Diocese de Alagoinhas

A Diocese de Alagoinhas é uma circunscrição eclesiástica da Igreja Católica no estado brasileiro da Bahia.

Diocese de Alagoinhas
Dioecesis Alacunensis
Brasão da diocese
Localização
País  Brasil
Arquidiocese metropolitana Arquidiocese de São Salvador da Bahia
Estatísticas
Área 16 175 km²
Informação
Rito romano
Criação 28 de outubro de 1974 (48 anos)
Padroeiro(a) Santo Antônio de Pádua[1]
Governo da diocese
Bispo Francisco de Oliveira Vidal
Jurisdição diocese
Página oficial http://www.diocesedealagoinhas.com.br/
dados em catholic-hierarchy.org

HistóricoEditar

Criada em 28 de outubro de 1974, pela bula Qui Summi do Papa Paulo VI, a Diocese de Alagoinhas foi desmembrada da Arquidiocese de São Salvador da Bahia e instalada em 2 de fevereiro de 1975, tornando-se mais uma das dioceses que compõem a Província Eclesiástica de São Salvador. Seu primeiro bispo foi Dom José Florisberto Cornelis OSB, arcebispo (1974-1986).

Nascido pouco depois do Concílio Vaticano II, Dom Cornelis, teve participação nele - o que muito veio influir na orientação da nova Diocese. A construção do Centro Diocesano e a realização da Assembleia Diocesana anual refletem as inspirações deste Concílio. Além disso pode-se destacar algumas das suas iniciativas como a abertura da Escola de Catequese; o amplo leque de pastorais que foram iniciadas ou encaminhadas; o incentivo ao apostolado e a responsabilidade dos leigos e leigas; o boletim diocesano mensal "Caminhar Juntos" e a Comissão Diocesana de Justiça e Paz.

A Diocese de Alagoinhas é composta por 34 paróquias que estão distribuídas nos municípios de Alagoinhas, Acajutiba, Aporá, Araçás, Aramari, Cardeal da Silva, Cipó, Conde, Crisópolis, Entre Rios, Esplanada, Heliópolis, Inhambupe, Itanagra, Itapicuru, Jandaíra, Mata de São João, Nova Soure, Olindina, Pojuca, Ribeira do Amparo, Rio Real, Sátiro Dias e Teodoro Sampaio.

Dom Francisco de Oliveira Vidal foi nomeado pelo Papa Francisco bispo de Alagoinhas em 27 de setembro de 2022, sendo ordenado no dia 19 de novembro do mesmo ano na cidade de Governador Valadares por Dom Antônio Carlos Félix, sendo Dom Emanuel Messias de Oliveira e Dom Dario Campos os bispos co-ordenantes.[2]

BisposEditar

Bispos encarregados da diocese:[3]

Nome Período Notas
Bispos
Francisco de Oliveira Vidal 2022-atual
Paulo Romeu Dantas Bastos 2002-2021 Nomeado Bispo de Jequié
Jaime Mota de Farias 1986-2002
José Floriberto Cornelis, O.S.B. 1974-1986

ParóquiasEditar

Paróquia Catedral de Santo Antônio - Alagoinhas (1816)

Paróquia São Francisco de Assis - Alagoinhas (1968)

Paróquia Santa Teresinha - Alagoinhas (2003)

Paróquia Nossa Senhora de Fátima - Alagoinhas (2003)

Paróquia São José - Alagoinhas (2012)

Paróquia Nossa Senhora das Candeias - Acajutiba (1981)

Paróquia Deus Menino - Aramari (1982)

Paróquia Deus Menino - Araçás (2008)

Paróquia Nossa Senhora da Conceição - Aporá (1816)

Paróquia Senhora Sant'Ana - Catu (1787)

Paróquia Cristo Operário - Catu (2015)

Paróquia Nossa Senhora da Divina Pastora - Cardeal da Silva (2005)

Paróquia Nossa Senhora da Saúde - Cipó (2002)

Santuário Nossa Senhora do Monte - Conde (1702 - 2012)

Paróquia Nosso Senhor do Bonfim - Conde (2012)

Paróquia do Bom Jesus - Crisópolis (1985)

Paróquia Nossa Senhora dos Prazeres - Entre Rios (1848)

Paróquia Nossa Senhora da Piedade - Esplanada (1909)

Paróquia Sagrado Coração de Jesus - Heliópolis (1991)

Paróquia do Divino Espírito Santo - Inhambupe(1718)

Paróquia de São José - Itamira (2009)

Paróquia São Francisco de Assis - Itanagra (2013)

Paróquia Nossa Senhora de Nazaré - Itapicuru(1696)

Paróquia São Pedro e São Paulo - Itapicuru - Lagoa Redonda (2015)

Paróquia Nossa Senhora da Abadia e Santo Antonio Jandaíra (1718)

Paróquia São Francisco de Assis do Litoral - Praia do Forte (2006)

Paróquia de São João Batista - Mata de São João (1783)

Paróquia Nossa Senhora da Conceição - Nova Soure (1758)

Paróquia Nossa Senhora da Conceição - Olindina (1969)

Paróquia Bom Jesus da Passagem - Pojuca (1904)

Paróquia Nossa Senhora do Amparo - Ribeira do Amparo (1848)

Paróquia Nossa Senhora do Livramento - Rio Real (1855)

Paróquia Nossa Senhora do Amparo - Sátiro Dias (2002)

Paróquia Nossa Senhora da Ajuda e Sant'Ana - Teodoro Sampaio (1839)

BrasãoEditar

O brasão da Diocese de Alagoinhas, apresenta a Cruz, o Báculo e a Mitra, Símbolo da jurisdição diocesana. O trigo em forma de cruz representa Cristo como o pão eucarístico, fruto do trigo, as quatro esferas representam a agua, rios, lagos e mananciais presentes em todo território Diocesano. A cor Azul predominante também faz referencia a Alagoinhas pelas suas Lagoas e sua água excelente.

Referências

  1. http://www.diocesedealagoinhas.com.br/padroeiro/
  2. «Nomina del Vescovo di Alagoinhas (Brasile)» (em italiano). 27 de setembro de 2022. Consultado em 19 de novembro de 2022 
  3. Cheney, David M. (2019). «Diocese of Alagoinhas». The Hierarchy of the Catholic Church: Current and historical information about its bishops and dioceses. Consultado em 10 de julho de 2019