Eleições estaduais em Alagoas em 1947

As eleições estaduais em Alagoas em 1947 ocorreram em 19 de janeiro como parte das eleições gerais no Distrito Federal, em 20 estados e nos territórios federais do Acre, Amapá, Rondônia e Roraima. Foram eleitos o governador Silvestre Péricles e o senador Pedro Aurélio, irmãos originários de São Luís do Quitunde, além de 35 deputados estaduais.[1][nota 1]

1945 Brasil 1950
Eleições estaduais em  Alagoas em 1947
19 de janeiro de 1947
(Turno único)
Replace this image male.png Replace this image male.png
Candidato Silvestre Péricles Rui Palmeira
Partido PSD UDN
Natural de São Luís do Quitunde, AL São Miguel dos Campos, AL
Vice Não havia Não havia
Votos 33.900 22.876
Porcentagem 59,71% 40,29%


Brasão do Estado de Alagoas.svg
Governador de Alagoas

Silvestre Péricles formou-se advogado na Universidade Federal de Pernambuco e foi auditor de guerra em Erechim, Porto Alegre e São Gabriel, aproveitando sua permanência no Rio Grande do Sul para formar-se em Contabilidade pela Academia de Comércio de Porto Alegre. Jornalista, foi redator do Diário Oficial ao retornar a Alagoas e delegado de polícia em Maceió sendo vencido ao disputar o governo alagoano em 1934, mesma época onde outro de seus irmãos, Manoel César, ocupava uma cadeira no Congresso Nacional. Encerrado o Estado Novo, Silvestre Péricles foi eleito deputado federal via PSD em 1945 e governador de Alagoas em 1947.[2]

Pedro Aurélio foi aluno do Colégio Militar de Porto Alegre onde vivenciou os Dezoito do Forte, o Tenentismo e a Coluna Prestes e esteve entre os adeptos da Revolução de 1930. Contrário à Revolução Constitucionalista de 1932, atuou no papel de sustentáculo do Estado Novo a ponto de integrar o ministério de Getúlio Vargas.[3]

Resultado da eleição para governadorEditar

Informações oriundas do Tribunal Superior Eleitoral dão conta que houve 56.776 votos nominais (98,50%), 786 votos em branco (1,36%) e 78 votos nulos (0,14%) resultando no comparecimento de 57.640 eleitores.[1]

Candidato a governador do estado
Candidato a vice-governador Número Coligação Votação Percentual
Silvestre Péricles
PSD
Não havia
-
-
PSD (sem coligação)
33.900
59,71%
Rui Palmeira
UDN
Não havia
-
-
UDN (sem coligação)
22.876
40,29%
  Eleito

Resultado da eleição para senadorEditar

Foram apurados 55.508 votos nominais não havendo informações sobre os votos em branco e nulos.[1]

Candidatos a senador da República
Primeiro suplente de senador Número Coligação Votação Percentual
Pedro Aurélio
PSD
Reinaldo Gama
PSD
-
PSD (sem coligação)
32.875
59,23%
Costa Rego
UDN
José Quintela Cavalcanti
UDN
-
UDN (sem coligação)
22.633
40,77%
  Eleito

Deputados estaduais eleitosEditar

As 35 cadeiras da Assembleia Legislativa de Alagoas foram assim distribuídas: PSD dezenove, UDN nove, PTB quatro, PCB três.[1]

Eleições municipaisEditar

As eleições municipais em Alagoas foram realizadas em 11 de janeiro de 1948.

Notas

  1. No Distrito Federal não houve eleição para governador, apenas para o Senado Federal, ademais a Constituição de 1946 determinou a eleição de um terço dos senadores e de mais um no caso de existirem vagas em aberto além de suplentes de todos os senadores eleitos a partir de 1945 e também foram eleitos dezenove deputados em sete estados e três territórios federais para completar as bancadas das unidades federativas.

Referências