Abrir menu principal

Engenheiro Coelho

município brasileiro do estado de São Paulo

Engenheiro Coelho é um município brasileiro do estado de São Paulo.

Município de Engenheiro Coelho
Bandeira de Engenheiro Coelho
Brasão de Engenheiro Coelho
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 19 de maio de 1991
Fundação 14 de maio de 1980 (38 anos)[1]
Gentílico coelhense ou engenheiro-coelhense
Lema Luta e prosperidade
Prefeito(a) Pedro Franco de Oliveira (PMDB)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Engenheiro Coelho
Localização de Engenheiro Coelho em São Paulo
Engenheiro Coelho está localizado em: Brasil
Engenheiro Coelho
Localização de Engenheiro Coelho no Brasil
22° 29' 16" S 47° 12' 54" O22° 29' 16" S 47° 12' 54" O
Unidade federativa São Paulo
Região intermediária

Campinas IBGE/2017 [2]

Região imediata

Limeira IBGE/2017

Região metropolitana Campinas
Municípios limítrofes Artur Nogueira, Conchal, Araras, Limeira e Mogi Mirim
Distância até a capital 167 km
Características geográficas
Área 109,798 km² [3]
População 20 284 hab. estimativa IBGE/2018[4]
Densidade 184,74 hab./km²
Altitude 655 m
Clima Não disponível
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,792 alto PNUD/2000[5]
PIB R$ 214 691,296 mil IBGE/2008[6]
PIB per capita R$ 15 429,88 IBGE/2008[6]

Índice

HistóriaEditar

Engenheiro Coelho era uma colônia situada na Fazenda do município de São Pedro sendo inicialmente chamada de Guaiquica. O nome Engenheiro Coelho era inicialmente da estação de trem que passa pela localidade, sendo este engenheiro responsável pela inspeção. Com a construção da estrada (SP 147) que liga Limeira a Mogi Mirim em meados de 1939 a colônia começa a se desenvolver.

GeografiaEditar

Localiza-se a uma latitude 22º29'18" sul e a uma longitude 47º12'54" oeste, estando a uma altitude de 655 metros. Possui uma área de 109,8 km² e sua população, conforme estimativas do IBGE de 2018, era de 20 284[4] habitantes.

Demografia Dados do Censo - 2010

População residente|População Total: 15.721

  • Urbana: 14.259
  • Rural: 2.220
    • Homens: 9.149
    • Mulheres: 7.330

Densidade demográfica (hab./km²): 87,93

Mortalidade infantil até 1 ano (por mil): 2,47

Expectativa de vida (anos): 72,87

Taxa de fecundidade (filhos por mulher): 3,27

Alfabetização Taxa de Alfabetização]]: 88.71%

Índice de Desenvolvimento Humano (IDH-M): 0,792

  • IDH-M Renda: R$789,73
  • IDH-M Longevidade: 71,2
  • IDH-M Educação: 0,895

RodoviasEditar

ComunicaçõesEditar

A cidade era atendida pela Telecomunicações de São Paulo (TELESP)[7], que construiu a central telefônica utilizada até os dias atuais. Em 1998 esta empresa foi privatizada e vendida para a Telefônica[8], sendo que em 2012 a empresa adotou a marca Vivo[9] para suas operações de telefonia fixa.

AdministraçãoEditar

  • Prefeito Municipal: Pedro Franco de Oliveira (2017/2020)
  • Presidente da Câmara Municipal: ?

Ver tambémEditar

Referências

  1. «.:: AGEMCAMP - Agência Metropolitana de Campinas: Engenheiro Coelho comemora seus 17 anos de emancipação». www.agemcamp.sp.gov.br. Consultado em 19 de maio de 2009 
  2. «O recorte das Regiões Geográficas Imediatas e Intermediárias de 2017» (PDF). Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 2017. p. 20–34. Consultado em 10 de agosto de 2017 
  3. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  4. a b «Estimativa populacional 2018 IBGE». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de agosto de 2018. Consultado em 12 de setembro de 2018 
  5. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  6. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  7. «Área de atuação da Telesp em São Paulo». Página Oficial da Telesp (arquivada) 
  8. «Nossa História». Telefônica / VIVO 
  9. GASPARIN, Gabriela (12 de abril de 2012). «Telefônica conclui troca da marca por Vivo». G1 

Ligações externasEditar