Elite Model Look

Elite Model Look é o maior concurso internacional de modelos, realizado desde 1983 pela agência Elite Model Management. Inicialmente chamado de Look of the Year, o concurso foi uma iniciativa do fundador e dono da agência de modelos Elite Model Management de Nova Iorque, John Casablancas.

Elite Model Look
Tipo Concursos para Modelos
Fundação 1983
Sede Nova Iorque, Estados Unidos
Línguas oficiais inglês
Proprietário
Direção
John Casablancas
Elite Model Management
Sítio oficial www.elitemodel.com

Todos os anos, aproximadamente 370 mil candidatos se inscrevem na competição e os vencedores de cada etapa nacional são premiados com uma vaga para a final mundial do concurso, onde têm oportunidade de representar seu país entre mais de 80 escolhidas. [1]

A partir de 2014, o concurso passou a premiar também modelos masculinos.

HistóriaEditar

 
Denisa Dvorakova, a vencedora de 2006.

Em suas primeiras edições, revelou modelos como Cindy Crawford, Tatjana Patitz, Stephanie Seymour, Karen Mulder e Gisele Bündchen. O Elite Model Look chega a mais de 70 países, o que reúne mais de 300 mil candidatas de todo o mundo, revelando centenas de modelos e assegurando 375 mil dólares em contratos de trabalho com as três primeiras colocadas na etapa final internacional. O concurso é reconhecido como um dos mais na seleção mundial de modelos, por sua qualidade, glamour e importância na descoberta de novos talentos para a indústria da moda. [2]

VencedoresEditar

Ano Vencedoras País Local do Evento C
1983 Lisa Hollenbeck   Estados Unidos   (Acapulco) 72
1985 Frederique van der Wal   Holanda   (Port Louis) 10
1986 Maria Linda Lindkvist   Suécia   (Toscana) 57
1987 Debbie Chin   Estados Unidos   (Palermo) 54
1988 Kelley Brown   Estados Unidos   (Atami) 62
1989 Inés Sastre   Espanha   (Paris) 44
1990 Wendy Veldhuis   Holanda   (Rio de Janeiro) 46
1991 Ingrid Seynhaeve   Bélgica   (Nova Iorque) 55
1992 Mariann Molski   Estados Unidos   (Nova Iorque) 63
1993 Heidi Albertsen   Dinamarca   (Miami) 71
1994 Natalia Semanova   Rússia   (Ibiza) 72
1995 Sandra Wagner   Suíça   (Seoul) 66
1996 Diana Kovalchuk   Ucrânia   (Nice) 79
1997 Yfke Sturm   Holanda   (Nice) 79
1998 Alina Pușcău   România   (Nice) 72
1999 Vika Sementsova   Ucrânia   (Nice) 75
2000 Linda Vojtová   República Tcheca   (Geneva) 61
2001 Rianne ten Haken   Holanda   (Nice) 60
2002 Ana Mihajlović   Sérvia   (Cartago) 57
2003 Denisa Dvončová   Eslováquia   (Área Central de Singapura) 65
2004 Sofie Oosterwaal   Holanda   (Xangai) 79
2005 Charlotte Belliard   França   (Xangai) 60
2006 Denisa Dvořáková   República Tcheca   (Marrakech) 64
2007 Jennifer Messelier   França   (Praga) 56
2008 Louise Maselis   Bélgica   (Sanya) 80
2009 Julia Saner   Suíça   (Sanya) 67
2010 Karolina Tolkachová   Ucrânia   (Xangai) 71
2011 Julia Schneider   Suécia   (Xangai) 65
2012 Marilhéa Peillard   França   (Xangai) 63
2013 Eva Klímková   República Tcheca   (Shenzhen) 54
2014 Barbora Podzimková   República Tcheca   (Shenzhen) 43
James Richard Parker   Itália
2015 Anouk Thijssen   Holanda   (Catânia) 50
Tristan Tymen   França
2016 Jana Tvrdíková   República Tcheca   (Lisboa) 36
Davidson Obennebo   Nigéria
2017 Valeriya Chenskaya   Rússia   (Milão) 64
Antonio Freitas   Brasil
2018 Wen Di   China   (Santa Cruz de Tenerife - Ilhas Canárias) 46
Maksim Krintser (Maxim)   Rússia
2019 Yireh Fernanda   República Dominicana   (Paris) 49
Andrej Chamula   Eslováquia

Conquistas por paísEditar

País Títulos Vitórias
  Holanda 6 1985, 1990, 1997, 2001, 2004, 2015
  República Tcheca 5 2000, 2006, 2013, 2014, 2016
  França 4 2005, 2007, 2012, 2015
  Estados Unidos 4 1983, 1987, 1988, 1992
  Rússia 3 1994, 2017, 2018
  Ucrânia 3 1996, 1999, 2010
  Eslováquia 2 2003, 2019
  Suécia 2 1986, 2011
  Suíça 2 1995, 2009
  Bélgica 2 1991, 2008
  República Dominicana 1 2019
  China 1 2018
  Brasil 1 2017
  Nigéria 1 2016
  Itália 1 2014
  Sérvia 1 2002
  România 1 1998
  Dinamarca 1 1993
  Espanha 1 1989

Etapa brasileiraEditar

Shirley Mallmann, Jeisa Chiminazzo, Raica Oliveira, Schynaider e Ana Beatriz Barros são algumas das top models brasileiras, descobertas por Marla, mulher que é conhecida por ter olhos mágicos, abrindo portes para as mais lindas brasileiras.[3]

O primeiro lugar no concurso nem sempre é garantia de sucesso. Várias ganhadoras do título brasileiro e mundial permaneceram ilustres desconhecidas. Já algumas modelos que venceram em outras posições conseguiram destaque no mundo fashion nacional e internacional. É o caso de Gisele Bündchen, Michelle Alves e Isabeli Fontana e que ficaram respectivamente no segundo (1994), segundo (1996) e terceiro (1996) lugares no Elite Model Look - etapa brasileira. [4]

Anualmente o concurso internacional reúne mais de setenta países para disputar o título de maior expressividade no mundo da modal contemporânea. O Brasil esteve presente em boa parte das competições, porém nunca ganhou o título. Abaixo encontra-se a lista de todas as tops brasileiras que competiram no concurso bem como suas classificações. Geralmente o país manda mais de uma representante brasileira para o Elite Model Look.

Ano Vencedoras Estado de Origem Classificação na Final Internacional
1988 Mirella Giammaria de Sousa   Distrito Federal
Vanessa Nunes da Silva   Rio de Janeiro
1989 Paula Franco   São Paulo Semifinalista (Top 15)
Isabella Teixeira   Pará
Simone Thomé   Pará
1990 Danusa Martins Braga   Minas Gerais 3º Lugar
Milene Busato Zardo   Rio Grande do Sul Semifinalista (Top 15)
Alessandra Josefina Cequinel   Santa Catarina
1991 Andréa de Oliveira   São Paulo
1992 Aline Wermellinger   Rio de Janeiro
Erika Rocha   Minas Gerais
1993 Cristiane Marques   Goiás
Renata Kupidlowsky   Minas Gerais
1994 Gisele Bündchen   Rio Grande do Sul Finalista (Top 6; 4º Lugar)
Fabiana Saba   São Paulo Semifinalista (Top 15)
Claudia Meneses   Bahia
Cássia Lara   Paraná
1995 Caroline Ribeiro   Pará
Joseane Güntzell de Oliveira   Rio Grande do Sul
Raquel Pires   Rio de Janeiro
1996 Ana Beatriz Barros   Minas Gerais 2º Lugar
Michelle Alves   Paraná
Isabeli Fontana   Paraná
1997 Thaís Porto   Paraná Semifinalista (Top 16)
Bárbara Araújo   Bahia
Elizabeth Perfoll   Santa Catarina
1998 Tatiana Rossi   Rio Grande do Sul Finalista (Top 5; 5º Lugar)
Sabrina Valle Orthmann   Santa Catarina
1999 Raica Oliveira   Rio de Janeiro 2º Lugar
Mariana Marcki   Rio Grande do Sul Semifinalista (Top 12)
Kátia Eyng   Santa Catarina
2000 Luana Ingletto   Minas Gerais
Luciede Montenegro   Ceará
Renata Klem   Rio de Janeiro
2001 Schynaider Moura   Piauí Semifinalista (Top 15; 4º Lugar)
Caroline Melgaço   Minas Gerais
2002 Ingrid Kelly   Paraíba Semifinalista (Top 10; 4º Lugar)
Giovanna Cornacchia   Minas Gerais
2003 Emília Cechele   Mato Grosso do Sul Semifinalista (Top 15)
Carime Buzetti Lobo   Rio de Janeiro
Rojane Fradique   Bahia
2004 Luciana dos Reis   Bahia
Rebecca Gobbi   São Paulo
2005 Taynara Novaes   Mato Grosso do Sul
2006 Jéssica Duarte   Mato Grosso
Letícia Amorim   São Paulo
2007 Tatyana Soares   Ceará
Dines Audrey Oliveira   Rio Grande do Sul
2008 Laís Freiberger   Santa Catarina
Thayná Brito   São Paulo
2009 Nathalya Araújo   Piauí
2010 Ana Paula Batista   Bahia
Camila Peruzzo   Rio Grande do Sul
2011 Ariane de Vasconcelos   São Paulo Finalista (Top 7)
2012 Alexsandra Becker   Rio Grande do Sul Semifinalista (Top 15)
Catherine Ballmann   Rio Grande do Sul
2013 Beatriz Grander   Mato Grosso
Karini D’Avila   São Paulo
2014 Selena Carvalho   Minas Gerais
2015 Angélica Alves   Tocantins Finalista (Top 4)
2016 Gabriella Nunes   Manaus
2017 Beatriz Machado   São Paulo Finalista (Top 15)
Antonio Freitas  Minas Gerais VENCEDOR MASCULINO FINAL INTERNACINAL 2017
2018
2019 Barbara Hariel   São Paulo Semifinalista

Referências

  1. «Behind-the-Scenes of the 30th Elite Model Look World Final». Business Wire. Consultado em 29 de novembro de 2012 
  2. «Vencedora do Elite Model Look levanta discussão sobre moda e anorexia». Revista Marie Claire. Consultado em 29 de novembro de 2012. Arquivado do original em 3 de dezembro de 2013 
  3. «Vida de Modelo: Saiba como foi a final do Elite Model Look Brasil!». Capricho. Consultado em 29 de novembro de 2012 
  4. «Comportamento - Rainhas da Passarela». Época. Consultado em 29 de novembro de 2012 

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar