que eles comecem a trocar mensagens. Nas partes interpretadas por Vitin, o cantor é mostrado cantando na chuva em cenas em preto e branco. Em outra cena, a cantora se movimenta pela chuva, cantando de modo sensual. No final do vídeo ela e o rapaz do carro ao lado abrem seus vídeos e se beijam em meio ao trânsito.[14] O vídeo utiliza o recurso de synthwave, um movimento artístico inspirado o visual dos jogos eletrônicos doa década de 1980 e de filmes de ficção científica, o qual são utilizados ângulos mais próximos do rosto e colorização rosada e azulada, trazendo uma referência descrita como retrô-futurista.[15] A simplicidade no roteiro teve o propósito de focar-se na fotografia bem trabalhada.[16]

Recepção da críticaEditar

O portal Ponto Pop elogiou a direção de fotografia, dizendo que a proposta era "belíssima" e cenas sensíveis, bem trabalhadas e com o conceito dos filmes de Hollywood, comparando algumas partes aos dos vídeos "Angels Cry", de Mariah Carey, e "Don't Hold Your Breath", de Nicole Scherzinger. A crítica termina dizendo que o vídeo é "certamente um dos melhores trabalhos da cantora, com qualidade visual que não perde em nada para grandes nomes internacionais atuais como Meghan Trainor e Ariana Grande".[17] A revista Caras disse que o vídeo traz um estilo que é "tendência na música pop internacional", comparando o filtro neon utilizado ao dos vídeos "Work", de Rihanna, "What Do You Mean?", de Justin Bieber, e "Cool for the Summer", de Demi Lovato.[15] Já o IG disse que a música e o vídeo "casaram perfeitamente".[16] Já Édipo Barreto, do portal Que Delícia, Né Gente?, disse que a mistura de luzes contrastantes, reflexos coloridos e a chuva "rende um visual bacana", porém que o vídeo era monótono pela ausência de acontecimentos, dizendo que "Oasis", da banda A Great Big World, traz a mesma temática, mas de uma forma atrativa.[18]

Desempenho nas tabelas musicaisEditar

Paradas semanaisEditar

Tabela musical (2016) Melhor
posição
  Brasil (Billboard Hot 100 Brasil)[19] 34
  Brasil (Billboard Brasil Regional São Paulo Hot Songs)[20] 1
  Brasil (Billboard Brasil Regional Rio de Janeiro Hot Songs)[21] 4

Histórico de lançamentoEditar

País Data Formato(s) Gravadora
Brasil 5 de maio de 2016[1] Airplay Warner Music

Referências

  1. a b «"Cravo e Canela", de Anitta, será lançada nesta quinta-feira!». Ponto Pop. 17 de agosto de 2011. Consultado em 18 de dezembro de 2010. Arquivado do original em 16 de janeiro de 2016 
  2. «Anitta divulga capa do próximo álbum 'Bang'». Gshow.Globo.com. 2 de outubro de 2015. Consultado em 8 de outubro de 2015 
  3. «Anitta lança o clipe da música 'Cravo e Canela'». G1. 2 de maio de 2016. Consultado em 8 de maio de 2016 
  4. «Bang de Anitta». iTunes Store. Consultado em 12 de outubro de 2015 
  5. a b «Anitta mira – e acerta – em pop alegre e vibrante em novo CD». Revista Veja. 15 de outubro de 2015. Consultado em 19 de outubro de 2015 
  6. «'Bang!' municia Anitta com artilharia que aponta evolução no seu mundo pop». Notas Musicais. 16 de outubro de 2015. Consultado em 1 de novembro de 2015 
  7. «Com novo CD, Anitta se consolida de vez como grande nome do pop brasileiro». Aratu Online. Grupo Aratu. 18 de outubro de 2015. Consultado em 28 de janeiro de 2016. Arquivado do original em 17 de novembro de 2015 
  8. «BANG: O Tiro Certo de Anitta». Pop de Botequim. 11 de outubro de 2015. Consultado em 8 de novembro de 2015 
  9. «'Bang' de Anitta tem início poderoso, mas tropeça em clichês: G1 ouviu». G1. 14 de outubro de 2015. Consultado em 19 de outubro de 2015 
  10. «Sem anúncio de Anitta, "Cravo e Canela" começa a tocar no Rio e deve ser single». Ponto Pop. 2 de maio de 2016. Consultado em 8 de maio de 2016. Arquivado do original em 16 de janeiro de 2016 
  11. «Anitta começa a trabalhar no roteiro do vídeo de "Cravo e Canela", seu novo single». Ponto Pop. 2 de maio de 2016. Consultado em 8 de maio de 2016. Arquivado do original em 16 de janeiro de 2016 
  12. «Na calada da noite, Anitta lança novo clipe; assista "Cravo e Canela"». Poline. 2 de maio de 2016. Consultado em 8 de maio de 2016. Arquivado do original em 18 de agosto de 2016 
  13. «De surpresa, Anitta lança clipe de nova música do álbum 'Bang'». Revista Época. 2 de maio de 2016. Consultado em 8 de maio de 2016 
  14. «Anitta lança clipe de 'Cravo e Canela'; assista ao romântico vídeo». Globo. 2 de maio de 2016. Consultado em 8 de maio de 2016 
  15. a b «Anitta lança clipe surpresa da música 'Cravo e Canela'». Revista Caras. 2 de maio de 2016. Consultado em 8 de maio de 2016 
  16. a b «Anitta lança clipe surpresa de 'Cravo e Canela', mas não agrada fãs». IG. 2 de maio de 2016. Consultado em 8 de maio de 2016 
  17. «De surpresa, Anitta lança vídeo de "Cravo e Canela", com Vitin». Ponto Pop. 2 de maio de 2016. Consultado em 8 de maio de 2016. Arquivado do original em 16 de janeiro de 2016 
  18. «De surpresa, Anitta revela o molhado videoclipe da faixa "Cravo e Canela"». Que Delícia, Né Gente. 2 de maio de 2016. Consultado em 8 de maio de 2016 
  19. «Billboard Brasil Top 100 - Semanal». Billboard Brasil. 25 de julho de 2016. Consultado em 13 de julho de 2016. Arquivado do original em 25 de julho de 2016 
  20. «Ranking Crowley - Top 10 Grande São Paulo - 17/07/2016 a 23/07/2016». 17 de julho de 2016. Consultado em 17 de julho de 2016 
  21. «Ranking Crowley - Top 10 Rio de Janeiro - 17/07/2016 a 23/07/2016». 17 de julho de 2016. Consultado em 17 de julho de 2016 

Ligações externasEditar